Não temais a dor libertadora!
Mestre Jesus

Filhos amados de Minh ‘alma!

As dores não são castigos divinos!

O Pai Misericordioso não pune seus filhos!

Suas Leis Magnânimas são universais e todas as criaturas, inevitavelmente, alcançarão a harmonia com o Criador.

A dicotomia entre vossas ações, contrárias às leis criadoras e mantenedoras da vida, é que provocam em vós o sofrimento.

Quando libertardes vossas consciências dos atavismos que vos conduzem às quedas, quando a rebeldia não mais comandar vossas ações e vossa alma afinizar-se com a Harmonia Universal do Amor, o sofrimento não mais existirá. Tereis alcançado, então, as Dimensões de Luz e Paz!

Avolumam-se os rancores e os ódios que reverberam em guerras e violência. Estancai o mal em vós, iluminai vosso íntimo onde a escuridão teima em sombrear-vos.

Vinde a Mim e Eu vos aliviarei do peso que vos oprime!

Eu sou o amor e vos conduzirei à regeneração!

Não temais a dor libertadora!

Minha paz vos deixo!

Meu amor vos sustenta!

Minha presença ilumina vosso caminho!

Eu sou Jesus!

********

GESH

S. Jose'

Total de visualizações de página

IMPULSO UNIVERSAL

IMPULSO UNIVERSAL

segunda-feira, 21 de março de 2016

Um desastre ambiental está prestes a acontecer e não podemos ficar calados. O Tapajós é um dos últimos grandes rios da Amazônia livre de barragens. Mas, se depender do governo brasileiro, ele terá não apenas uma, mas 43!

GREENPEACE

Um desastre ambiental está prestes a acontecer e não podemos ficar calados. O Tapajós é um dos últimos grandes rios da Amazônia livre de barragens. Mas, se depender do governo brasileiro, ele terá não apenas uma, mas 43!

A consequência? A extraordinária biodiversidade da bacia do rio Tapajós estará em risco. Espécies como o boto cor-de-rosa, a onça-pintada, o tamanduá-bandeira estarão ameaçadas. Sem falar da abertura de mais um imenso canteiro de obras no coração da Amazônia, a expansão do desmatamento e a chegada de problemas sociais, como já vimos acontecer em outros projetos, como o de Belo Monte.

Marcando o Dia Internacional das Florestas, o povo indígena Munduruku, que vive e protege o Tapajós há muitas gerações,  levou sua mensagem para o mundo: "Barre a barragem. Mantenha o rio Tapajós vivo!"

DEIXE TAPAJÓS VIVER - Click:

assine pelo Tapajós VIVO 

Há três décadas, os Munduruku lutam contra as barragens no rio Tapajós. Mas eles precisam da ajuda de milhares de brasileiros erguendo suas vozes por um Tapajós vivo. Apoie essa luta.

Essa pode ser a maior briga ambiental atual no Brasil. Ainda podemos parar a barragem do Tapajós, mas para isso vamos precisar fazer muito barulho.

Contamos com você, assine pelo Tapajós VIVO!

Danicley de Aguiar
Greenpeace Brasil
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...