INVOCATION TO THE ORIGINAL PLAN OF GOD

INVOCATION TO THE ORIGINAL PLAN OF GOD

https://youtu.be/3R-ihO7weVk

Total de visualizações de página

IMPULSO UNIVERSAL

IMPULSO UNIVERSAL

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Os outros não causam seus sentimentos, seus sentimentos são apenas reflexos de como você se vê


Image result for imagem de portal espiritual
O MOMENTO DO AGORA É O ÚNICO TEMPO QUE EXISTE
Mensagem de Saul
por John Smallman

O despertar da humanidade, seu despertar pessoal é a entrada naquele estado onde a paz perfeita prevalece no campo divino do Amor que É Tudo O Que Existe. Nesse estado, tudo o que não está em completo alinhamento com o Amor se dissolve, porque nenhum deles é Real, e somente o que é Real existe. O que é Real é eterno, sem começo nem fim. O que você experimenta como um ser humano, enquanto parece intensamente real, é apenas um sonho, muitas vezes um pesadelo, cheio de dor e sofrimento, do qual você despertará porque é impossível permanecer perdido no sono e sonhar indefinidamente.

Como humano, o tempo em que você dorme, é um tempo para descansar seu veículo físico, e restaurar as energias que a atividade física ou mental exige e tem usado. Enquanto o corpo dorme, o eterno você, o Você que é Um, está onde está sempre, em paz na Unidade que é Deus.

O eu egóico é um conceito muito pequeno, mas muito alto e vociferante, de como seria a separação se tal estado fosse possível. É como uma separação de parte do Ser com uma vida e mente própria. Ele, como o corpo, precisa descansar, porque o conceito de separação é muito intensivo em energia e usa as energias do corpo para os jogos em que se engaja.

O jogo principal é "Estou sozinho e com medo, e preciso ser amado e protegido" e esse jogo é jogado em uma variedade inumerável de maneiras como uma pessoa tenta encontrar dentro da ilusão o que perdeu por optar por se esconder da Realidade. Mas a Realidade não tem consciência do que é irreal. A analogia mais simples é a de crianças pequenas brincando com personagens imaginários que elas percebem como reais, e ficam chateadas porque seus pais não podem vê-las ou ouví-las e, portanto, recusam-se a acreditar nelas. Os pais podem fingir acreditar neles, mas as crianças vêem, através dessa fachada. instantaneamente, porque as respostas dos pais são bastante inadequadas, devido à sua incapacidade de ver ou de entrar no mundo imaginário das crianças.

À medida que as crianças crescem, elas deixam para trás esse mundo imaginário, e entram no "mundo real" de seus pais, a maior ilusão que substitui sua pequena e individualizada ilusão. Muitas vezes, o mundo da criança retinha memórias muito fracas da Realidade, que eles estavam relutantes em deixar ir, mas que, na maior parte, eles tiveram que descartar como eles cresceram para operar e se envolver com a ilusão, do "Mundo Real" de seus familiares. Todos os que encarnaram como seres humanos escolheram experimentar esse intenso e assustador senso de separação, ele fornece lições que eles escolheram aprender, juntamente com sua tarefa principal, que é ajudar a humanidade a despertar. Mas, como observamos aqui antes, a ilusão, uma vez que se encarna nela como um ser humano, é vivida como algo intensamente real, tão real, de fato, que a lembrança da principal tarefa vital frequentemente se torna impossível.

O ponto principal aqui é que a experiência humana é irreal, mesmo que pareça muito real, porque a dor e o sofrimento, as aventuras excitantes ou a queda no Amor trazem para a consciência consciente sentimentos extremamente intensos, sentimentos tão intensos que a maioria das pessoas se identifica com eles como sendo eles mesmos, ou pelo menos, como uma parte essencial e inseparável de si mesmos. Sem sentimentos, a maioria pensa em si mesma como carecendo de uma identidade válida, e assim os sentimentos são muito valorizados. Mas realmente, embora muitas vezes extremamente intensos, os sentimentos e emoções são como o tempo, estados temporários que vêm e vão, mas não duram. No entanto, eles podem ser, e muitas vezes são, mantidos, a fim de prolongar sensações, quer prazerosas ou dolorosas. No último caso, é muitas vezes uma tentativa de colocar a culpa em outro, que é pensado ou acreditado que irá causar-lhe dor ou sofrimento.

