COMBINAÇÃO DIVINA.

Quando você passou por um período intenso, tenha sido ele energético ou não, pode ser difícil se concentrar em qualquer outra coisa diferente que nao seja de como você está desconfortável.

Mas existem elementos-chave que ajudam a minimizar seu desconforto, e ajudá-lo a passar esse tempo desafiador com a maior quantidade de velocidade, suporte, graça e facilidade possível.

Esses elementos são a rendição, a fé, o fluxo, a confiança, a aceitação, a permissão e a gratidão.

Entendemos que você não consiga nem pensar em praticar qualquer um desses elementos, quando os tempos parecem difíceis, mas é nestes momentos em que eles podem mais ajudá-lo.

Se você está preso em uma fase que parece persistir, recomendamos altamente examinar cada um desses elementos essenciais, perguntando-se como você poderá começar a implementar o uso deles novamente.

Qualquer dos elementos de rendição, fé, fluxo, confiança, aceitação, permissão ou gratidão, utilizados por eles mesmos, ajudarão em sua própria maneira distinta. Mas usá-los juntos, como um código, ou uma combinação, (por isso nos referimos a eles como a Combinação Divina), é o movimento de poder que muitos de vocês estão perdendo.

Há uma mágica, ou uma alquimia, se você quiser, que só se ativa usando todos eles juntos, e essa é a fórmula que você procura, especialmente em tempos mais difíceis, para movê-lo para além de qualquer bloqueio, para soluções de vibrações mais elevadas, que sua alma sabe que devem existir, mas que você está tendo problemas para encontrar.

Arcanjo Gabriel

*****************
http://lightworkers.org/

Mensagem de Maria

Extraordinary Apparition of the Virgin Mary - Lisboa, Portugal - May 21, 2017

Extraordinary Apparition of the Virgin Mary - Lisboa, Portugal - May 21, 2017

Musica do blog





Impulso Universal

Impulso Universal

terça-feira, 19 de abril de 2016

Anistia pode ser a recompensa de Cunha após aprovação do impeachemnt / Mesa Diretora proíbe que Conselho de Ética amplie escopo da investigação contra Cunha

À frente da tramitação do impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados, o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), saiu fortalecido após a votação do impedimento no plenário. Cresce dentro da Câmara a defesa de um tipo de anistia ao peemedebista.

Reú na Lava Jato por corrupção e lavagem de dinheiro, Cunha é alvo de processo de quebra de decoro no Conselho de Ética, o que poder levar à cassação do mandato. Ele é acusado de mentir à CPI da Petrobras ao negar ter contas no exterior. Instaurado em 3 de novembro, a admissibilidade do caso só foi aprovada em 1º de março, devido a manobras de aliados do peemedebista.

Defensor do impeachment e próximo a Cunha, o deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR) saiu em defesa do presidente da Câmara. “Eduardo Cunha exerceu um papel fundamental para aprovarmos o impeachment da presidente. Merece ser anistiado”, disse ao Congresso em Foco.

Além do clima de gratidão à atuação de Cunha na tramitação do processo contra Dilma, substituições no Conselho também aumentam o risco de anistia. Na semana passada, o deputado Fausto Pinato (PP-SP), primeiro relator do caso no colegiado e adversário de Cunha, renunciou ao posto.

No seu lugar, entrou a deputada Tia Eron (PRB-BA), integrante da bancada evangélica, assim como Cunha, e admiradora do peemedebista. “É um presidente que fez essa Casa produzir como nunca, que limpou as gavetas de projetos que estavam parados, tem minha admiração e meu respeito”, disse ao assumir o posto.

Leia mais:

http://www.msn.com/pt-br/noticias/crise-politica/anistia-pode-ser-a-recompensa-de-cunha-ap%C3%B3s-aprova%C3%A7%C3%A3o-do-impeachemnt/ar-BBrUw1A

BRASÍLIA - Em decisões lidas nesta terça-feira, 19, no plenário da Câmara, o 1º vice-presidente da Casa, deputado Waldir Maranhão (PP-AM), estabeleceu uma série de limitações que podem levar à anulação do atual processo por quebra de decoro parlamentar contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no Conselho de Ética.

Em uma das decisões, Waldir Maranhão - que declarou lealdade ao presidente da Câmara durante a votação do impeachment, no último domingo, 17, - determina que o Conselho de Ética deve limitar a investigação contra Eduardo Cunha ao escopo inicial da representação por quebra de decoro parlamentar contra o peemedebista.

Leia mais:
http://www.msn.com/pt-br/noticias/crise-politica/mesa-diretora-pro%C3%ADbe-que-conselho-de-%C3%A9tica-amplie-escopo-da-investiga%C3%A7%C3%A3o-contra-cunha/ar-BBrZpQd
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...