" Na vida, o que importa é saber o que não fazer. Porque a maioria das pessoas quer saber o que deve fazer, para onde ir, o que deve buscar... Mas nós dizemos: o que não fazer, é o mais importante.

As pessoas que sabem o que é errado, o que faz mal, que t
êm noção dos limites, são as mais felizes.

Errar dá trabalho. Quanto tempo as pessoas perdem, tentando limpar seus erros? Muito tempo, não é? E, por que isso? Simplesmente, por que erraram, julgaram, invadiram a vida das outras pessoas com suas idéias, preconceitos...

O mundo não precisa disso. O mundo precisa de amor!"

Pena Verde

Total de visualizações de página

IMPULSO UNIVERSAL...

IMPULSO UNIVERSAL...

CANTO DE LUZ DO CONHECIMENTO

-----------------------------------------------------------------------------------
            Trecho do livro: "Anatomia do Espírito" 

           A CURA DO CORPO VEM ATRAVÉS DA ALMA

Cedo ou tarde, todos no’s seres humanos adoecemos e a dor reduz  a nossa capacidade de trabalho e prazer chegando, inclusive, a tirarmos a propria vida.   No entanto, poucas sao as pessoas conscientes de que a doença aparece quando nós desperdiçamos as nossas energias, permitimos que roubem-nas de no’s ou  as conduzimos para objetivos erroneos. Compreendendo assim, se nos abre o caminho de auto-cura, um milagre possível se interpretarmos as doenças do corpo como elas realmente são: expressões de um mal-estar espiritual que tem cura .

Os medos, as fobias, a baixa auto-estima ou desejo excessivo de controle podem ter repercussoes fisicas insolitas e de difícil diagnóstico que somente podemos resolver aprendendo a nos manter em contacto com o nosso EU mais  profundo.

Aprender a linguagem do sistema energetico humano é uma maneira para entendermos a nós mesmos, um meio para superar, com sucesso, esses desafios espirituais. Ao compreender a anatomia da energia identificaremos padrões ou modos de  nossa vida, e a profunda interrelação que existe entre corpo, mente e espírito. Este conhecimento, por si so’, nos proporcionara’ prazer e paz de espírito e, ao mesmo tempo, nos levara’  `a cura emocional e psiquica.

Estamos rodeados por uma energia emocional gerada pelas experiências internas e externas, tanto positivas como negativas. Esta força influencia os tecidos dentro do corpo físico. Assim, a biografia de uma pessoa, isto é, as experiências que moldam as suas vidas, torna-se sua biologia.
  A BIOGRAFIA SE CONVERTE EM BIOLOGIA

Nosso corpo contém a nossa história, todos os capítulos, parágrafos e linhas, linha por linha, todos os eventos e relacionamentos em nossas vidas. Um medo, por exemplo, ativa todos os sistemas corporais,  o estômago se tensiona, o ritmo cardíaco se acelera e o corpo pode começar a suar. Um pensamento amoroso pode relaxar todo o corpo.

Todos nós temos sentimentos negativos, mas nem toda a atitude nagativa produz doença. Para criar a doença, as emoções negativas têm de ser dominantes. Por exemplo, uma pessoa pode saber que ela deve perdoar alguém, mas decide que deve continuar com raiva, pois isso lhe dá mais poder.

Continuar obsessivamente com raiva faz a pessoa mais propensa a desenvolver uma doença, porque a conseqüência energetica  de uma obsessão negativa é a impotência. Energia é poder, e transmitir energia para o passado, insistentemente, pensando sobre os eventos dolorosos, debilita o corpo (ou enfraquece) e pode levar à doença.

O poder (que nos dá a energia) é essencial para curar e conservar a saúde. As atitudes que geram a sensação de impotência não só levam a uma falta de autoestima, como também esgotam a energia do corpo e minam a saúde física em geral.

 O PODER PESSOAL E’ NECESSARIO PARA A SAUDE ...

Muitas pessoas desenvolvem a doença quando perdem algo que representa o poder ( como emprego, dinheiro) ou quando perdem alguém a quem tenham investido de poder ou de sua identidade (como um cônjuge, pai ou filho). Nossa relação com o poder está no cerne da nossa saúde.

