Mensagem de Cristo/ Parte 2

Total de visualizações de página

Amigos de caminhada,
Estou seguindo para o Brasil no dia 21 de setembro. Ficarei la' ate' 19 de dezembro. Estarei aprofundando o meu trabalho espiritual.
Postarei no nosso Blog, sempre que for possivel.
Sugiro reverem muitas das mensagens aqui publicadas, pois são preciosas para os tempos que vivemos hoje.
Fiquem todos com a Misericordia de Deus Pai.
Amorosamente,
Cassia

IMPULSO UNIVERSAL

IMPULSO UNIVERSAL

sexta-feira, 7 de julho de 2017

Não desejamos mais o que pensamos ser melhor para nós, mas o que a nossa vontade mais elevada deseja para Todos.

Arte Digital #11 | Dsignit – Graphics And Web
SÍNTESE HARMÔNICA DO CORPO E DA ALMA
Lua Cheia em Capricórnio - 09 de julho de 2017
Mensagem de Natalia Alba

Meus amados,

É o fim ou o início, porque à medida que ascendemos, temos a tendência a perder nosso sentido do tempo e de sua linearidade, de nossas vidas tridimensionais, conforme os conhecemos. Estamos mudando para sempre, e enquanto o fazemos e continuamos a nos afastar da Velha Terra, liberamos mais das antigas camadas do nosso eu antigo, e começamos a despertar nossas essências superiores, há muito tempo latentes em nosso DNA. É neste momento que estamos deixando tudo o que certa vez nos foi conhecido, não para acessar o desconhecido, mas para nos lembrar do que nós, como almas, sempre soubemos, e que, como humanos, nos esquecemos – um verdadeiro estado de paz, que vem do fato de se habitar em um espaço de liberdade, integridade e unidade com o Todo.

Conforme prosseguimos nesta intensa transição, somos convidados a nos afastar, com amor e gratidão pelas lições lembradas, de tudo o que retira o nosso poder e começar a acessar novos horizonte, que podem não ser familiares, mas que é o que precisamos enfrentar para o nosso crescimento humano, nesta nova etapa de nosso caminho ascensional, visto que a alma já é evoluída e é somente o nosso aspecto humano que precisa se lembrar.

Como almas em ascensão, durante esta etapa intensa, nos encontramos habitando nas profundezas do nosso ser, imaginando nossa nova existência em uma oitava mais elevada. Todavia, não devemos esquecer de nossa natureza humana e do verdadeiro motivo de por que vimos para este plano denso – para dominar um reino físico – a arte de trazer nossas criações anímicas, apenas sonhadas, para a nossa realidade tangível. Com esta lunação, começamos um período de integração contínua, em que o cuidar de si mesmo é essencial, ao mesmo tempo em que continuamos a destruir e reconstruir no físico, porque é aqui onde agora residimos, é aqui onde precisamos dominar como deixar de lado o familiar e começar novamente.

Para nos ajudar a manifestar e ancorar nossa nova frequência, assim como todas as mudanças que vêm com a transformação interior que estamos enfrentando – reconexão do DNA e, portanto, o acesso ao poder que isso traz aos nossos veículos físicos – no dia 9 de julho, temos uma Lua Cheia, terrena, muito poderosa, no grau 17 de Capricórnio. É aqui que nos lembramos de que a nossa essência e o nosso plano humanos são tão importantes quanto o nosso aspecto que habita o etéreo. É aqui que honramos a ambos, porque ambos são igualmente divinos. É aqui que prestamos atenção à nossa energia e onde a colocamos, e começamos a moldá-la, conscientemente, para criar o que vai nos ajudar na próxima etapa de nossa jornada.

Essa Lua Cheia é a antecâmara do eclipse que teremos em agosto. Visto que o eclipse será em Aquário – uma constelação localizada entre Capricórnio e Peixes – e nos prepara para desencadear as mudanças necessárias para que transformemos tudo que não esteja funcionando mais em nós mesmos e em nossas vidas físicas, e nos liberar, como esse eclipse aquariano, já fortemente sentido, nos lembrará. Contudo, para que isso ocorra, devemos criar, primeiramente, um equilíbrio energético entre o nosso Eu Superior e o nosso eu inferior, entre os Reinos Superiores, onde nos deleitamos tanto em habitar e o nosso reino terreno.

Durante a Luz Cheia, temos frequências/mensagens opostas. Por um lado, a essência yang (sic) terrena de Capricórnio nos lembra de trazer nossas visões internas para o físico, com determinação, em vez de apenas contar com os sonhos e deixar que os nossos objetivos desapareçam no ar. Por outro lado, temos o Sol no amoroso signo de Câncer. Esse signo de água, intuitivo e com a essência yin, nos convida a habitar nas profundezas de nosso ser para recuperar a orientação e clareza, antes de manifestar nossos desejos.

