Não temais a dor libertadora!
Mestre Jesus

Filhos amados de Minh ‘alma!

As dores não são castigos divinos!

O Pai Misericordioso não pune seus filhos!

Suas Leis Magnânimas são universais e todas as criaturas, inevitavelmente, alcançarão a harmonia com o Criador.

A dicotomia entre vossas ações, contrárias às leis criadoras e mantenedoras da vida, é que provocam em vós o sofrimento.

Quando libertardes vossas consciências dos atavismos que vos conduzem às quedas, quando a rebeldia não mais comandar vossas ações e vossa alma afinizar-se com a Harmonia Universal do Amor, o sofrimento não mais existirá. Tereis alcançado, então, as Dimensões de Luz e Paz!

Avolumam-se os rancores e os ódios que reverberam em guerras e violência. Estancai o mal em vós, iluminai vosso íntimo onde a escuridão teima em sombrear-vos.

Vinde a Mim e Eu vos aliviarei do peso que vos oprime!

Eu sou o amor e vos conduzirei à regeneração!

Não temais a dor libertadora!

Minha paz vos deixo!

Meu amor vos sustenta!

Minha presença ilumina vosso caminho!

Eu sou Jesus!

********

GESH

S. Jose'

Total de visualizações de página

IMPULSO UNIVERSAL

IMPULSO UNIVERSAL
Amigos de caminhada,
Estou seguindo para o Brasil no dia 21 de setembro. Ficarei la' ate' 19 de dezembro. Estarei aprofundando o meu trabalho espiritual.
Postarei no nosso Blog, sempre que for possivel.
Sugiro reverem muitas das mensagens aqui publicadas, pois são preciosas para os tempos que vivemos hoje.
Fiquem todos com a Misericordia de Deus Pai.
Amorosamente,
Cassia

sexta-feira, 19 de maio de 2017

Nosso trabalho agora é ser fortes internamente, confiantes e seguros de modo que possamos confiar no que recebemos, permitindo uma conexão mais profunda com a nossa alma.

TRILHAR O PRÓPRIO CAMINHO E CONFIAR COMPLETAMENTE EM SI
Mensagem de Jenny Schiltz

Que época incrível e aflitiva tem sido! Parece haver um componente emocional nesta energia, que está trazendo à tona áreas em que a pessoa se sente indigna, sem esperança e de que tudo isso é fútil. Precisamos simplesmente observar essa energia e deixá-la passar. Alguns estão se sentindo muito incompreendidos e até invisíveis. Compreendam que isso ocorre à medida que alteramos as frequências. Se nos elevamos mais do que a maioria, pode parecer que estamos falando uma linguagem diferente. Embora isso possa ser desalentador, saibam que é a prova de que estamos realmente mudando.

Outra coisa que surge para muitos, agora, é a necessidade de confiar profundamente em si mesmos. Que mais do que nunca, o discernimento é fundamental. Se as coisas não ressoarem com a sua alma, então, simplesmente deixem-nas passar. Com tudo o que está mudando ao nosso redor, é muito importante permanecer centrados na própria realidade. Como seres humanos, podemos ser facilmente retirados do nosso centro, da nossa verdade, e acessar o de outros. No entanto, é essa ação que realmente retira o nosso poder, provocando muita aflição. Estamos aprendendo que podemos sentir compaixão pelo outro sem aceitar como válida sua versão da realidade. Constato que posso passar facilmente da minha realidade centrada no coração, quando meus filhos me contam como eles sentem que foram prejudicados ou maltratados por outras pessoas. A mamãe urso quer avançar aos gritos. Todavia, eles não precisam de uma mãe para ter pena deles. Em vez disso, eles precisam de alguém que lhes lembre que em todas as coisas há uma oportunidade de crescimento e que, no quadro geral, tudo acontece para o bem mais elevado.