Para que uma terapia alternativa tenha exito é necessário que o paciente tenha uma noção interna de poder, uma capacidade de gerar energia interna e recursos  emocionais, como por exemplo, acreditar em sua autosuficiencia. E’ necessario ter consciencia do que nos da’ poder ( nos fortalece).

A cura de qualquer doença é facilitada  quando identificamos nossos símbolos de poder e  escutamos as mensagens que o corpo e as intuicoes nos enviam sobre eles.
UMA PESSOA PODE SE CURAR SOZINHA

A “cura completa” e a “cura” não são a mesma coisa.. Há uma "cura" quando a pessoa conseguiu controlar ou parar o avanço físico de uma doença. Curar uma doença física, no entanto, não significa necessariamente que tenha aliviado, tambem, o estresse emocional e psiquico que fazia parte dela. Neste caso, é muito possível e provavel, que a doenca retorne.

O processo de cura é passivo, ou seja, o paciente é inclinado a ceder a sua autoridade para o tratamento médico prescrito, em vez de desafiar ativamente a doença e restaurar a saúde. A “cura completa”, ao contrario, é um processo ativo e interno que implica investigar as atitudes, as recordacoes e as crencas com o desejo de liberar-se de  todos os padrões negativos que impedem a total recuperação emocional e espiritual.

Conseguir saúde, felicidade, e equilibrio enrgetico reduz-se em prestar mais atenção no positivo do que no negativo, e viver de uma maneira espiritualmente coerente com o que sabemos ser a verdade.
 A CONCIENCIA E SUA CONEXAO COM A “CURA COMPLETA”

Durante as últimas quatro décadas se tem escrito muito sobre o papel da mente na saúde. As nossas atitudes têm um papel importante na criação e destruição da saúde física. A precessão, por exemplo, afeta não somente a capacidade de curar, mas diretamente prejudica o sistema imunológico. A raiva, a amargura e o ressentimento dificultam o processo de cura, ou o impedem completamente. A vontade de curar tem enorme poder, e sem esse poder interior, uma doença geralmente pode fazer das suas...

 A CONSCIÊNCIA E A MORTE

Isto quer dizer que as pessoas que não se curam e’ por que nao conseguiram ampliar a sua consciência? Não, absolutamente. Morrer não significa não ter se curado. A morte é uma parte inevitável da vida. A realidade é que muitas pessoas se curam de seus tormentos psiquicos e emocionais e, portanto, morrem "curadas".

Assim como nascemos no tempo certo para a nossa energia entrar na Terra, também existe um tempo ideal para deixar a terra. Não temos que morrer com dor e  doença. A mente consciente é capaz de liberar o espirito do corpo, sem ter que suportar a dor da deterioração física. Esta escolha, podemos faze-la, todos.

 Tomar consciência significa mudar as regras, segundo as quais vivemos, e as crenças que conservamos. Nossas lembranças e habilidades são, literalmente, as regras que determinam a qualidade de vida e a força dos laços com os outros.

TODAS AS DOENCAS PODEM SER CURADAS?

Sim, claro, mas isso não significa que todas as doenças serão curadas. Às vezes uma pessoa tem de sofrer uma doença, por razões que vão ajudá-la a enfrentar seus medos e negatividade. E às vezes, a uma pessoa lhe e’ chegada a hora de morrer. A morte não é o inimigo e, sim, o medo da morte.


Fonte: Livro " Anatomia del Espirito"
Autora: Caroline Myss
Traducao do espanhol para o portugues: Cassia de Resende Rixse

Voce pode baixar aqui a versao em espanhol:  
Anatomia-del-EspirituCaroline-Myss.doc

 Pesquisei e encontrei a informacao de que ha' o livro em portugues:
Anatomia do Espirito - Editora Rocco

 Outro livro da autora:

O PODER INVISÍVEL EM AÇÃO
Atos de amor e generosidade que produzem milagres. Pela autora de Anatomia do Espírito e Contrato Sagrado.