O signo de Câncer gosta de expressar o coração e seguir o que deseja, sem controlar cada passo. Os cancerianos não seguem a lógica, e sim os sentimentos, eles acolhem, amam e honram o invisível. Capricórnio prefere manifestar, proteger, nutrir o que é tangível e honrar o reino visível. O masculino e o feminino devem acolher-se como um, em uma dança eterna e amorosa de unidade e igualdade, e assim essas duas polaridades, que vivem em nós, farão.

Ambas as energias opostas de Câncer e Capricórnio nos dão equilíbrio onde os conflitos internos podem residir – de modo que não caiamos novamente na armadilha das ilusões, procrastinando o nascimento de nossas novas criações, devido aos antigos medos e da falta de confiança, mas sem seguir apenas o nosso aspecto racional que nos obriga a fazer o que pensamos que deveríamos, em vez do que realmente nos sentimos orientados a criar. Ambas as forças nos fazem querer saber se estamos cumprindo nosso verdadeiro propósito anímico e o que nos faz sentir vivos, ou se ainda nos apegamos ao que o nosso eu humano – e o eu dos outros – pensa que deveríamos estar fazendo.

Em um nível macrocósmico, essa Lua faz conjunção com Plutão. Para conseguir mudar o que não está mais alinhado no físico, primeiramente, precisamos nos comunicar com os sentimentos, os mais sombrios, que o nosso eu humano tenta tão arduamente ocultar. Porque é somente por trazê-los à superfície que podemos reconstruir, amar e nascer de novo. A pergunta é: Vocês estão prontos para alcançar a verdade e curar-se, mesmo que isso signifique que devem fazer isso por meio do sofrimento e da liberação?

Vocês têm uma oportunidade de transcender suas sombras, compreender a sua dor e acolhê-la, não por habitar nela e vitimar-se, mas por compreendê-la como o seu maior professor e deixar de repetir os mesmos antigos padrões. É realmente uma dádiva cósmica para que escutemos os sussurros de nossa alma, porque ela revela tudo o que necessitamos para a nossa jornada, e, neste momento, amados, somos além de afortunados, porque estamos vivendo em um momento revelador, único. Escolham transcender seus desafios, escolham se lembrar, desvendar o desconhecido e acessá-lo, porque o tempo é Agora, e o melhor, como sempre, ainda está por vir.

Durante essa alteração da linha do tempo, muitas pessoas, principalmente aquelas que ainda estão trabalhando na liberação das camadas mais baixas da sua personalidade tridimensional, sentirão fortemente as muitas mudanças que ocorrem, neste momento de transição, no campo geomagnético. Essas sensações, entre muitas outras, uma vez que todos nós somos ímpares, vêm sob a forma de medo, ansiedade, visto que afeta profundamente o sistema nervoso. Essa é uma mensagem para vocês, se estão enfrentando isso, estar plenamente presentes em vez de viver com medo em espaços e tempos que não existem onde vocês estão agora.

O ego quer permanecer naquilo que lhe é familiar, mesmo que o conhecido signifique sofrimento, o ego quer controlar o que não pode ser modificado, exceto por uma inteligência mais elevada. A sua missão é dominar o eu inferior para que aceite a mudança e avance. Sua tarefa não é habitar na dor, mas integrá-la e utilizá-la de modo sábio no novo capítulo da vida, que vocês estão criando conscientemente, a partir do seu interior.

Outro importante aspecto é o Sol, fazendo oposição a Plutão e em conjunção com Marte, que também se opõe a Plutão. Quando a essência potente, masculina e curadora de nosso Sol central toca o planeta do poder e da regeneração, está nos infundindo com a frequência apropriada para nos transformar e fazer renascer tudo o que desejamos fazer novamente, lembrando-nos que o poder de realizar isso vem do divino interno e não de qualquer pessoa ou condição externa.

Não existe mais o fato de esperar, em nossa nova realidade, que os outros façam algo para nós, tornem algo melhor, maior ou nos curem. Há somente NÓS agindo como seres de amor/luz humildes, porém divinos e capacitados, em todos os momentos, sem desculpas, sem juízos de valor, mas com a pura alegria de estar encarnados, neste momento precioso da Criação, tendo o livre arbítrio para criar, destruir e reconstruir o que for necessário para o crescimento e o aprendizado da nossa alma no físico.

