Não temais a dor libertadora!
Mestre Jesus

Filhos amados de Minh ‘alma!

As dores não são castigos divinos!

O Pai Misericordioso não pune seus filhos!

Suas Leis Magnânimas são universais e todas as criaturas, inevitavelmente, alcançarão a harmonia com o Criador.

A dicotomia entre vossas ações, contrárias às leis criadoras e mantenedoras da vida, é que provocam em vós o sofrimento.

Quando libertardes vossas consciências dos atavismos que vos conduzem às quedas, quando a rebeldia não mais comandar vossas ações e vossa alma afinizar-se com a Harmonia Universal do Amor, o sofrimento não mais existirá. Tereis alcançado, então, as Dimensões de Luz e Paz!

Avolumam-se os rancores e os ódios que reverberam em guerras e violência. Estancai o mal em vós, iluminai vosso íntimo onde a escuridão teima em sombrear-vos.

Vinde a Mim e Eu vos aliviarei do peso que vos oprime!

Eu sou o amor e vos conduzirei à regeneração!

Não temais a dor libertadora!

Minha paz vos deixo!

Meu amor vos sustenta!

Minha presença ilumina vosso caminho!

Eu sou Jesus!

********

GESH

S. Jose'

Total de visualizações de página

IMPULSO UNIVERSAL

IMPULSO UNIVERSAL
Amigos de caminhada,
Estou seguindo para o Brasil no dia 21 de setembro. Ficarei la' ate' 19 de dezembro. Estarei aprofundando o meu trabalho espiritual.
Postarei no nosso Blog, sempre que for possivel.
Sugiro reverem muitas das mensagens aqui publicadas, pois são preciosas para os tempos que vivemos hoje.
Fiquem todos com a Misericordia de Deus Pai.
Amorosamente,
Cassia

sábado, 6 de fevereiro de 2016

Convido-os ao deserto para que possam se ver vazios de tudo e de qualquer circunstância, pois não poderei pôr Meus novos Princípios em almas cheias de outras coisas.


MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO,
TRANSMITIDA PARA A 31a MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA, NO CENTRO MARIANO DE AURORA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN​​​
4 de fevereiro de 2016

Ainda que a pressão seja grande, Minha Graça é infinita e pode salvar as almas. Por isto vim do Universo neste dia, para trazer-lhes a paz; a paz que falta no mundo e que se dissipa nas trevas. Mas Meu Reino pode-se fazer visível nos corações mansos e pacíficos que levem esta paz pelo mundo como um emblema de união com o Pai Celestial.

Pedi que todos viessem aqui, a este Centro Sagrado, para estabelecer um propósito em suas consciências que vai além de sua compreensão e que se vive no espírito.

Hoje vim de um lugar muito especial no planeta onde vivo um recolhimento e um silêncio profundo para meditar diante dos próximos passos que a humanidade deve dar. Quisera poder elevá-los até este lugar, mas primeiro deverão orar para poder ingressar nele. Esse lugar de que hoje lhes falo é o deserto de Shambhala, onde a verdadeira realidade interior existe, onde tudo se originou no princípio da criação de Meu Pai para este planeta e esta humanidade.

Hoje os coloco neste lugar para que busquem Shambhala e, assim, recordem qual é o propósito de vocês para estes tempos que chegam. Porém, este pedido Eu o farei a muito poucos, porque não posso fazê-lo a todo o mundo. O mundo está muito distraído e, assim, não poderá ver Shambhala, mas vocês que, sim, a conhecem, revivam esses princípios. Ingressem Comigo no deserto, deserto adentro, para encontrar o templo em seu interior e, assim, poderão aferrar-se a estes dons durante o tempo da tribulação que ainda viverá o mundo; tribulação que não terminou, pelo contrário, recém começou.

Eu Sou seu Pastor e guio os rebanhos de Meu Pai. Por isso os chamo a ingressar na Shambhala interior, para que não esqueçam a verdadeira face de vocês, aquela que vem de tempo em tempo para viver esta experiência de amor e perdão que a humanidade esqueceu.

