Não temais a dor libertadora!
Mestre Jesus

Filhos amados de Minh ‘alma!

As dores não são castigos divinos!

O Pai Misericordioso não pune seus filhos!

Suas Leis Magnânimas são universais e todas as criaturas, inevitavelmente, alcançarão a harmonia com o Criador.

A dicotomia entre vossas ações, contrárias às leis criadoras e mantenedoras da vida, é que provocam em vós o sofrimento.

Quando libertardes vossas consciências dos atavismos que vos conduzem às quedas, quando a rebeldia não mais comandar vossas ações e vossa alma afinizar-se com a Harmonia Universal do Amor, o sofrimento não mais existirá. Tereis alcançado, então, as Dimensões de Luz e Paz!

Avolumam-se os rancores e os ódios que reverberam em guerras e violência. Estancai o mal em vós, iluminai vosso íntimo onde a escuridão teima em sombrear-vos.

Vinde a Mim e Eu vos aliviarei do peso que vos oprime!

Eu sou o amor e vos conduzirei à regeneração!

Não temais a dor libertadora!

Minha paz vos deixo!

Meu amor vos sustenta!

Minha presença ilumina vosso caminho!

Eu sou Jesus!

********

GESH

S. Jose'

Total de visualizações de página

IMPULSO UNIVERSAL

IMPULSO UNIVERSAL
Amigos de caminhada,
Estou seguindo para o Brasil no dia 21 de setembro. Ficarei la' ate' 19 de dezembro. Estarei aprofundando o meu trabalho espiritual.
Postarei no nosso Blog, sempre que for possivel.
Sugiro reverem muitas das mensagens aqui publicadas, pois são preciosas para os tempos que vivemos hoje.
Fiquem todos com a Misericordia de Deus Pai.
Amorosamente,
Cassia

quarta-feira, 21 de junho de 2017

O valor de uma vida é um presente que você está sempre desembrulhando, o presente que você está encontrando para si mesmo, que é você mesmo, o seu Cristo.


O VALOR DE UMA VIDA HUMANA
Mensagem de Yeshua
canalizada por Judith Coates

Amado, gostaria de lhe falar sobre o valor de sua vida. Será que realmente importa que você esteja aqui na Terra, no mundo físico, tendo esta experiência?

Sim. É importante. Sua vida é um presente. Você escolheu que estaria aqui para ter experiências, que teria o livre arbítrio, o que você tem. Talvez a sua vontade e as suas escolhas fiquem um pouco moldadas pelo ensinamento de gerações e pelo que eles disseram que é importante, mas, então, você cresce um pouco e diz: “Bem, eu não sei se isto é realmente tão importante, que eu tenha que pentear o cabelo e escovar os dentes pela manhã. Pergunto-me o que aconteceria um dia se eu não penteasse o cabelo e escovasse os dentes.” Você experimentou isto, e viveu no dia seguinte para pentear o cabelo e escovar os dentes.

A vida no mundo físico é um presente que você dá a si mesmo para experienciar e expressar a Luz que você é, a vibração que você é. Você está vibrando dentro de uma determinada largura de banda, como eles chamam a vibração.

Você interage com o outro e dá ao outro os presentes de experiências diferentes. Às vezes, no amor romântico... Falarei sobre isto em um momento, porque sei disto bem. Tive uma experiência romântica maravilhosa com a minha Miriam, Mariam, Mary. Éramos total e completamente apaixonados. A partir do momento em que nos encontramos, houve um alinhamento que sentimos e uma atração magnética, se você quiser chamá-lo assim, que nos uniu em uma frequência de vibração mais elevada que você conheceu, e quando você está no espaço desta frequência vibracional, você não quer nada mais que não seja este sentimento. É por isto que você o busca, e é realmente um dos passos para chegar ao espaço de conhecer a sua perfeição como o próprio Amor.

Muitas vezes me perguntaram: “Bem, Yeshua, não é isto um tipo de desvio se eu entro no amor romântico e sinto que isto é tudo e o fim de tudo, e isto não me leva a um caminho paralelo onde eu não mais busque o amor verdadeiro que eu sou?”

Na verdade, você não irá parar neste espaço, porque você irá querer mais. Você irá aperfeiçoá-lo, você o viverá, você o experienciará, e se acontecer de mudar de forma, como ocorrerá de tempos em tempos, você ainda o desejará. Você ainda o busca, você o procura e deseja conhecer o sentimento do amor. Assim, isto o levará ao próximo passo ou à próxima fase de querer conhecer a sua verdadeira natureza.