Os outros não causam seus sentimentos, seus sentimentos são apenas reflexos de como você se vê, e o que os outros fazem é levar a consciência desses sentimentos para a frente de sua própria consciência. Se eles são profundamente dolorosos e vergonhosos, você pode negá-los e projetá-los para fora, para longe de si mesmos, fora de sua consciência, e para outro ou outros. Quando você se apega a sentimentos, você pode então reviver a intensidade de prazer ou dor que surgiu na primeira vez que você os experimentou. Eles podem fazer o que já passou e se foi parecer estar acontecendo novamente, no momento presente, ao você revivê-los em sua mente. Se algo ocorre que requer sua atenção imediata neste momento presente, por exemplo, ao dirigir seu carro, a memória que você estava revivendo desaparece para que você possa se concentrar no momento agora.

O momento do agora é o único momento que existe, e no momento do agora é que você está constantemente sendo renovado como o filho perfeito de Deus no momento em curso da criação eterna, onde você é sempre perfeito porque é assim que Deus criou você, e o que Ele cria nunca muda. A mudança é da ilusão, e dentro da ilusão ela é constante, porque está sempre tentando afastá-lo da Realidade. Por outro lado, a Realidade está sempre chamando você para retornar para Casa, para seu estado natural de alegria eterna, onde você está plenamente e eternamente vivo.

A vida é eterna, incessante, sem fim. Portanto, você nunca deixa de viver. A morte humana, a colocação de um corpo humano, é apenas uma mudança de estado, saindo da ilusão de volta à Realidade, que você nunca deixou. Outra analogia: você assiste a um filme, vai ao teatro, ou lê um livro, e fica totalmente absorvido pela história que se desenrola - as emoções surgem, surgem pensamentos, surgem juízos que dizem respeito à história - então a história termina, e você está de volta com Sua própria vida e história, que é bem diferente daquela em que você estava temporariamente envolto e se sentia "uma parte".

Sua vida humana é um pouco como isso, mas, porque dura anos, em vez de um par de horas como em um filme se desenrola, é difícil para você saber e entender que é apenas uma história. Você despertará na Realidade quando a história já não lhe fascinar, quando você decidir que você aprendeu todas as lições que ela tem para oferecer. Vocês todos conhecem alguém que parece habitar um mundo diferente do comum, bem diferente do que a maioria dos seres humanos experimenta. Entenda bem que essa pessoa acabou por escolher passar por uma experiência de vida mais individualizada, dentro da ilusão.

Sua experiência coletiva mais "normal" não é muito diferente da forma individualizada "anormal" daquela outra pessoa, mas porque você a compartilha com outras pessoas, ela parece ser mais real para você do que a experiência que outra pessoa está passando, essa que você percebe como Irreal ou insano. E, na ilusão, onde você se sente tão separado, apesar de suas experiências coletivas e semelhantes, é reconfortante pertencer a um grupo de pessoas com ideias semelhantes. E os grupos, como as pessoas, tendem a julgar outros grupos como menos válidos, menos bons ou menos valiosos do que os seus próprios. Dentro da ilusão, você poderia dizer que há, apenas, diferentes níveis de insanidade.

Muitos de vocês tiveram experiências ou foram apresentados a lições que alteraram drasticamente sua percepção da vida e de vocês mesmos. Poderia ter sido por se reunir e interagir com alguém cujas crenças eram muito diferentes das suas, ou tendo um acidente grave ou doença, ou mesmo uma experiência de Quase Morte. E, como resultado, você alterou sua abordagem à vida e as outras pessoas porque, de fato, foi um grande "despertar" dentro de si que exigiu essa mudança. Normalmente, quando esse tipo de experiência surge, é inicialmente muito perturbador. Contudo, à medida que o tempo passa, e a aceitação cresce de sua "nova" percepção de vida, você chega a encontrar-se mais em paz consigo mesmo, mais capaz de "ser" e não mais buscar a aprovação ou o encorajamento positivo de outros, tentando ser diferente de quem você é.

Vocês todos são, sem exceções, os amados e perfeitos filhos de Deus, infinitamente amados e completamente aceitos como vocês são, assim como Deus os criou, para sempre, Um com Ele, inalterável e imutável. Alegrai-vos, pois, com o correto entendimento de que Sois sempre Um com a Fonte que É, naturalmente, também vós. A Unicidade significa unidade, e que há somente a unicidade, e que, consequentemente, a separação é impossível, irreal, totalmente ilusória. Você despertará na Realidade porque é onde você está eternamente, você tinha apenas posto a cabeça fora dela por um momento.

Com muito Amor,

Saul

***************8
http://johnsmallman.wordpress.com/
Tradução: Tradução: Adriano Pereira 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...