Maria

Message of the Virgin Mary Rose of Peace - Marian Center of Figueira, Brasil - July 25, 2017

Message of the Virgin Mary Rose of Peace - Marian Center of Figueira, Brasil - July 25, 2017

https://youtu.be/DabPh5dy1Vk

Rossano

Total de visualizações de página

IMPULSO UNIVERSAL...

IMPULSO UNIVERSAL...
Seguindo...

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Esta armadura pode ser afastada, agora.


PREVISÃO DA ENERGIA PARA JULHO DE 2017
Mensagem de Emmanuel Dagher

É o momento de se curar

É uma honra me conectar com você desta maneira. Grato por escolher se alinhar conscientemente com um caminho de amor e de expansão, e por permitir que o seu coração seja aberto.

Há muitas mudanças novas acontecendo agora, assim vamos direto a elas.

EXPRESSANDO-NOS

As primeiras semanas de Julho se referem a sair de nossa concha energética. Haverá um forte desejo de sair de nossa rotina regular, para tentarmos algo diferente.

Se tivermos saindo natural e pessoalmente, isto somente será intensificado. Se tendermos a ficar um pouco mais tímidos e introvertidos, estas próximas semanas abrirão algo dentro de nós, dando-nos a oportunidade de liberarmos grande parte da armadura que construímos em torno de nós.

Esta armadura teve o propósito de nos proteger no antigo paradigma. No entanto, isto não é mais necessário, porque a nossa mente está se expandindo até um ponto onde ela entende completamente que o nosso Espírito cuida e sempre cuidou de nós, a cada passo do caminho.

Esta armadura pode ser afastada, agora.

SENDO VISTOS

Entramos neste mundo para sermos vistos.

Ser visto começa com a escolha consciente de nos “vermos” primeiro.

Se não estamos nos vendo plenamente pela magnificência que somos, continuaremos procurando fora de nós mesmos a aprovação, o amor e a aceitação.

Fazer isto nos manterá no modo de “perseguição”, onde estamos constantemente buscando algo, e nunca nos sentindo verdadeiramente felizes e realizados.

Quando eu mencionei que entramos neste mundo para sermos vistos, isto pareceu verdadeiro para você? Ou você sentiu que surgiu alguma resistência?

Se você sentiu resistência, saiba que isto é absolutamente normal. Muitas vezes, a razão pela qual somos resistentes a algo que nos ajuda a nos tornarmos uma prioridade, ou que nos permite brilhar intensamente, é que nos condicionamos a acreditar que o contrário é preferível.

Aprendemos desde cedo a nos “misturarmos” com a maior parte da sociedade.

Decidimos que não era seguro ou que não era bom para nós sermos inteiramente nós mesmos. E quando estávamos sendo nós mesmos, parecia que éramos punidos por isto, porque o mundo não parecia pronto para o que tínhamos a oferecer.

É claro, sabemos que isto não é o que estava realmente acontecendo, quando encaramos isto a partir de uma perspectiva expandida. Mas para a mente, estas experiências foram muito importantes e moldaram como começamos a aparecer no mundo.

A maneira de nos movermos além da necessidade de nos identificarmos com os velhos padrões de permanecermos “seguramente invisíveis”, é compreender que isto nunca teve a ver com alguém nos vendo.

Tratava-se de nós nos vermos.

Cada experiência que tivemos sempre nos trouxe o presente da consciência. A consciência de nos vermos, amarmo-nos e nos honrarmos plenamente.

Durante a primeira quinzena de Julho, podemos nos encontrar desejando nos conectar e nos comunicar mais com os outros. Isto poderia acontecer cara a cara, por telefone, online ou de alguma outra maneira.

Desde que isto se apresente, é importante honrar este momento sem se apegar ao que realmente desejamos dizer.

Podemos também nos encontrar tentando novas coisas. Poderia ser algo como experimentar um novo curso ou passatempo, até fazermos um penteado completamente novo.

Seja o que for que nos apresente, desde que pareça positivo e emocionante... agora é a hora de experimentá-lo!

Expressar os nossos pensamentos, sentimentos, ideias e o coração nas partes iniciais de Julho irá estabelecer as bases para a segunda quinzena de Julho, que consiste em agir, especialmente com as coisas mais apaixonantes em relação a criar e a experienciar.

