Não temais a dor libertadora!
Mestre Jesus

Filhos amados de Minh ‘alma!

As dores não são castigos divinos!

O Pai Misericordioso não pune seus filhos!

Suas Leis Magnânimas são universais e todas as criaturas, inevitavelmente, alcançarão a harmonia com o Criador.

A dicotomia entre vossas ações, contrárias às leis criadoras e mantenedoras da vida, é que provocam em vós o sofrimento.

Quando libertardes vossas consciências dos atavismos que vos conduzem às quedas, quando a rebeldia não mais comandar vossas ações e vossa alma afinizar-se com a Harmonia Universal do Amor, o sofrimento não mais existirá. Tereis alcançado, então, as Dimensões de Luz e Paz!

Avolumam-se os rancores e os ódios que reverberam em guerras e violência. Estancai o mal em vós, iluminai vosso íntimo onde a escuridão teima em sombrear-vos.

Vinde a Mim e Eu vos aliviarei do peso que vos oprime!

Eu sou o amor e vos conduzirei à regeneração!

Não temais a dor libertadora!

Minha paz vos deixo!

Meu amor vos sustenta!

Minha presença ilumina vosso caminho!

Eu sou Jesus!

********

GESH

S. Jose'

Total de visualizações de página

IMPULSO UNIVERSAL

IMPULSO UNIVERSAL
Amigos de caminhada,
Estou seguindo para o Brasil no dia 21 de setembro. Ficarei la' ate' 19 de dezembro. Estarei aprofundando o meu trabalho espiritual.
Postarei no nosso Blog, sempre que for possivel.
Sugiro reverem muitas das mensagens aqui publicadas, pois são preciosas para os tempos que vivemos hoje.
Fiquem todos com a Misericordia de Deus Pai.
Amorosamente,
Cassia

sexta-feira, 10 de junho de 2016

À medida que evoluímos, observamos como estamos atentos ao cuidado de nós mesmos, dos outros e de Gaia.

RENDER-SE E FLUIR COM O QUE É
Kara Schallock

Mesmo enquanto liberamos os padrões muito profundos e muitos antigos, estamos de forma decisiva absorvendo mais Luz, mais Amor e mais Magia! À medida que nos purificamos, o fazemos também com o nosso espaço (aura e ambiente). Liberamos a confusão e o passado, de modo que possamos estar sempre livres e presentes no Novo. Conforme assim fazemos, o nosso mundo externo reflete o nosso mundo interno. Não podemos mudar internamente sem que isso afete o nosso exterior. Estamos incorporando mais da nossa consciência mais elevada agora. Temos o impulso do nosso atual Portal do Amor para nos ajudar a sermos mais quem realmente somos. Independentemente de onde vocês percebam que estão, a Verdade maior é que estão se tornando mais da sua autenticidade; e a sua consciência está sendo elevada, o que produz formas mais refinadas em sua vida externa. Não existe realmente separação entre a vida interna e externa. Para muitos, não há outra escolha senão render-se Ao Que É. Alguns quiseram apenas liberar tudo, questionando se alguma coisa está realmente acontecendo com respeito à Ascensão. Isso tudo faz parte dela. Ficamos tão absorvidos em avançar que, quando há uma calmaria ou nenhuma percepção, apenas queremos desistir e fugir.

Com a dinâmica desenvolvida a partir de tudo o que vimos integrando, e tudo o que liberamos, tomamos uma respiração profunda e nos rendemos, sentindo como as coisas são simplesmente difíceis demais para se dar outro passo. Ficamos muito cansados para fazer muita coisa, além de cuidar das tarefas do dia-a-dia. Muitos querem apenas deixar o planeta e muitos deixaram, estão deixando e deixarão. Com quase nenhuma energia, adiamos tanto quanto podemos e queremos saber o que vai ser de nós. Questionamos nossos dons, nossas vidas e pedimos orientação, no entanto, a orientação não vem. Esta é uma mudança suficientemente grande, deixar de ser dependente da direção externa para ser espiritualmente soberano e completamente independente (isso não é estar separado da Orientação da Fonte: a Fonte está em nosso interior). Queremos saber por quê. Tudo faz parte da mudança. Devemos ser capazes de nos cuidar, embora muitos não o sejam. Toda a nossa liberação da escória de muitas existências, de fato, nos exauriu, e, no entanto, quando nos aprofundamos, vemos a beleza de quem estamos nos transformando… consolidados na paz, no amor e na alegria. É por isso que continuamos. Nossas Almas nos estimulam a ir em frente, à medida que criamos o Novo que somos.

Começamos a nos ver sob uma Nova Luz. Por tudo o que passamos, conseguimos ver como somos fortes e resilientes. Começamos a nos sentir de uma forma inteiramente nova. Conseguimos ver a bela Luz da Divindade brilhando por todo o nosso Ser. Começamos a nos construir à imagem da Fonte, nossa divindade. Portanto, enquanto prosseguimos na liberação, se esse é o lugar em que vocês estão, aprofundem-se na sua verdade e lembrem-se de que tudo é para a nossa evolução maior.