Por mais de duas décadas, Caroline Myss, uma pioneira no campo da medicina energética, pesquisou como as pessoas usam seu poder pessoal.
Agora, neste livro muito inspirador, Myss expande sua mensagem sobre o poder espiritual em uma direção completamente nova, revelando a nossa capacidade de nos tornarmos canais da graça divina e veículos de milagres, através de atos de bondade, compaixão, generosidade, ou, como ela os chama, os atos de poder invisível.

Ao agir com compaixão, sem ressentimento e sem qualquer expectativa de reconhecimento ou recompensa, permitimos que o poder invisível de Deus atue  através de nós. E quando passamos dos atos visíveis (como ajudar um amigo) a atos invisíveis ( como a oração e a cura completa) nós empreendemos uma jornada profunda de fortalecimento pessoal.

Myss explora os sete estágios da prática da compaixão e generosidade, e nos mostra, através de histórias reais, que a escolha de fazer o bem aos nossos semelhantes é fundamental para nossa saúde física e emocional.  Na verdade, nos fazem participes da revelação de que a generosidade é uma necessidade espiritual e biológica, uma necessidade que temos que praticar, se desejamos viver uma vida plena feliz e significativa.


Bencaos para todos

Cassia





A seguir, três assombrosos experimentos com o DNA (ADN) que provam as  qualidades e sua autocura em consonância com os sentimentos da pessoa (... )

       
EXPERIMENTO 1
O primeiro experimento foi realizado pelo Dr. Vladimir Poponin, um biólogo  quântico. Nessa experiência começou-se por esvaziar um recipiente (quer  dizer que se criou um vazio em seu interior) e o único elemento deixado dentro foram fótons  (partículas de luz). Foi medida a distribuição desses fótons e descobriu-se  que estavam distribuídos aleatoriamente dentro desse recipiente.
Esse era o resultado esperado. Então foi colocada dentro do recipiente uma amostra de  DNA e a  localização dos fótons foi medida novamente. Dessa vez os fótons haviam se  ORGANIZADO EM LINHA com o DNA. Em outras palavras, o DNA físico produziu um  efeito nos fótons não-físicos.
Depois disso, a amostra de DNA foi removida do recipiente e a distribuição  dos fótons foi medida novamente. Os fótons PERMANECERAM ORDENADOS e alinhados onde havia estado o DNA. A que estão conectadas as partículas de luz?
Gregg Braden diz que estamos impelidos a aceitar a possibilidade de que  exista um NOVO campo de energia e que o DNA está se comunicando com os  fótons por meio desse campo.
 


EXPERIMENTO 2

Esse experimento foi levado a cabo pelos militares. Foram recolhidas  amostras de leucócitos (células sanguíneas brancas) de um número de  doadores.  Essas amostras foram colocadas em um local equipado com um aparelho de medição das mudanças elétricas. Nessa experiência, o doador era  colocado em um local e submetido a "estímulos emocionais" provenientes de videoclipes que geravam emoções ao doador. O DNA era colocado em um lugar  diferente do que se encontrava o doador, mas no mesmo edifício.

Ambos, doador e seu DNA, eram monitorados e quando o doador mostrava seus altos e baixos emocionais (medidos em ondas elétricas) o DNA expressava  RESPOSTAS IDÊNTICAS e AO MESMO TEMPO. Não houve lapso e retardo de tempo de transmissão.

Os altos e baixos do DNA COINCIDIRAM EXATAMENTE com os altos e baixos do doador. Os militares queriam saber o quão distantes podiam ser separados o doador e  seu DNA e continuarem observando este efeito. Pararam de experimentar quando  a separação atingiu 80 quilômetros entre o DNA e seu doador e continuaram  tendo o MESMO resultado. Sem lapso e sem retardo de transmissão. O DNA e o  doador tiveram as mesmas respostas ao mesmo tempo. Que significa isso ?

Gregg Braden diz que as células vivas se reconhecem por uma forma de energia não reconhecida anteriormente. Essa energia não é afetada pela distância e nem pelo tempo. Essa não é uma forma de energia localizada, é uma energia que  existe em todas as partes e todo o tempo. 