UM TEMPO DE CURA

Durante as últimas semanas e continuando até Julho, muitos perceberão e experienciarão grandes mudanças, especialmente quando se trata de nossa jornada de cura.

O paradigma em que nos expandimos agora é permitir que rápidas mudanças na cura aconteçam em nossos corpos físicos, emocionais, mentais e financeiros.

A cura costumava ser mais sobre “fazer”, o que exigia mais a energia do “esforço”. Agora, trata-se mais de simplesmente “ser”, onde operamos a partir de um espaço de permissão.

Quando permitimos que as coisas se revelem como elas devem ser naturalmente – onde não interferimos – a cura ocorre por conta própria.

Aqueles que servem como terapeutas holísticos/do bem-estar, ou mestres espirituais, e aqueles que estão nas artes criativas, podem ter notado que os seus dons evoluíram rapidamente ao longo dos últimos meses.

É preciso certo tipo de prática para alcançar um estado de permissão pura, onde não mais exercemos tanta energia quanto podemos tê-lo feito no passado, especialmente quando se trata de alcançar um resultado desejado.

Uma das principais razões para isto, é que a necessidade ou o apego para alcançar um resultado particular está realmente diminuindo. Isto nos abre para resultados ainda maiores, de que a mente ainda não pensou conscientemente.

É aí onde aquele ditado: “Libere e permita que Deus/o Universo cuide de tudo”, começa finalmente a ter muito sentido.

Quando operamos a partir deste espaço de desapego completo, nós nos tornamos testemunhas da cura física, emocional, mental e financeira, instantânea, em nós mesmos, nos outros e no mundo que nos rodeia.

Se você sente que não foi capaz de receber ou de notar a cura ocorrendo dentro de você e ao seu redor, agora é a sua oportunidade de estar disposto a abrir mão de suas expectativas para resultados específicos.

Estas expectativas podem estar impedindo-o de experienciar a realidade muito mais elevada disponível para você.

Uma de minhas intenções favoritas da manhã é afirmar: “Escolho liberar e permitir o amor”.

Isto me lembra de que seja qual for o fardo e apegos que estejamos ainda carregando, eu posso entregá-los amorosamente ao meu Eu Superior/Eu Espiritual, de modo que possa criar espaço para que novas bênçãos entrem em minha vida.

Os apegos que a mente com frequência cria para mantê-la operando na energia do “fazer” realmente servem como espaços reservados em nossa visão interior que nos impedem de perceber e de estarmos abertos a novas e inesperadas bênçãos em nossas vidas.

Tão simples quanto a intenção de “Eu escolho deixar ir e permitir o amor” possa parecer, para a mente isto pode apresentar uma verdadeira luta.

Isto é porque quando a mente tenta deixar ir algo que ela acha que ainda precisa, ela tem medo de que esteja perdendo algo importante.

Na realidade, ao deixar ir o que não serve mais ao nosso bem mais elevado, tais como os apegos a resultados específicos que mantém a mente com medo, preocupação, falta, julgamento, etc., não estamos perdendo nada.

Em vez disto, estamos ganhando tudo.

Como? A mente pode perguntar.

Quando liberamos, estamos deixando ir a ilusão. Nós podemos também chamá-la de “perseguição”.

A ilusão ou “a perseguição” é simplesmente outra maneira de dizer “esperar uma realidade limitada”.

Assim, quando deixamos ir a nossa crença nas limitações em torno de uma realidade, o que acontece?

Entramos em uma realidade de Possibilidades Infinitas, expandindo o nosso potencial maior e não mais nos mantendo pequenos.

Estamos, então, abrindo-nos para a Vida no sentido mais pleno.

TERMINANDO A CAÇA

A sociedade nos ensinou a olharmos para fora de nós mesmos para qualquer coisa que queiramos criar e experienciar.

Este condicionamento criou a ilusão conhecida como “a perseguição”.

Isto ocorre quando a mente decidiu que ela tem que perseguir e atingir algo, exercendo muita energia e tempo e ultrapassando desafios, a fim de chegar ao que ela acha que realmente quer.

Isto não parece exaustivo? No entanto, todos nós conhecemos este processo muito bem, não é?

Escolher viver no modo de perseguição, às vezes, satisfaz o hemisfério esquerdo do cérebro, que se refere à ordem, estrutura e organização. Satisfaz a esta parte da mente, porque alimenta a sua capacidade de operar no tempo linear, que é onde prosperam a estrutura mental e os padrões de sobrevivência.