Sua verdadeira natureza é estar totalmente vivo na expressão do amor, e o amor romântico é o primeiro passo. Bem, talvez o segundo passo. Nós iremos primeiro à amizade e, então, ao amor romântico. É algo que você molda para si mesmo, a fim de saber que pode haver mais.

Muitas vezes, em situações familiares, não existe a experiência do amor. Muitas vezes, os pais bem-intencionados, porque querem que você seja o mais perfeito possível, dará o que lhes foi ensinado, a perfeição tem que haver ou deve existir. Às vezes, essas regras e a aplicação das regras não foram tão agradáveis, e você pensou em como é o Lar, como é o amor - porque há uma lembrança fraca. Às vezes não é tão fraca - e você sente um anseio pelo amor.

O jovem que cresce, mesmo o bebê nos braços, pode sentir a diferença entre amor e a ausência de amor, e você está sempre procurando por ele, para voltar ao Lar novamente. Então, quando você encontra alguém em uma situação romântica que olha para você e diz: "Você é a pessoa mais perfeita. Eu o amo", e ele olha com os olhos do amor, e você olha para ele e retorna o amor, nesse momento o relacionamento se une ao amor, no que eu chamarei de primeiro nível de amor. Então, você continua para conhecer melhor a pessoa, para experienciar com ela cada vez mais e você se torna muito rico nas experiências.

Às vezes você se torna mais rico do que queria ser, se este talvez venha de um lugar diferente, e ainda existe amor entre vocês, de modo que você possa experimentar toda uma gama de amor romântico. É bom, muitas vezes, porque você consegue se aprimorar, afastar as partes que não são como o amor e chegar ao núcleo do amor. Isto pode ser quando ele não está mais sentado ao seu lado ou na próxima sala. Pode ser quando ele avançou e você começa a sentir sua presença e seu amor e saber que verdadeiramente o que você compartilhou com ele era o Lar. Era amor. Isto foi nos primeiros estágios.

Então, quando as pessoas chegavam a mim e diziam: "Mas o amor humano não é realmente algo a ser procurado. Não é uma perda de tempo. Eu não deveria estar apenas meditando e chegando a esse espaço de amor dentro de mim ". E eu digo a eles: “Você pode viver isso, e em muitas outras encarnações você ficou no mosteiro e aperfeiçoou a experiência meditativa até o ponto em que você renunciou ao corpo. "Mas nessa vida, em sua maior parte, você veio e disse:" Eu quero tudo. Eu quero o corpo, eu quero conhecer o amor, eu quero conhecer o amor romântico, e eu quero ir a partir daquele espaço entender a minha Totalidade. "E você irá chegar lá. Então, o amor romântico? Sim, é claro, você quer isso.

Agora, você é completo e perfeito a qualquer momento, então você não precisa de outro para completá-lo, mas quando você está apaixonado, mesmo nos primeiros estágios, isto lhe permite se afastar de você mesmo. Você teve esse sentimento de estar apaixonado por alguém, ou mesmo por alguma coisa, até o ponto em que você se esqueceu de si mesmo. O objeto de seu amor era a única coisa que era importante, e sua atenção estava muito fixa em sua percepção de como você era e como ele era com você.

Foi, como já disse, um bom primeiro passo. Então, talvez ele fizesse alguma coisa como para adverti-lo, e você disse: "Humm, eu tenho que pensar sobre isso." Se ele fez coisas suficientes que o marcaram e você fez algumas coisas em retribuição, você pode chegar ao espaço onde você diz: "Tudo bem, eu acho que terminamos", e vocês seguiram por caminhos separados. Isso é bom. Isso está bem, porque você ganhou um conhecimento do amor, uma essência do amor, mesmo quando ele realmente o estava contrariando.

Então, você se afasta do espaço de desejar conhecer a divindade de si mesmo enquanto se move através do amor humano, tão grande quanto ele é, e é. Quando é bom, é muito, muito bom. E quando é ruim, ainda tem valor.

Quando nos encontrarmos com outro que está espelhando muito para nós mesmos algo que não queremos reconhecer, pelo menos, podemos ter conhecimento disto e trabalhar com o perdão (dando amor ) a nós mesmos e aos outros, e entender o que provocou o comportamento: por que ele se enraizou em si mesmo e, em seguida, deixá-lo ir. Isto muda a energia ao espaço onde você vê as coisas de nova maneira.

Qual é o valor de uma vida humana? Por que viver uma vida humana? Ou se você está em outra galáxia e tem outra forma que pode não ser a mesma coisa que a forma humana, qual é o valor do físico ou da individualidade de uma encarnação? É divertido experimentar. É um presente para você, para poder se mover, ter a oportunidade de conhecer o amor e ir além até do amor humano ou da individualidade, ao espaço da Totalidade do Amor que você é.