Se Eu Me encontro no deserto de Shambhala meditando e em recolhimento, por que vocês não o farão? Depois da decisão que Meu Pai tomou, novas coisas deverão ser pensadas a partir do coração para que os espíritos possam nascer nas obras e realizar os Desígnios de Deus. Por isso o retiro é importante, seu retiro interior, diante de tantas demandas da humanidade, diante de tanto serviço e necessidade espiritual e material, convido-os a estar em retiro interior para que possam perceber as coisas de outro ponto de vista, assim como Eu as vejo.

Levo-os todos ao deserto de Shambhala para que possam abrir os olhos e, sobre essa realidade da Shambhala interior, possam descobrir e compreender o que a Hierarquia necessita. Se seus corações estão unidos a este mistério poderão estar em Shambhala, pois Shambhala é a fonte principal do amor que surgiu neste planeta para estabelecer no mundo o espírito da confraternidade e da unidade com o Universo; que a humanidade hoje não vive por estar muito separada entre irmãos e nações. Por isso tudo o que façam deve ser em nome do Senhor, cada ação, cada obra que realizem, cada palavra que proclamem deve ser em nome da paz e não da desunião.

Os tempos ainda estão difíceis e muitos não querem acreditar nisso. Necessito que os autoconvocados vejam em que grau de comodidade estão e quão grande é o chamado do Céu que convoca as almas a servir, a se entregarem e a renunciar a tudo.

Eu lhes prometi que voltaria primeiramente em Minha Divindade, para que depois pudessem ver-Me resplandecer entre as nuvens como o Sol do Universo, que estabelecerá a nova humanidade para todos os mundos. Este momento chegou, companheiros. Eu estou retornando mesmo que não Me vejam. Se em meses passados, em encontros de oração anteriores, Eu os levei a conhecer a Lei e adotá-la em suas vidas, Eu os fiz percorrer o Oriente Médio para poder refugiar as almas em seus corações, por que agora não Me seguem até a Shambhala interior, onde tudo começou neste planeta?

Convido-os ao deserto para que possam se ver vazios de tudo e de qualquer circunstância, pois não poderei pôr Meus novos Princípios em almas cheias de outras coisas. Por isso os convido ao retiro interior, à oração e ao silêncio para que o mundo se possa salvar. Isso é o mais simples que lhes peço, companheiros. Não necessito que Me entreguem suas famílias, seus trabalhos, sua vida material. Necessito que se elevem em consciência para poderem abandonar essas coisas que devem estar em segundo plano para que Minha Obra primordial se possa cumprir. Não estou dizendo, companheiros, que suas famílias sejam abandonadas nem que seus empregos deixem de ser atendidos. Necessito que suas consciências saibam estar na prioridade que Meu Pai necessita nestes tempos finais. Se Eu estou retornando é para chamá-los, para formá-los como o exército dos 144 mil que devem estar dispostos a responder à necessidade planetária, ao chamado do Plano e da Obra de Deus em todo o Universo.

Queridos companheiros, estamos falando de coisas grandes e não de coisas minúsculas. O terror se expande no mundo, e a dor se agudiza, e alguém deve aliviá-la para que nada se perca nessa humanidade. Por isso venho como seu Pastor neste dia, para levá-los a descobrir em Shambhala seu esvaziamento interior de tudo o que sempre os preencheu repetidas vezes, tempo após tempo. Mas não temam, quem lhes fala não os abandonará, não os deixará de lado, porque Eu compartilharei com vocês sua purificação, assim como compartilho a purificação desta humanidade não redimida, que está longe de Deus e, principalmente, longe do amor, do amor verdadeiro do Universo.