Neste momento, e para nos ajudar a manifestar os desejos de nossas almas, não estamos apenas cercados por essa energia cardinal, mas durante todo este mês temos o grande trígono entre o Nodo Norte, no signo ardente de Leão, Saturno em Sagitário e Urano em Áries. Esse alinhamento é muito potente para que possamos agir, visto que isso nos trará inovação, inspiração e tudo o que precisamos para tornar tangível tudo aquilo que primeiramente imaginamos em um plano não-físico. É aí que vocês optam por avançar, e como o Nodo Norte sugere, onde vocês escolhem seguir o caminho de sua alma, há muito planejado por vocês, e se permitem cumprir a missão que a sua alma orquestrou para vocês.

Além disso, temos também uma grande cruz cardinal, durante os primeiros dez dias deste mês, entre Marte em Câncer, em oposição a Plutão, e Júpiter em Libra, em oposição a Áries. Isso diz respeito ao seu poder interno, aquele que pode construir ou destruir. Destruir não é negativo em si mesmo, porque, quando a destruição é utilizada para desfazer antigos mundos, pode transformar tudo, novamente. Isso se refere à intenção que vocês mantêm por trás de suas ações. Diz respeito a conceder uma essência amorosa ao ato em si, ou não.

Trata-se de como vocês utilizam o seu fogo interno. Vocês caminham como seres soberanos e capacitados? Isso advém de um espaço de humildade, amor e compaixão, em relação a si mesmos e aos outros, vendo todos como iguais? Vocês utilizam sua força interior para se concentrarem nas visões de sua alma e torná-las físicas, ao criar as condições exigidas para que isso ocorra? Se não, este é o tempo perfeito para criar as mudanças necessárias interiormente, para que se libertem dos antigos comportamentos repetitivos, que os diminuem, e comecem a agir com integridade, e a partir de um espaço capacitado de total respeito e amor em relação a si mesmos e ao Todo.

É um momento de recriar nosso novo caminho interno, mas sem permanecer à deriva, expandindo nossa centelha divina no físico, que é o motivo principal por que vimos aqui – para dominar a arte de trazer à manifestação o que, em primeiro lugar, se originou em nosso plano mental. É também um tempo perfeito para mudar o que não ressoa mais, no físico, com o lugar em que estamos, ao que perguntamos: Vocês estão amando o que estão fazendo e o lugar em que estão? Estão colocando o seu coração e a sua alma em tudo o que vocês fazem? Ou ainda estão fazendo o que o seu eu humano pensa ser seguro, embora não preencha a sua alma?

Quantas vezes vocês se olham no espelho, e percebem o ser divino e poderoso que vocês são, e se dizem como vocês e sua existência são preciosos, independentemente dos desafios? Quantas vezes vocês apreciam que o Divino escolheu experimentar a si mesmo por seu intermédio neste domínio físico? Quantas vezes vocês se encontraram no abismo, esperando que alguém os ajudasse, resolvesse seus problemas ou fizessem milagres para vocês e mudassem tudo? E finalmente, quantas vezes vocês compreenderam que vocês são os únicos que podem criar o que quer que desejem, a partir da alma?

É um momento para agir, sim, para manifestar algo que o nosso eu egoico constantemente deseja. No entanto, na verdade, a manifestação e a expansão, mais do que querer constantemente coisas materiais, é o principal motivo pelo qual nossa alma está em um corpo físico, vivenciando este domínio humano, neste momento. Acima de tudo isso, trata-se de uma Lua para que sintam o seu poder divino interno. Para se lembrar de quem vocês são e do grande poder criativo da sua centelha interior para dar origem a tudo o que a sua alma deseja no tangível.

Esta é uma Lua para que utilizem o seu poder de modo sábio, tornem-se UM com ela e comuniquem-se com a sua alma, a partir de um lugar em que todas as suas escolhas devem vir, porque, como almas ascendentes, não desejamos mais o que pensamos ser melhor para nós, mas o que a nossa vontade mais elevada deseja para Todos. Vocês estão aqui para SER, observar e ajudar, e para poder fazê-lo, devem estar plenamente ancorados na Terra.

Durante essa lunação de terra, temos a oportunidade de criar uma convergência harmônica entre nossa alma e nosso corpo, e agir a partir desse espaço sintetizado, porque estamos aqui não para ascender aos reinos de onde vimos, mas para fazer descer toda essa sabedoria para o nosso Eu humano, e começar a expandir nossa centelha cósmica, no amor divino, em nosso plano físico.

Desejo a Todos vocês uma Lua expansiva, no físico, enquanto vocês continuam a habitar na essência luminescente de sua alma.

Com amor e luz infinitos.

Natalia Alba.


********************

Natalia Alba – http://www.starseedsoul.com/
Tradução de Ivete Brito
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...