Aceitação, permissão e gratidão são os elementos que permitem que você experimente a paz, exatamente, onde você estiver.

Arcanjo Gabriel

Sagrado Chamado

Message of Christ Jesus - Marian Center of Figueira, Brasil - July 21, 2017

Message of Christ Jesus - Marian Center of Figueira, Brasil - July 21, 2017
https://youtu.be/p6upwgLCj2U

Rossandro Klinjey

Audio

AUDIO MENSAJES

JULIO de 2017

María Santísima 17.07.2017

Total de visualizações de página

terça-feira, 13 de setembro de 2016

A Rede de Comunicação dos Espelhos Celestes (continuação) - 2a. Parte

Image result for imagem da consciencia de deus
http://www.divinamadre.org/es/mensaje

A Rede de Comunicação dos Espelhos Celestes (continuação)
MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Abra seu coração e esvazie sua mente para compreender e viver os mistérios da Criação.

Nessa abertura, você poderá penetrar a essência do conhecimento, e tudo o que é sagrado no Universo não lhe chegará somente como informação, mas também como códigos de Luz que despertam em seu ser para transfigurá-lo.

Este é o poder dos espelhos, usinas celestiais de harmonia universal que concentram dentro de si todos os atributos da Criação. Dizemos e entendemos por atributos todos os raios e correntes celestiais que os Pais Criadores utilizaram para a manifestação dos planos e da vida.

São esses atributos que permitem, de tempos em tempos, renovar a vida universal e todos os ciclos, trazendo impulsos positivos que compenetram toda a Criação. É assim que os Espelhos Celestes guardam em si a lembrança de nossa origem espiritual, mental e material.

No princípio, na origem, o que compreenderíamos como a essência do Pensamento de Deus, a Fonte criou os Arcanjos, para que eles criassem os exércitos de luz no Universo Mental; e foi assim que, no princípio de tudo, o Universo Mental foi gestado pela existência dos primeiros exércitos dos Elohim.

Essas consciências resplandecentes foram impulsionadas a colaborar na criação do Universo Material, porque, no Pensamento e no Coração do Pai Eterno existia a Vontade de que houvesse grandes experiências de Amor que superassem todas as anteriores.

Os Pais Criadores desde o princípio criaram, a pedido de Deus, os Espelhos Celestes, porque dentro do Universo Material e Mental eles ajudariam na evolução espiritual de toda a vida universal.

Os Espelhos Celestes foram formados também por doze atributos, doze raios ou doze correntes de energia espiritual e divina que permitiriam manter a história da origem da Criação bem guardada e disponível, como uma informação luminosa para todas as consciências que seriam criadas à imagem e semelhança de Deus.

Os doze atributos que se expressaram durante a gestação do Universo Mental e Material emanaram diretamente do que conhecemos como Fonte da Criação, que é a essência pura e imaculada do Pai Eterno.

Desde então, durante doze ciclos ou doze tempos, o Universo Mental e Material que estava em formação recebeu esses impulsos espirituais para que se terminasse de constituir a vida evolutiva nos diferentes planos.

O primeiro atributo emanado da Fonte foi o da VIDA. Deus, naquele momento, decretou:“Que em todos os planos exista a Vida, que será visível e invisível, mas que, em essência, estará cheia de Amor”.

O segundo atributo emanado da Fonte foi o da UNIDADE. Deus decretou naquele momento: “Que toda Vida que se manifestará à semelhança da Minha conheça e viva a Unidade para alcançar a Fonte através do Amor”.

O terceiro atributo que emanou da Fonte foi o do AMOR. Deus decretou naquele momento: “Que o Amor Divino seja conhecido por toda a Vida e que a Vida expresse todos os graus de amor para que a evolução avance”.

O quarto atributo que emanou da Fonte foi o da SABEDORIA. Deus decretou naquele momento: “Que a Sabedoria torne sagrada toda a Vida; que os espíritos enobreçam suas consciências ao terem conhecimento do amor e da unidade”.

O quinto atributo que emanou da Fonte foi o da HUMILDADE. Deus decretou naquele momento: “Que toda a Criação seja humilde em seu espírito e em sua constituição; que o verdadeiro governo e evolução alcancem os humildes e que toda a vida imite esse sagrado caminho”.

O sexto atributo que emanou da Fonte foi o da COMPAIXÃO. Deus decretou naquele momento: “Que a Compaixão absoluta surja na vida universal para que as consciências recordem que tudo é baseado no Amor e na Misericórdia”.

O sétimo atributo que emanou da Fonte foi o da MISERICÓRDIA. Deus decretou naquele momento: “Que toda a Criação viva em essência a Misericórdia e que essa lei vivifique quem a contemplar em devoção”.

O oitavo atributo que emanou da Fonte foi o da POBREZA DE ESPÍRITO. Deus decretou naquele momento: “Que a verdadeira evolução aconteça em todos os pobres de espírito para que nada nem ninguém, nenhuma tentação os desvie do sagrado caminho”.

O nono atributo que emanou da Fonte foi o do SERVIÇO, e Deus decretou naquele momento: “Que a cooperação e a ajuda mútua estabeleçam nos universos o espírito do serviço; que o amor e o serviço penetrem toda a vida para que a fraternidade surja e seja a base da evolução universal”.

O décimo atributo que emanou da Fonte foi o da PIEDADE, e Deus decretou naquele momento: “Ditosas todas as consciências que implorarem ao Meu Santo nome, porque terei Piedade absoluta por cada uma delas e, assim, conhecerão o poder da Misericórdia de Meu Coração”.

O décimo primeiro atributo que emanou da Fonte foi o da ETERNIDADE, e Deus decretou naquele momento: “Que toda a Criação conheça, depois de sua experiência, a Eternidade; que todos os planos que guardam a vida universal elevem os espíritos para que se fundam com o infinito e, assim, alcancem a imortalidade”.

O décimo segundo atributo que emanou da Fonte foi o da CIÊNCIA, e Deus decretou naquele momento: “Que toda a Criação e a vida tomem consciência das Leis e que elas conduzam, guiem e readaptem toda a vida universal, sob o espírito da harmonia”.

Estes doze atributos foram guardados essencialmente dentro dos Espelhos Celestes, que também irradiam esses princípios criadores para todo o universo material.

Os espelhos celestes são como grandes estados de consciência divina presentes em três planos: material, mental e espiritual. E, assim, se estabelece em todo o universo um poderoso equilíbrio que é sustentado pelas consciências angélicas.

É assim que a Rede de Comunicação dos Espelhos ajuda na redenção e na reabilitação de toda a vida, em ciclos e em tempos diferentes. Dessa forma os Espelhos Celestes, contando com esses impulsos divinos, tornam-se fontes de emanação de amor e de unidade para toda a vida.

A existência dos espelhos celestes recorda a toda a vida planetária que as almas sempre devem aspirar a se tornarem um dia semelhantes a um Espelho, não por sua potência, mas para poder espelhar o que o Pai espera de cada criatura, assim como Ele pensou no princípio.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Unida ao espelho de luz de cada coração,

Sua Mãe Maria, Rosa da Paz

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...