O amor humano ou o amor do indivíduo aparente é como uma porta pela qual você atravessa em algum momento, em algum ponto, na Totalidade que você é, para saber que: "Eu sou Um com tudo o que vejo. Estou apaixonado por tudo o que vejo. Então me vejo em tudo, como tudo, e eu me amo. E quando eu passar por essa porta, vejo que nada na expressão individual tira a Totalidade do Amor ".

Você está tendo essa oportunidade de vir em frente de você agora, em suas atividades geopolíticas. "Eu e meu irmão / irmã somos Um: temos uma encarnação humana. Nós temos um corpo humano. Queremos as mesmas coisas na vida, não importa como seja o corpo, não importa o que a história seja aparentemente, ou se a forma foi encarnada neste espaço geográfico terrestre muitas vezes. Não importa se a sua família sempre esteve aqui. Não importa se você tem muitas ou poucas moedas de ouro.

Além do físico para a essência de Quem você é, todos são iguais. Todos são Um no Amor. Isto lhe está sendo demonstrado por um excelente professor agora, um professor que não sabe que ele é um professor, mas ele é. Ele é um grande mestre que se ofereceu para desempenhar uma determinada parte, e ele está tão preso na parte que ele não sabe que ele está fazendo parte. E ele está trazendo isso à frente dos olhos de todos para ver: "Como seria se eu agisse dessa maneira?"

Então, alguns dos que pensam que estão em alinhamento com ele, estão tentando agir da mesma forma, mas isso não irá durar. Somente o amor permanece para sempre. Eles podem agir de acordo e será por um tempo, porque neste plano as coisas são temporárias, então está mudando e mudará. Não ficará igual. Mas isto lhe dá uma ótima oportunidade para vê-lo agir de acordo e ver as expressões nos rostos.

Ele está em um lugar de questionamento, um lugar de confusão. "Por que, se eu der uma ordem - o que eu costumava fazer, mesmo recentemente, há um ano ou mais no meu negócio - por que isto não é seguido? Por que as pessoas se levantam e dizem algo diferente? Por que eles não podem ver que estou falando sobre o que precisa ser seguido?"

Porque todos vocês são grandes mestres; é por isso. E todos vocês estão em uma jornada para voltar ao Lar, ao Amor, que valoriza a Unidade. Então, esta jornada, às vezes, tem um pouco das reviravoltas, e agora você está vendo com um forte contraste o que acontece quando outros sentem que podem tomar decisões unilateralmente e aparentemente afetar os outros.

É um método de ensino. E aquele que está apresentando as declarações acredita que é assim que ele quer que seja. Depois, há outros que veem as coisas de forma diferente, outros que estão dizendo: "Não, eu não compro isso. Não estou pagando por isso. Não estou tendo isso ".

Você vive em um momento agora de grande mudança, oportunidade para grandes mudanças, e isso estará acontecendo. A única questão é a rapidez com que acontece. Pode levar algumas gerações ainda, ou não. Isso não foi decidido. Isso ainda está em aberto. Eu não profetizo, porque, o que quer que eu diga em um momento, você o transformará e o mudará, porque você tem o livre arbítrio, e isso é bom.

Verdadeiramente, como é visto agora, há um grande impulso para a mudança e para a inclusão de pessoas que se unem. Por terem passado por muitas vidas em que houve o chefe guerreiro, o rei que possivelmente herdou, mas muitas vezes passou por batalhas para supostamente ganhar o seu poder - ou o poder dela, porque nem sempre foi o homem. Muitas vezes na pré-história, como alguns dos jovens gostam de chamá-la, há muito tempo houve mulheres que tomavam as decisões, que estavam no poder - e, no entanto, você está sempre em seu poder, e é isso que está vindo em primeiro plano: o seu poder, o poder de escolha.

Então, as pessoas estão fazendo com que as suas vozes sejam ouvidas. Elas estão se posicionando para serem consideradas. Não só neste grupo geopolítico, mas diante de nossa sagrada Mãe, a Terra. Alguns dizem: "Nós já fomos lá, fizemos isso, completamos.” Então eles estão se posicionando para serem considerados.

Você escolheu a encarnação neste momento para fazer parte da voz que expressa a Unidade, que fala de inclusão, em vez de separação, que fala de querer encontrar atributos comuns, reverenciar e respeitar uma Fonte comum. É um momento emocionante para estar aqui. Para alguns, este pode ser visto como um tempo terrível, porque o futuro, como eles o veem, poderia ameaçar o modo de vida que eles querem ter.

