Não temais a dor libertadora!
Mestre Jesus

Filhos amados de Minh ‘alma!

As dores não são castigos divinos!

O Pai Misericordioso não pune seus filhos!

Suas Leis Magnânimas são universais e todas as criaturas, inevitavelmente, alcançarão a harmonia com o Criador.

A dicotomia entre vossas ações, contrárias às leis criadoras e mantenedoras da vida, é que provocam em vós o sofrimento.

Quando libertardes vossas consciências dos atavismos que vos conduzem às quedas, quando a rebeldia não mais comandar vossas ações e vossa alma afinizar-se com a Harmonia Universal do Amor, o sofrimento não mais existirá. Tereis alcançado, então, as Dimensões de Luz e Paz!

Avolumam-se os rancores e os ódios que reverberam em guerras e violência. Estancai o mal em vós, iluminai vosso íntimo onde a escuridão teima em sombrear-vos.

Vinde a Mim e Eu vos aliviarei do peso que vos oprime!

Eu sou o amor e vos conduzirei à regeneração!

Não temais a dor libertadora!

Minha paz vos deixo!

Meu amor vos sustenta!

Minha presença ilumina vosso caminho!

Eu sou Jesus!

********

GESH

S. Jose'

Total de visualizações de página

IMPULSO UNIVERSAL

IMPULSO UNIVERSAL
Amigos de caminhada,
Estou seguindo para o Brasil no dia 21 de setembro. Ficarei la' ate' 19 de dezembro. Estarei aprofundando o meu trabalho espiritual.
Postarei no nosso Blog, sempre que for possivel.
Sugiro reverem muitas das mensagens aqui publicadas, pois são preciosas para os tempos que vivemos hoje.
Fiquem todos com a Misericordia de Deus Pai.
Amorosamente,
Cassia

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

MENSAGEM DA LUA CHEIA


MENSAGEM DA LUA CHEIA
Simon & Jennifer

Então, quem é você, realmente? Qual é o verdadeiro você? Sob todos os comportamentos aprendidos, as normas sociais, as expectativas, as “simpatias”, a adaptabilidade às circunstâncias e as autodefesas de que utilizamos contra eles… Quem é você? Você já foi tudo o que você é, sem se censurar nem mesmo um pouco?

Vivemos em um mundo que é sempre uma representação física do passado. Pode ser somente dessa forma, porque leva tempo para se manifestar um novo ou mudar a realidade interna para a criação física. Isso quer dizer que cada alma que nasce no mundo – como um fragmento de consciência em evolução própria – mantém um nível de consciência que já evoluiu além da realidade ultrapassada para aquilo que ele ou ela nasceu. Desde esse momento do nascimento, nossas mentes começam a absorver as informações de nosso meio, das experiências, da educação (tanto formal quanto informal), das famílias, da mídia e observando os comportamentos das outras pessoas. E continuamos coletando esses dados à medida que passamos pela vida, aprendendo com o que é – os reflexos externos ultrapassados do que foi. Esse é o modo como o condicionamento acontece. É a forma como aprendemos a navegar o mundo que nos cerca, e a nos conformar com os seus sistemas e métodos. E é assim também que aprendemos a não ser quem realmente somos.

O corpo, com toda a sua inteligência inata, é o veículo da nossa jornada. Reage à vida no momento, um passo de cada vez, conectando-se, sentindo e percebendo a todo o momento. Contudo, ao contrário de qualquer outra espécie na Terra, aprendemos a nos desconectar dessa inteligência inata, e em vez disso, a valorizar a mente limitada e facilmente desencaminhada, como o meio principal de regular nossas vidas e nossos comportamentos. Mas, se você permitir que a inteligência natural conduza o corpo e o instinto pelas sensações, ela cuidará de você, fornecendo-lhe informações (muito além dos cinco sentidos) para ajudá-lo a escolher o caminho mais alinhado com o seu exclusivo fluxo vital. Vai lhe mostrar aquilo pelo qual você está apaixonado, o que você teme, quem você é, e como você é – por orientá-lo ao lugar onde você esteja destinado a ir; ao lugar certo, no tempo certo, nas circunstâncias certas que se revelam para você ser o seu verdadeiro eu, único e liberado.

Não permita que a sua mente limite o seu potencial. Não se permita ser moldado por aquilo que você não é. Você está aqui para ser você, não para de adequar ao mundo. Chegou a hora de levantar-se e ser o seu eu verdadeiro e liberado.

Bênçãos, Simon & Jennifer

Tradução de Ivete Brito 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...