 
EXPERIMENTO 3

O terceiro experimento foi realizado pelo Instituto Heart Math e o documento  que lhe dá suporte tem este título: Efeitos locais e não locais de freqüências coerentes do coração e alterações  na conformação do DNA (Não se fixem no título, a informação é incrível!)

Esse experimento relaciona-se diretamente com a situação com o antrax. Nesse experimento tomou-se o DNA de placenta humana (a forma mais prístina de DNA) e colocou-se em um recipiente onde se podia medir suas alterações.
28 amostras foram distribuídas, em tubos de ensaio, ao mesmo número de pesquisadores previamente treinados. Cada pesquisador havia sido treinado a gerar e SENTIR sentimentos, e cada um deles podia ter fortes emoções. O que se descobriu foi que o DNA MUDOU DE FORMA de acordo com os sentimentos dos pesquisadores.

1.     Quando os pesquisadores sentiram gratidão, amor e apreço, o DNA respondeu RELAXANDO-SE e seus filamentos esticando-se. O DNA tornou-se mais grosso.

Quando os pesquisadores SENTIRAM raiva, medo ou stress, o DNA respondeu   APERTANDO-SE. Tornou-se mais curto e APAGOU muitos códigos.

Você há se sentiu alguma vez "descarregado" por emoções negativas? Agora já sabe por que seu corpo também se descarrega!
Os códigos de DNA conectaram-se novamente quando os pesquisadores tiveram sentimentos de amor, alegria, gratidão e apreço.
Essa experiência foi aplicada posteriormente a pacientes com HIV positivo.

Descobriram que os sentimentos de amor, gratidão e apreço criaram RESPOSTAS DE IMUNIDADE 300.000 vezes maiores que a que tiveram sem eles.

Assim, temos aqui uma resposta que nos pode auxiliar a permanecer com saúde, sem importar quão daninho seja o vírus ou a bactéria que esteja flutuando ao redor. Mantendo os sentimentos de alegria, amor, gratidão e apreço.

Essas alterações emocionais foram mais além de seus efeitos eletromagnéticos. Os indivíduos treinados para sentir amor profundo foram capazes de mudar a forma de seu DNA. Gregg Braden diz que isso ilustra uma nova forma de energia que conecta toda a criação. Essa energia parece ser uma REDE ESTREITAMENTE TECIDA que conecta toda a matéria. Podemos influenciar essencialmente essa rede de criação por meio de nossas VIBRAÇÕES. 
       
RESUMO:
O que tem a ver os resultados dessas experiências com nossa situação presente?

Essa é a ciência que nos permite escolher uma linha de tempo que nos permite estar a salvo, não importa o que aconteça. Como Gregg explica em seu livro O EFEITO DE ISAÍAS, basicamente o tempo não é apenas linear (passado, presente e futuro) mas também é profundidade. A profundidade do tempo consiste em todas as linhas de tempo e de oração que possam ser pronunciadas ou que existam. Essencialmente, suas orações já foram respondidas. Simplesmente ativamos a que estamos vivendo por meio de nossos SENTIMENTOS.

É assim que criamos nossa realidade, ao a escolhermos com nossos sentimentos. Nossos sentimentos estão ativando a linha do tempo por meio da rede de criação, que conecta a energia e a matéria do universo. Lembre-se que pela Lei do Universo atraímos aquilo que colocamos em nosso foco. Se você focar em temer qualquer coisa, seja lá o que for, estará enviando uma forte mensagem ao Universo para que te envie aquilo a que você mais teme.

Em troca, se você puder se manter com sentimentos de alegria, amor, apreço ou gratidão e focar-se em trazer mais disso para sua vida, automaticamente conseguirá afastar o negativo. Com isso, você estaria escolhendo uma LINHA DE TEMPO diferente com esses sentimentos.

Pode-se prevenir o contágio do antrax, ou de qualquer outra gripe ou vírus, ao se permitir sentimentos positivos que mantêm um sistema imune  extraordinariamente forte. Sendo assim, essa é uma proteção para o que vier. 