O Novo e as velhas energias parecem estar se tornando mais polarizados. Não é que estejam separados; estamos nos equilibrando entre eles, porque dentro do velho está o amor. Sejam imparciais e perspicazes, em vez de reativos sobre o que parece estar acontecendo no mundo e na própria vida. Há muito sob a superfície e é sempre melhor não considerar as coisas simplesmente pela aparência, mas mergulhar e ver o amor e a verdade subjacentes. Quando observamos o Novo e o velho como polaridades opostas, então, fortalecemos a própria separação e a velha matriz, porque a crença na dualidade (bom/mau, certo/errado, etc.) faz parte do velho. Quando conseguem ser imparciais, é possível que vocês vejam sem apegar-se ao significado de qualquer coisa, e desta forma, vocês transcendem a dualidade e a separação, enquanto conferem poder à unidade e ao Novo. A velha matriz alimenta-se dos opostos e da crença neles. Assim, alimentam o medo e a separação. Cria-se o mesmo quando vocês sentem que devem salvar ou resgatar alguém. Afinal de contas, vocês não precisam ter um julgamento acerca de alguma coisa para salvá-la? Ao ser imparciais, vocês permitem que a Grande Transformação ocorra.

Compreendam que toda a energia, inclusive o Amor da Fonte, é neutra. Isso significa ficar fora do drama do certo e errado e ser o Observador Compassivo. Ficar neutro nos ajuda a abrir mão dos apegos, das expectativas e das obrigações. Permite que a Grande Transformação ocorra. Desprende das garras da velha matriz. Quando se escolhe um lado, é dualista. Liberem/deixem estar. Fazer planos é outro modo de apegar-se. Quando os planos não se realizam da maneira conforme esperamos, podemos fluir com isso ou batemos os pés e ficamos zangados, porque aquilo que queremos está demorando ou foi cancelado? Vocês podem não fazer planos ou fluir, quando eles não se manifestam, acreditando na Ordem Divina e no Tempo Divino?

O Portal, em que estamos, nos ajuda de forma decisiva a liberar o velho paradigma e a antiga crença na separação. Nossa consciência está batendo na porta e gritando: “Despertem! Eu quero expandir-me!” Abram as portas e as janelas, derrubem os muros e digam: “Sim, eu lhe dou boas-vindas!” O amor é a consciência expandida, e a partir dessa expansão, a vida fica maior, mais bonita e mais mágica. Liberar e deixar que seja o que for, nos ajuda a deixar de lado a luta de tentar manter as coisas de uma forma com que estejamos familiarizados. Todavia, a familiaridade não faz nada mais do que manter-nos em nossa velha zona de conforto, onde a evolução não pode acontecer. Pelo menos sem uma grande luta. Vocês não estão cansados de lutar para manter o status quo? Vocês podem confiar que o Novo não é um lugar ruim, mas um lugar, uma consciência, onde tudo flui de modo maravilhoso, além de suas expectativas?

Conforme nos abrimos para a Luz e a convidamos a passar todo o caminho por nossos Coronários até o Coração de Gaia, ativamos essa expansão da consciência. Qualquer lugar em nosso interior, que ainda permanece adormecido, desperta, não devido ao tilintar de um alarme estridente, mas pela entoação celestial de cantos angélicos harmoniosos. Despertamos para a nossa Sacralidade, Totalidade e Divindade. Este Portal nos ajuda a mudar mais do que das outras vezes e nos ajuda a equilibrar nosso Feminino Divino e Masculino Divino (yin/yang) para estar em perfeito ponto de equilíbrio em nossos corações. Um simples exercício, é imaginar o símbolo da Vesica Piscis em sua frente. (dois círculos intersectados, que criam um espaço entre eles). Um círculo simboliza o seu Feminino Divino e o outro, o seu Masculino Divino, e o espaço central simboliza o equilíbrio entre os dois. Totalidade. Coloquem cada um dos seus pés em um dos círculos. Depois, coloquem ambos os pés no espaço entre os dois círculos. Isso os equilibra muito, equilibra o seu coração e a sua mente, o seu Feminino Divino e o Masculino Divino, e os concentra no Centro Sagrado. A Vesica Piscis também simboliza a Consciência Crística, assim como a unicidade e a Totalidade.

À medida que avançamos para o resto do ano, vamos continuar a nos elevar, expandir mais e equilibrar o alinhamento de todos os nossos corpos como Um. Um com a Alma e como a Alma. O perfeito Nós. Conforme nos elevamos em consciência, ficamos mais brilhantes… nossa Luz brilha até mais, e qualquer coisa que não foi tocada por ela certamente será desarraigada, de modo que possamos brilhar ainda mais intensamente. Se houver mais coisas para liberar, definitivamente virá à tona para examinarmos de novo. Tudo está sendo calibrado para uma consciência cada vez maior… de nosso DNA e células até os nossos corpos físicos. Quando se removem das células os antigos programas e crenças, elas, então, se preenchem com o que quer que a consciência mantenha. Nosso DNA se torna novo para que não precisemos mais de continuar repetindo os antigos padrões de nossas linhagens de família. Podemos ver isso como o nosso Novo DNA. Em seguida, podemos criar o modo como o nosso Novo DNA nos conduz para frente, completamente livres para mudar antigas ideias de envelhecimento, cultura, morte e outras crenças do velho modo de ser, que carregamos e tínhamos como garantido, para algo mais expansivo e mais alinhado com quem realmente somos.

