Não temais a dor libertadora!
Mestre Jesus

Filhos amados de Minh ‘alma!

As dores não são castigos divinos!

O Pai Misericordioso não pune seus filhos!

Suas Leis Magnânimas são universais e todas as criaturas, inevitavelmente, alcançarão a harmonia com o Criador.

A dicotomia entre vossas ações, contrárias às leis criadoras e mantenedoras da vida, é que provocam em vós o sofrimento.

Quando libertardes vossas consciências dos atavismos que vos conduzem às quedas, quando a rebeldia não mais comandar vossas ações e vossa alma afinizar-se com a Harmonia Universal do Amor, o sofrimento não mais existirá. Tereis alcançado, então, as Dimensões de Luz e Paz!

Avolumam-se os rancores e os ódios que reverberam em guerras e violência. Estancai o mal em vós, iluminai vosso íntimo onde a escuridão teima em sombrear-vos.

Vinde a Mim e Eu vos aliviarei do peso que vos oprime!

Eu sou o amor e vos conduzirei à regeneração!

Não temais a dor libertadora!

Minha paz vos deixo!

Meu amor vos sustenta!

Minha presença ilumina vosso caminho!

Eu sou Jesus!

********

GESH

S. Jose'

Total de visualizações de página

IMPULSO UNIVERSAL

IMPULSO UNIVERSAL
Amigos de caminhada,
Estou seguindo para o Brasil no dia 21 de setembro. Ficarei la' ate' 19 de dezembro. Estarei aprofundando o meu trabalho espiritual.
Postarei no nosso Blog, sempre que for possivel.
Sugiro reverem muitas das mensagens aqui publicadas, pois são preciosas para os tempos que vivemos hoje.
Fiquem todos com a Misericordia de Deus Pai.
Amorosamente,
Cassia

domingo, 18 de setembro de 2016

Há um tempo para a ação e o esforço e um tempo para a aceitação e a quietude – um tempo para a comunicação e um tempo para o silêncio.


MENSAGEM DA LUA CHEIA
Simon & Jennifer

Tudo no universo consiste em polaridades do yin e yang; feminino e masculino. A energia feminina da aceitação, sustento e destino está em uma dança constante com a energia masculina da determinação, progresso e força de vontade. Essas polaridades são a base de tudo: a divisão do átomo. A dança entre essas energias é sempre o que estamos vivenciando, e o equilíbrio, a harmonia e o fluxo é sempre aquilo que estamos buscando.

O equilíbrio não consegue suavizar as energias para fundi-las em uma, nem encontrar um meio termo e permanecer aí; consegue acolher a dança, ao incorporar totalmente cada energia individual, quando invocada, e fazer isso com confiança.

Há um tempo para a ação e o esforço e um tempo para a aceitação e a quietude – um tempo para a comunicação e um tempo para o silêncio. O equilíbrio entre essas polaridades é o que estamos aprendendo, para reagir de maneira correta e sincera a cada situação, com que somos confrontados. A dádiva da sabedoria para conhecer a diferença é o que nos é apresentado neste ponto, mas à medida que somos desafiados com as situações que exigem abordagens opostas, tudo pode parecer incrivelmente avassalador. Estamos aprendendo a viver em harmonia com as forças universais, e não há alternativa senão as experimentar e interpretar, porque vamos acolher as correntes, seja voluntariamente seja sendo empurrados e puxados por elas.

Prestem atenção cuidadosa ao que cada situação está lhes solicitando. É um momento que exige receptividade ou reação?

Conforme aprendemos a dança do universo, é natural nos mover quando deveríamos nos retrair, e vice-versa. Estamos propensos a nos chocar mutuamente e pisar nos pés uns dos outros, enquanto aprendemos por tentativa e erro a navegar nessas novas águas. Não existem verdades definitivas para se aplicar a todas as situações, visto que tudo está constantemente mudando e se movimentando. A lição aqui não se refere ao conhecimento, mas ao sentimento quanto ao caminho a seguir.

Uma vez que aprendamos a lidar com o fluxo, podemos adotar um estilo livre – então, saberemos realmente o que é estar vivo! Por enquanto, é o momento de sair de sua cabeça e entrar no fluxo!

Bênçãos,

Simon & Jennifer

Tradução: Ivete Brito
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...