Estamos nos tornando o abrigo na tempestade, à medida em que puxamos as pessoas para a nossa calma, sem nos permitirmos ser puxados para o seu caos. Para permanecer profundamente ancorados em nosso centro, devemos confiar em nós mesmos, de modo pleno, e nos manter no próprio caminho. É compreender que todos nós temos a nossa verdade, nosso holograma pessoal de experiências que queremos na Terra, e que cada um de nós cria a própria realidade, enquanto contribui para a linha do tempo coletiva.

O desafio passa a ser: Podemos acreditar em nós mesmos, em nossa orientação, e em nossa intuição, quando todos em nosso meio nos diz que estamos errados? Conforme prosseguimos nesta jornada de incorporação, precisamos ter a coragem, a fortaleza e a capacidade de adaptação para confiar completamente em nós mesmos. A verdade é: como podemos incorporar nossa alma se não confiamos nela plenamente?

Eles explicaram que muita coisa está mudando em nosso planeta com as frequências e tecnologias, e muita coisa será liberada adiante, que não será compreendida, acreditada e pode ser simplesmente sufocada.

O que cheguei a perceber é que eu não tenho ideia do que seja a verdade. Quanto mais eu olho para o mundo ao nosso redor e quanto é fabricado, fica difícil discernir a verdade. Esse é o ponto que eu sinto, para nos desestabilizar completamente, de modo que possamos ceder nossa autonomia a algum poder percebido como maior do que nós. Temos meteorologistas que não podem relatar sobre os “chemtrails” (trilha química) sem o temor de perder empregos ou posses. Temos repórteres que não podem falar sobre invenções, sem medo de represálias. Sabemos que existe guerras de frequência acontecendo, o que pode explicar os picos, no entanto, isso não é reconhecido pela mídia convencional. Para cada argumento, existe um contra-argumento, e é o conjunto perfeito para manter as pessoas argumentando contra e a favor de algo. Isso cria muita distração e ego. A comunidade espiritual não está imune a isso tudo, e está acontecendo em todas as comunidades.

Mesmo com tudo isso, tenho a firme convicção de que tudo está a serviço do Divino, e que aquilo que foi escondido é agora um catalisador para o grande despertar. Contudo, significa que devemos utilizar o nosso discernimento e fazer tudo por nós mesmos, pela própria intuição, Todos, eu ou qualquer um de nós, possuimos a própria orientação interior e nossa tarefa é torná-la uma conexão tão clara quanto possível. Eis onde permanecer em nossa pista é essencial. Devemos confiar em nós mesmos completamente, apesar de todos ao nosso redor apontar o contrário. Conforme meu eu superior disse: “Por que você deveria permitir que um cego lhe dissesse com o que o arco-íris se parece?” Com tantas programações e distorções enlouquecidas em nosso mundo, devemos tomar o que ressoa, relacioná-lo com a nossa verdade e, simplesmente, superar o resto.

O propósito disso, é maior do que podemos perceber. Novas modalidades de cura estão surgindo, que vão desafiar o que foi conhecido e aceito anteriormente. Tenho uma cliente que recebeu um novo símbolo do Reiki, e que vem tendo sucesso em utilizá-lo. Se ela tivesse duvidado da informação, teria interrompido o fluxo do progresso potencial. Nosso trabalho agora é ser fortes internamente, confiantes e seguros de modo que possamos confiar no que recebemos, permitindo uma conexão mais profunda com a nossa alma. Muita coisa está vindo à luz, e, ao mesmo tempo, muita desinformação está lá fora também. Depende de cada um de nós determinar o que ressoa internamente. A única forma de realmente sentir o que combina com a nossa vibração, nossa frequência, é estar centrados e na própria pista. Isso requer prática e eu não tenho dúvida em minha mente de que cada um de nós será apresentado às situações que nos afastem de nosso centro, de modo que, então, vejamos quais as questões que nos impedem de sempre estar centrados e de praticar a incorporação de nossa alma.

Vamos avante, crescendo, aprendendo e explorando. Envio a todos vocês muito amor e apoio.

Jenny

*****************
www.channelingthemasters.wordpress.com
Tradução de Ivete Brito
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...