Busque algo pelo qual você possa estar alegre todos os dias, cada hora se possível, momento a momento, ainda que sejam alguns poucos minutos. Esta é a  mais fácil e melhor das proteções que você poderá ter."

Fonte original:

------------------------------------------------------------------------------------------------------------


                                                                           O PLANETA DAS PIRAMIDES!          



                                                        

Existem quase 100 pirâmides no Egito; ruínas de pirâmides mesopotâmicas estão preservadas no Iraque e no Irã. Também são encontradas no México; os núbios, África, vizinhos dos egípcios - construíam pirâmides como monumentos funerários onde repousavam seus reis, no vale do Nilo.

Na Europa, estruturas como pirâmides eram extremamente raras. Uma das poucas é uma pirâmide da Era Romana - The Falicon Pyramid, próxima a Nice - França que, especulam os estudiosos, pode ter sido construída por legionários (soldados romanos) adeptos de algum culto egípcio.

Entretanto, nas últimas duas décadas, também na Europa, começam a ser descobertas ruínas de pirâmides e, assim, a edificação desses enigmáticos monumentos vêm se revelando como um fenômeno cultural global.

Na Ucrânia, ruínas de uma estrutura piramidal foram achadas próximas à cidade de Lugansk. Os primeiros prognósticos datam a construção em mais de 3.000 anos a.C., o que torna esta pirâmide ucraniana mais velha que o complexo de Gizé, Egito, que os historiadores ortodoxos insistem em datar em 2.500 anos a.C.. Foi o primeiro monumento deste tipo encontrado na Europa - segundo informou o chefe das escavações, Viktor Klochko.

Bósnia: as pirâmides do Sol, da Lua e do Dragão (esq/dir), localizadas nas colinas de Visocica, descobertas pelo pesquisador Semir Osmanagic e que chegaram às manchetes dos jornais em outubro de 2005. Osmanagic acredita que as pirâmides foram construídas pelos Ilyrians, antigos habitantes dos Balcãs há 12 mil anos atrás.

Entre 2005 e 2006, a descoberta de pirâmides na Bósnia ocupou as manchetes da ciência. As pirâmides bósnias são bastante impressionantes. Ali, no leste europeu, uma das construções, denominada "pirâmide do Sol" tem 267 m de altura - contra 145 da maior egípcia, a pirâmide de Quéops. Existem outras no mesmo sítio arqueológico: as pirâmides do Dragão e, descoberta por último, a pirâmide do Amor.

Na China, em junho de 2006, arqueólogos anunciaram o achado de um conjunto de pirâmides-túmulos com mais de 3 mil anos de idade, na província de Jilin, ocupando uma área de 500 mil metros quadrados. Não foi exatamente uma novidade porque a primeira foto de uma pirâmide chinesa apareceu em 1945, ainda durante a 2ª Guerra Mundial. Depois disso, mais de 100 pirâmides foram encontradas, grande parte delas situadas próximas à cidade de Xi'an. As maiores dentre as pirâmides chinesas são tão grandiosas quanto as egípicias e as pré-colombianas do México e do Peru.

Na ilha de Tenerife, do arquipélago das Canárias - Espanha, na pequena cidade de Guimar, em 1991, um complexo de seis pequenas pirâmides foi identificado pelo etnógrafo norueguês Thor Heyerdahl. No passado, essas construções eram mais numerosas mas as estruturas foram sendo destruídas pouco a pouco por empreiteiros que usaram as pedras em novas construções. Em Guimar, eram nove pirâmides, ao invés das seis atuais. Ainda em Tenerife, pirâmides são encontradas nas localidades de Santa Bárbara, Santo Domingo, Garachio, Icod de Los Viños e San Marcos.Heyerdahl descobriu (1) que as pedras das pirâmides de Güimar não eram originárias de campos próximos; eram rocha vulcânica e (2) as construções são especialmente orientadas por marcos astronômicos. A idade das pirâmides e o povo que as construiu são completamente desconhecidos. A hipótese de Heyerdahl é que as Canárias foram um porto intermediário de uma rota marítima entre as Américas e o Mediterrâneo.