Tudo pode mudar, se permanecemos no Momento, e temos clareza sobre quem somos e o que estamos dispostos a ser. Recebemos Luz suficiente agora de modo que podemos pôr em prática o que dizemos que somos. Nada está definido e vai continuar a mudar, de acordo com os nossos sentimentos, pensamentos e ações; nossa consciência. Ficar despertos e atentos a cada momento é a única forma que podemos estar conscientes o suficiente para mudar. Quando não estamos no Momento, tendemos a voltar a dormir e a agir das maneiras proibidas. Conforme permanecemos despertos e atentos, ativamos novas percepções e novos potenciais. Quando demonstramos cada vez mais quem somos, os antigos programas não têm nada para se segurar. Não há energia para mantê-los ativos e, assim, começam a se dissipar na Luz. Então, podemos ver como somos ilimitados. Fomos tão acostumados a ser as marionetes da antiga matriz, que esta nova liberdade pode parecer um pouco (ou muito) enervante. Pode até parecer que não estamos presos a lugar algum, apenas flutuando livre. Todavia, nunca estamos sozinhos, visto que fazemos parte de tudo e tudo faz parte de nós. Saibam que sermos libertados de nossa prisão nos ajuda a compreender realmente o que é um ser multidimensional. Eis algumas coisas para refletir: Como vocês se sentem acerca das regras? Como vocês se sentem quando alguém tenta controlá-los ou dizer-lhes o que fazer? Como vocês se sentem quando fazem as próprias escolhas? Vocês observam como existem cada vez mais regras, leis e restrições na terceira dimensão? Trata-se de uma tentativa de nos manter no velho? Vocês precisam de regras para viver? Vocês podem confiar em si mesmos para serem livres para viver conforme são autoguiados?

À medida que evoluímos, observamos como estamos atentos ao cuidado de nós mesmos, dos outros e de Gaia. Podemos ficar mais chocados por aqueles que tratam as formas de vida de modo descuidado e desrespeitoso. Podemos querer sacudi-los para desprendê-los do seu egoísmo. E, no entanto, eles também têm escolha. Ao fazer o que é mais amoroso para todos de Gaia, realmente afetamos o modo como os outros se comportam. Pode ser um processo lento, mas nunca duvidem do efeito que temos sobre os demais, conforme permanecemos em nossa integridade e respeitamos toda a vida. Estamos trazendo uma nova conscientização à Terra, apenas por estarmos despertos e sermos autênticos. Quando percebemos plenamente que somos Um com toda a vida, deixamos a consciência que diz que somos regentes da Terra. A Terra não está aqui para que a governemos ou tenhamos poder sobre ela. Ela faz parte de nós, como a amamos é como nos amamos e amamos uns aos outros.

Quando estamos fazendo downloads ou integrando as energias elevadas, pode parecer intenso. Isso é porque estamos expandindo a nossa consciência. E quando isso acontece, experimentamos mais alinhamentos físico, mental, espiritual e emocional, e o que alguns se referem como “Sintomas da Ascensão”. Não podemos ter uma coisa que nos afete sem que isso afete a todos nós. Receber as transmissões energéticas de elevada dimensão é uma atualização para tudo em nosso interior. Podemos fluir com isso tudo ou resistir. É mais fácil quando fluímos. Quando seguimos com graça, fluímos. Quando aceitamos O Que É, fluímos.

Quando vocês perguntam: “Como posso servir?” vocês estão fluindo. Prestem atenção ao modo como vocês são atraídos e para o quê; prestem atenção até se vocês obtêm a resposta: “Apenas sejam” ou “Fiquem tranquilos”. Vocês serão orientados ao que for melhor para vocês/alinhado com vocês internamente; vindo da orientação do seu coração. Quando vocês fazem a pergunta, vocês se alinham com a sabedoria da Alma por meio dos sentimentos. Compreendam também que vocês podem não ser guiados imediatamente, no entanto, visto que vocês confiam, serão orientados no Tempo Divino. Isso os convida a serem pacientes e confiantes. Quando confiam, a sua fé em confiar em sua intuição aumenta e vocês continuam a crescer e a se expandir na Verdade. Pode levar tempo para que se acostumem… a essa confiança e rendição: é bem diferente de pressionar e controlar. É viver no Fluxo da Graça. Não se trata da vontade egoica, mas da Vontade Divina (dentro de vocês) que está no comando.

Na Verdade, é tudo simples. A ascensão exige que vocês liberem e deixem estar, este é o estilo do Novo.

http://www.soulsticerising.com
Tradução de Ivete Brito
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...