No entanto, há muitas vozes, como se vê agora, que estão optando por conhecer a Unidade, conhecer o respeito. Aquele que está desempenhando o papel de líder quer conhecer o respeito. É uma das lições nesta vida para ele: Aprender a respeitar a todos. Quando ele aprender o verdadeiro respeito por si mesmo, como o Ser que ele é, ele saberá respeitar os outros. Você escolheu – e com razão, porque você o fez em outras vidas – estar aqui em um momento de mudança.

Então, qual é o valor de uma vida?É a oportunidade de vir ao Lar, a oportunidade de encarnar e ao mesmo tempo, conhecer todos os atributos do Amor – Com “A” maiúsculo. Este é o estado de ser que você caracterizou como o Cristo, um ser encarnado e amoroso, conhecendo a Unidade em tudo o que você vê diante de você, sabendo que realmente você é a perfeição, que você é amor – caminhando com os dois pés, sim. Estendendo os dois braços para abraçar os outros, para amá-los, para chegar a esta percepção de que, onde quer que eu esteja é Amor – com “A” maiúsculo.

Este é o valor. Você tem a oportunidade, em cada hora, em cada minuto, de ascender a este espaço do Cristo, ao reconhecimento de que: “Eu sou o Cristo encarnado”. E você é.


“EU SOU O CRISTO ENCARNADO”. SIM, VOCÊ É.

Gostaria de sugerir que você escreva isto em um dos seus cartões e o deixe em algum lugar onde o veja todos os dias – em sua geladeira, em seu espelho, em algum lugar – “EU SOU O CRISTO ENCARNADO.” Porque você é. Você se esqueceu disto. Você ficou tão imerso em todas as atividades da mente, em todas as preocupações e medos do mundo e trabalhando com eles, que acabou por se esquecer de sua essência. Você se esqueceu de onde você veio. Você se esqueceu de Quem você é. O que você é. “EU SOU O CRISTO ENCARNADO.”

Quando eu lhe falei há dois mil anos, eu falei com o seu Cristo. Nós caminhamos juntos, rimos juntos, o riso que você conhece, bem dentro de você. Rimos, muitas vezes, porque sabíamos que éramos o Cristo unindo a nossa realidade – com “r” minúsculo – pela alegria disto.

Agora, os Romanos nem sempre concordaram com esta mensagem, assim foi uma época bem parecida com a que você está tendo agora, quando parecia haver pessoas com poder sobre o corpo, sobre a encarnação. Mas como você leu a história, e como ela lhe foi transmitida de uma geração para outra, eu não fiquei no túmulo. Eu me divertia mais em estar na alegria. Tive que sair do túmulo para caminhar novamente com os meus irmãos e irmãs. De vez em quando, eu tento ser como você é e trago um pouco de humor ao mundo. Ria facilmente e com frequência, porque Cristo o faz.

Você é o amor Crístico encarnado. Isto ficou um pouco oculto com os ensinamentos que lhe foram transmitidos. Seus irmãos das ordens religiosas e filosóficas ao longo do tempo voltaram a ser influenciados pelo poder, querendo ter poder, querendo controlar. Assim, a mensagem foi que houve apenas um Cristo. Bem, isto é e não é verdade. Você é o Cristo em muitas formas encarnadas diferentes, tentando se encontrar, olhando como um dos filósofos com a sua lanterna: “Você é o Cristo?” Sim, você é. Segue até um, até o outro e olhando para ver: “Você é o Cristo?” Sim, você é. Você é o Cristo encarnado por um tempo, porque você disse que viria e seria ultrajante expressar palavras para outros que, às vezes, são um pouco estranhos e, no entanto, isto os desperta. É algo que eles pediram para saber. Então, você lhes dá uma pista, e talvez até os agite um pouco.

Caminho com alguns de seus colegas Cristos. Às vezes, eu sussurro no ouvido deles: “Quem é você?” O que você está buscando? Será que irá encontrar isto na prateleira?” E eles ficam olhando, olhando e olhando. Eles dizem: “Eu não encontro exatamente o que eu quero.” É claro, eles não encontram. Eles já o têm. Eles já são o Cristo encarnado. Eles já são muito mais do que jamais poderiam pedir.

O valor de uma vida é um presente que você está sempre desembrulhando, o presente que você está encontrando para si mesmo, que é você mesmo, o seu Cristo. Vida após vida, você busca em cima e embaixo. No alto das nuvens. Será que está lá? Sob as rochas. Está lá? E o tempo todo está aqui. E você percebe que quando o dá, mais lhe é dado. Em outras palavras, ele flui através de você. E se você não o dá, ele fica parado e não pode se mover. Assim dê, ame, ria – porque o Cristo o faria.

Que assim seja.

Jeshua ben Joseph (Jesus)

*****************
www.oakbridge.org
Traduzido por: Regina Drumond
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...