MÉXICO - Pirâmide de Chichén Itzá

"O Castelo" em Chichén Itzá, México, foi erguido em harmonia com o calendário maia. São 91 degraus em cada um dos quatro lados, totalizando, portanto, 364 degraus. Com a plataforma superior, comum aos quatro lados, chegamos a 365 degraus... e dias! Todos os anos mais de 40.000 pessoas visitam a grande pirâmide para ver a silhueta de uma cobra que aparece lentamente na lateral da escadaria com a movimentação do sol. Ainda no México, cem quilômetros ao sul da capital, está a Pirâmide de Cholula que tem o plano da base maior que o da Pirâmide de Quéops. Ao norte, o campo de pirâmides de Teotihuacã cobre uma planície de quase 20 Km quadrados, e todas as construções escavadas orientam-se pelas estrelas. O texto mais antigo sobre Teotihuacan relata que ali se reuniam os deuses e se aconselhavam a cerca do homem, antes mesmo que o homo sapiens tivesse existido!

O mapeamento atual destas intrigantes construções mostra que, em todo o planeta, uma verdadeira rede de pirâmides foi construída. Extra-oficialmente as edificações são classificadas em dois tipos: aquelas cuja função é conhecida e outras, sobre as quais, ignora-se completamente o propósito com que foram erguidas. Em muitos casos, as evidências indicam que determinadas pirâmides foram usadas como local para realização de cerimônias, servindo de templo e/ou mausoléu.

Enquanto a arqueologia convencional postula que todas as pirâmides serviram a estes fins nem todos os pesquisadores estão convencidos e, para estes, a finalidade de tantas pirâmides construídas continua sendo um mistério. Certamente, muitas pirâmides serviram, de fato, para a realização de cerimônias religiosas e também como sepulturas porém esse argumento parece insuficiente para explicar a obstinação em erguer edificações de proporções tão gigantescas que o idealizador sequer viveu o suficiente para vê-las concluídas.Uma teoria controversa trabalha com a hipótese de que as antigas pirâmides, como a mais famosa do Egito, a pirâmide de Gizé, por exemplo, seriam a expressão de uma linguagem extinta, mensagem deixada pelos homens de uma civilização arcaica que não foi alcançada pelas pesquisas da história ou da arqueologia; uma civilização cujos traço menos "duráveis" foram triturados pelo tempo ou, ainda, destruídos por um cataclisma. Talvez, esta civilização sequer seja terrena pois também há quem considere a possibilidade de que as pirâmides sejam um marco permanente, quase "eterno", para futuros viajantes espaciais de uma certa raça de humanóides que, um dia, em uma Era remotíssima, visitaram este planeta.

Insterferência Alienígena

Muitos estudiosos acreditam que a "raça" humana não poderia se desenvolver tão rapidamente sem o auxílio de uma "espécie" de seres tecnologicamente mais avançada. Em geral, esses "seres" é entendida como "seres extraterrestres". Assim como colonizadores europeus introduziram novos costumes em comunidades e nações da América, da Ásia e Oceania, visitantes de outro planeta poderiam ter interferido em um processo de aculturamento de humanos, encontrados em estágio de inteligência primitivo.Sendo tais seres completamente estranhos à terra, não há razão para supor que suas técnicas, inclusive as de comunicação, sejam, de qualquer modo semelhantes às desenvolvidas atualmente pela humanidade. A comunicação extraterrestre pode ser de natureza completamente impensada e a hipótese da telepatia não pode ser descartada.A telepatia é a comunicação direta de pensamento para pensamento, sem a interferência de palavras "sonorizadas", sem símbolos fonéticos articulados. Apesar de ser um conceito compreensível, a comunicação telepática é totalmente inimaginável para os humanos, tal como são hoje.É necessário aceitar o pensamento como uma forma de energia material tão real quanto as ondas de rádio e TV, por exemplo; ou como o som que faz levitar os insetos nos laboratórios. Posto isso, é possível conceber que construções megalíticas possam, de fato, estar, há milênios, emitindo sinais de comunicação e/ou localização que, em tese, são captados à anos-luz do planeta Terra.