É importante honrar o aspecto estruturado de nós mesmos.

No entanto, se estamos sempre operando a partir deste espaço, especialmente quando se trata de viver a vida que realmente desejamos, isto cria muitas limitações e nos esgota em todos os níveis.

A chave para atrair o bem-estar, a alegria, a abundância e todas as bênçãos divertidas que a vida tem a oferecer é reconhecer que o mundo que nos rodeia é um resultado direto da consciência interna, dos pensamentos e das ações que estamos escolhendo diariamente.

Trata-se de entender que somos o ímã que nos traz todas as experiências que estamos tendo.

Assim, com esta consciência de que somos o ímã, e não as nossas ações, podemos, então, prestar atenção a se estamos criando a partir de um espaço de estar na ilusão/na perseguição, ou criando a partir de um espaço de consciência total.

Atraímos para nós tudo o que estamos experienciando como resultado do que projetamos para o mundo.

Assim, se o nosso desejo é receber mais amor, podemos, então, tornarmo-nos amor. Se o nosso desejo é nos tornarmos mais ricos, financeiramente, então, podemos compartilhar e dar a partir de um espaço de alegria e desapego.

A grande diferença aqui é que uma realidade exerce muita energia ao forçar as coisas a acontecerem, enquanto a outra nos permite simplesmente atrair e trazer as coisas que desejamos com facilidade e graça.

Se estivermos preparados para curar, estamos tendo a oportunidade de fazer isto agora, de uma forma muito real e duradoura. Se não estivermos totalmente dispostos e preparados para curar, isto também está bem... haverá mais oportunidades de fazer isto no futuro.

Todos estão exatamente onde eles devem estar em sua jornada.

Se você está sendo chamado a aprender e melhorar a sua cura natural e/ou os dons criativos, confie em sua orientação interior. Você pode escolher enriquecer os seus dons ao fazer um curso ou um workshop que ressoe com você, ou ler um livro que pareça capacitado.

Receber o apoio de um terapeuta espiritual compassivo seria outra maneira de contribuir para a sua cura. Como um terapeuta, eu acho que pode ser fácil eu me esquecer de pedir apoio.

Na verdade, pedir apoio costumava ser muito difícil para mim. Mas, uma vez que eu decidi me afastar da minha zona de conforto e pedir ajuda, muitas portas que estavam fechadas se abriram para mim. Eu até me tornei um terapeuta melhor como resultado.

Encontrar uma oportunidade de ser útil à humanidade é também algo que irá apoiar muito a nossa própria expansão e cura. Isto permite que a mente se afaste do padrão de estar envolvida, e redireciona a sua consciência para a melhoria de toda a humanidade.

O Universo AMA atos de serviço que vêm de um espaço de simplesmente querer experienciar a alegria de ajudar os outros.

REALIZANDO A AÇÃO INSPIRADA

Como mencionei anteriormente na previsão, durante a segunda quinzena de Julho, começando ao redor de 17 de Julho, iremos experienciar uma nova confiança que irá nos ajudar a realizar a ação inspirada quando se trata de criar e de se alinhar com coisas mais apaixonantes.

A ação inspirada se refere a agir a partir de um espaço de completo fluxo e consciência. Ela não é forçada. Não requer muito esforço.

Uma parte importante da ação inspirada se trata de nos permitirmos ser vistos. Em vez de ficarmos em casa na maior parte do tempo, este será o momento de sairmos de casa e nos divertirmos um pouco.

Com este tipo de “estarmos fora”, tudo o que é exigido de nós é que simplesmente sejamos nós mesmos.

Tudo o mais cuidará de si mesmo, desde que estejamos presentes e no momento, e notando as oportunidades à medida que elas chegarem.

Para aqueles que estão prontos para se expandir e se curar, a temperatura é perfeita para que tudo aconteça agora.

Como sempre, é um grande presente para mim, poder compartilhar com você desta maneira. Se você gostou ou se beneficiou da leitura desta previsão, por favor, transmita-a para alguém que você ame e com quem se importe.

Com muito amor,

Milagrosamente seu,

Emmanuel

***********************

Emmanuel Dagher
http://www.emmanueldagher.com
Tradução: Regina Drumond
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...