Não temais a dor libertadora!
Mestre Jesus

Filhos amados de Minh ‘alma!

As dores não são castigos divinos!

O Pai Misericordioso não pune seus filhos!

Suas Leis Magnânimas são universais e todas as criaturas, inevitavelmente, alcançarão a harmonia com o Criador.

A dicotomia entre vossas ações, contrárias às leis criadoras e mantenedoras da vida, é que provocam em vós o sofrimento.

Quando libertardes vossas consciências dos atavismos que vos conduzem às quedas, quando a rebeldia não mais comandar vossas ações e vossa alma afinizar-se com a Harmonia Universal do Amor, o sofrimento não mais existirá. Tereis alcançado, então, as Dimensões de Luz e Paz!

Avolumam-se os rancores e os ódios que reverberam em guerras e violência. Estancai o mal em vós, iluminai vosso íntimo onde a escuridão teima em sombrear-vos.

Vinde a Mim e Eu vos aliviarei do peso que vos oprime!

Eu sou o amor e vos conduzirei à regeneração!

Não temais a dor libertadora!

Minha paz vos deixo!

Meu amor vos sustenta!

Minha presença ilumina vosso caminho!

Eu sou Jesus!

********

GESH

S. Jose'

Total de visualizações de página

IMPULSO UNIVERSAL

IMPULSO UNIVERSAL
Amigos de caminhada,
Estou seguindo para o Brasil no dia 21 de setembro. Ficarei la' ate' 19 de dezembro. Estarei aprofundando o meu trabalho espiritual.
Postarei no nosso Blog, sempre que for possivel.
Sugiro reverem muitas das mensagens aqui publicadas, pois são preciosas para os tempos que vivemos hoje.
Fiquem todos com a Misericordia de Deus Pai.
Amorosamente,
Cassia

quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

2016 é o ano do vazio para o futuro.




A MANIFESTAÇÃO DO CHAKRA DO CORAÇÃO
Mensagem de Elestial
Canalizada por Elsa Farrus
Em 1º de janeiro de 2016

 Esta canalização chegou a mim quando estava escrevendo o dossiê do trabalho com a criança interior. Compartilho, obrigada.

O primeiro dia do resto de nossas vidas, e é curioso porque, à noite, tudo era feliz natal, feliz ano, abraços, esperança e desejos infinitos, tantos que colapsamos o whatsap e tudo...
Mas, passam algumas horas, e a luz se apaga e chega um ano cheio de hábitos que vão contra o nosso coração, o nosso coração de menino/menina que viemos buscar, nesses dias, e permitimos sair ao mundo.

A realidade chega e cremos que é imutável, e não é...

Se pudéssemos abraçar a criança interior e escutá-la, diariamente, não nos afundaríamos no esquecimento da alegria na tristeza do abandono que, frequentemente, nós mesmos abandonamos...

Somos tão racionais que nos autorizamos a magia, uma semana por ano e, depois, voltamos a essa realidade que nós temos criado e que tanto odiamos... realmente é paradoxal.

O chakra do coração é o ponto de montagem do corpo de luz, é ele que determina a realidade autêntica que vivemos. É quem materializa a lei do magnetismo e da atração, mas nossos padrões sociais põem um "OFF", ou seja, fecham esse diálogo com o coração, através do abandono da criança interior - aquela que realmente nos determina, é aquela quem somos, e quase nunca a mostramos em público por medo de perda.

Quando nos alinhamos com a criança interior, o corpo emocional realmente se abre - que é quem regula o que chamamos de vida eterna. Ou seja, a capacidade de viver, no tempo presente, todas as realidades sem julgamento, sem padrões, sem parâmetros mentais, somente a abertura da vida a cada momento, e sabedoria e consciência de todos os tempos em nosso coração, somos capazes de reconhecer as sincronias, as experiências passadas e os alertas do coração, tudo isso unificado na vida atual de uma maneira natural...

Depende somente de nós se - essa injeção de amor, recebida nestes dias pela energia do mestre Ray Sol -  o espírito do Natal realmente é uma data no calendário ou é o ano em que vamos escutar o chamado de nosso coração, o ano em que vamos nos escutar essa luz do Natal, que na realidade é a luz da ascensão que, ano após ano, nos tem sustentado. A única diferença é que, agora, vai permanecer em nós, se realmente lhe dermos permissão.

A luz canalizada, através de um coração humano, é uma forma mais cômoda para os seres humanos experimentarem mudança. Sim, a luz branca não se difunde através de um coração humano. Quando um de nós assume essa mudança, a vibração é demasiada forte para as pessoas indiferentes à nossa tomada de consciência. Portanto, surge o caos, é como os velhos padrões de estrutura de si mesmos, pois todos nós fazemos um papel importante no desenvolvimento da vida dos demais, e todos os demais têm um papel importante no roteiro de nossas vidas, e eles continuam seguindo no roteiro deles, não são conscientes de nossa transformação, porque eles não têm o coração na mesma frequência.

Para que nos entendamos, os atritos destes dias são produto do medo da perda e de não aceitar o despertar rápido e massivo dos demais; são produto de nossa compreensão linear da realidade, e do golpe que, com uma injeção solar, se abre a consciência de transformação interna, mas para nós, não para o ambiente. Por isso é tão importante o diálogo, agora mais do que nunca; é importante comunicar as decisões, comunicar as inquietações, falar para o ambiente a partir do coração para que se abram os caminhos físicos da transformação com ou sem perda, porque muitas pessoas necessitam saber o que ocorre em nosso interior, e porque nosso interior precisa ser escutado para não nos queimarmos com o fogo interno de criação.

Desta vez o Natal energético é o maior ponto de inflexão da humanidade, este 2016 é a consolidação da escolha da alma, e tudo que nos freia enraivece ainda que desejemos segurar, porque é a alma e Gaia que escolheram.

2016 é o ano do vazio para o futuro. Já não há futuro, somente um presente eterno, cada vez mais eterno. Nada avançará se não solucionarmos o que está pendente, a vida esperará que tomemos consciência de algo, é uma escada em que cada degrau tem um porquê...

Todavia, se nos convertemos em um coração cheio de paz, de transparência e de calma, o que acontece ao nosso redor é para a luz se irradiar, através do coração, e mudarmos suavemente as pessoas. Quando alguém está equilibrado e aberto para a mudança, ele ou ela sente a paz e o amor em nossa presença. Se a pessoa está encarcerada por suas crenças, a pessoa sentirá irritação. A reação do ambiente absorve tudo que irradiamos, e se afogarmos nossa criança interior, suas respostas se polarizam e podem criar reações fortes. Porque nossa ira interna responde por não sermos nós mesmos, se dialogamos, expomos e pedimos a aceitação e posicionamento, nosso ser entra na paz, e somos uma fonte de luz expandida para os demais a partir da paz.

Janeiro é o mês da verdade interna autêntica, do chamado para sermos nós mesmos, é o momento presente divino que nos pede para SER, porque ao ser, abrem-se os caminhos; porque ao ser, a vibração flui através do coração, e é tempo de fundir os corpos de luz e os físicos.

Agora. mais do que nunca, é a aceleração dos tempos, até ser um tempo esférico onde o coração é sua manifestação.

Obrigado a todos, desde o coração de Alcyon, meditando com Elestial.

Elsa
Fonte: http://www.ascensiongaia.es/
Tradução: Blog Sintese 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...