Estamos fazendo o impossível para que o mundo não siga se desviando do caminho para o abismo; por isso os esforços serão extremos e vocês serão conscientes disso. E quando chegar a hora de cada um de vocês dar o máximo, de se entregarem totalmente a Meu Pai, não poderão dizer que não sabiam. Assim como uma vez disse a Meus apóstolos que os esperava para que Me acompanhassem no Calvário e na Paixão, assim hoje digo a vocês que não retrocedam, pois Meu Coração Glorificado será seu sustento na hora mais aguda.

Meu Coração poderá fazê-los renascer porque Minha Misericórdia o permite. E, se estão em Minha Misericórdia, abraçarão Minha Graça. Minha Graça os preencherá e, assim, estarão em Minha Divindade, a Divindade de Cristo que a humanidade ainda não conheceu nem alcançou em tempo algum. Por isso Eu lhes demonstro Minha Glória, para que possam conhecer Minha Graça e, em Minha Graça, possam ser divinizados em nome de Meu Pai, em honra a Adonai e ao Seu Reino Eterno, que sempre espera por todas as Suas criaturas, para derramar-lhes Seu Amor e Sua Paz, de tempos em tempos, de época em época.

Não se frustrem, não se perturbem. Respondam em obediência e conhecerão o porquê. Abracem Meu Chamado e sentirão Minha Divindade que sempre os espera para guiá-los e conduzi-los ao Reino de Meu Pai.

Por meio deste chamado ao retiro interior em Shambhala, estou convidando todas as almas para que amadureçam conscientemente e deixem de fazer o que já não é necessário nesse tempo. Porque quando estão ocupados com coisas inúteis, Eu apenas os observo e espero que possam despertar para sentir Minha Voz em seus corações, a Voz que clama ante o Pai Celestial por este Projeto da humanidade.

Que esta Maratona seja o aprofundamento da vida espiritual para cada um dos seres e, assim, se estabeleça a reconfirmação de seus votos ante este projeto definitivo que deve ser cumprido. Que esta Maratona não aconteça só em Aurora, mas que aconteça também em cada um de vocês, para que possam perceber o que Eu lhes digo.

Aos que já Me respondem, não posso seguir entregando-lhes mais responsabilidades. As almas têm um ponto de tensão para suportar Meus Desígnios. Agora chegou o tempo de abandonarem suas coisas insignificantes, que tudo se equilibre e que abracem Meu Chamado e cumpram uma parte do Plano que ainda espera se concretizar. Dessa forma nascerão os 144 mil e deixarão de estar escritos no livro sagrado da Bíblia para serem uma realidade neste tempo. Essas 144 mil consciências estão em todo o planeta, em diferentes regiões, nações, culturas, idiomas e crenças dentro do cristianismo espiritual do planeta. Assim estabeleço o símbolo de Minha Divindade por meio de Minha Graça, pois se amam o poder de Minha Graça, vivendo Minha Divina Misericórdia, compreenderão a magnitude desta proposta e, assim, responderão a tempo.

Vejam sua Shambhala interior que os chama a se unirem aos Mestres e, assim, reorganizar o Plano sob o reinado de Cristo, seu Amado Senhor. As portas do deserto de Shambhala estão abertas, não para fazê-los sofrer, mas para que ingressem no caminho do vazio que seus corações necessitam viver e, estando livres de tudo isso, realizar as Obras do Mestre, na simplicidade do espírito e na humildade da alma, por meio do serviço aos demais.

Que seus corações se reacendam nesta proposta; que suas vozes clamem verdadeiramente por Minha Misericórdia depois de tantas Maratonas de oração. Que suas almas peçam o que necessitam, pois Eu lhes entregarei. Não tenham medo do vazio, porque no vazio a alma alcança sua liberdade e se diviniza na presença de Meu Espírito Sacerdotal.

Espero-os em consciência e em amor ao Plano,

Cristo Jesus Glorificado

www.divinamadre.org
Espanhol: http://www.divinamadre.org/es/mensaje-de-cristo-jesus/jueves-4-de-febrero-de-2016
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...