Simbolismo

As pirâmides representam a dialética entre o céu e a terra. Sua base larga e firme plantada no solo, suas quatro faces triangulares relacionadas aos pontos cardeais. Seu formato era considerado facilitador do trânsito da alma do mundo material para o mundo espiritual além de simbolizar a evolução humana, do peso do corpo à leveza da alma.Por outro lado, as pirâmides, freqüentemente, foram construídas respeitando uma topografia que resultasse no alinhamento de pontos da edificação com estrelas e constelações muito bem determinadas. A ligação entre pirâmides e astronomia não é um fruto do acaso; antes, essa ligação é um testemunho inconteste da sabedoria dos antigos no que diz respeito à "cartografia do céu visto da Terra".

Mistérios

Os pesquisadores especulam sobre a utilização das pirâmides: templos, tumbas, observatório astronômico, estações de força, lugares de iniciação esotérica, calendários complexos. Há quem observe que estas estruturas funcionariam bem como marcos visuais orientadores de navegação para viajantes de naves espaciais. Marcos, portanto, feitos para serem vistos do espaço.Considerando esta última hipótese, é notável que as pirâmides de Gizé estejam (ou estariam) localizadas no centro da Terra, se o nível dos mares fosse 178 metros mais elevado, uma condição que pode ter acontecido durante um cataclisma do tipo dilúvio.Na China, uma pirâmide próxima do rio Wei Ho, norte de Xian, está localizada no centro exato do território chinês e a forma das pirâmides chinesas lembra a arquitetura das pirâmides pré-colombianas, dos maias, sugerindo uma estranha ligação entre as duas culturas; ligação que mais estranha se torna quando se observam semelhanças estéticas entre peças da cultura maia e outras, indianas.

Pirâmides de Gizé

Essas pirâmides são, provavelmente, as estruturas mais estudadas do mundo; no entanto, não certeza sobre sua idade e utilização. A opinião mais aceita entre os egiptologistas é de que foram construídas 2.500 anos antes de Cristo, com a finalidade de serem tumbas de faraós: faraó Kufhu, seu filho Khafre e um terceiro, Menkaure (popularmente, Kéops, Kéfren e Miquerinos). Essa opinião não é unânime; outros acreditam que estas pirâmides são mais antigas; tão antigas quanto a "grande Inundação" ou, o dilúvio bíblico.Diferentes das tumbas ornamentadas descobertas no Vale dos Reis, as três pirâmides de Gizé não têm hieróglifos; não há entalhes ou inscrições que identifiquem seus construtores e/ou possam confirmar suas funções na época em que foram construídas.Isso é muito estranho porque, entre os egípcios, a imortalidade da alma era assegurada, entre outros procedimentos, por meio do registro escrito ou hierográfico do nome do morto. As pirâmides tumbas eram os "veículos" que conduziriam a alma imortal à sua morada entre os deuses. As pirâmides também deveriam ser lembranças permanentes de um reinado, uma dinastia. Em Gizé, nada disso é válido diante das paredes lisas que representam o vazio.

Os construtores das pirâmides de Gizé possuíam, inegavelmente, vasto conhecimento de matemática, engenharia e astronomia. O pesquisador Robert Bauval foi o primeiro a divulgar que o alinhamento das pirâmides era correspondente ao alinhamente de três estrelas da constelação de Orion, sugerindo que Gizé é um complexo arquitetônico relacionado com a astronomia e, especificamente, com aquela constelação.A questão da localização das pirâmides é intrigante porque tudo indica que sua localização foi cuidadosamente escolhida em função das relações geográficas e cosmográficas implícitas na arquitetura. Ocorre que a precisão dessa localização somente seria possível se os construtores pudessem ter uma visão privilegiada do local, uma visão de quem está muito distante da Terra, no espaço.

Fonte: www.historiamaucontada.blogspot.com

 



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...