oh, Senhor traz a Paz e o Amor

MONTHLY MESSAGE OF CHRIST JESUS - 08/18/2017

MONTHLY MESSAGE OF CHRIST JESUS - 08/18/2017
https://youtu.be/cF1Q3RoUV0E

Total de visualizações de página

IMPULSO UNIVERSAL...

IMPULSO UNIVERSAL...

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Busque...


Queres agregar mais amor `a tua vida?




O excesso ou o ganho de peso: Eles são um sinal da nossa insegurança material e afetiva em relação ao futuro



O excesso ou o ganho de peso

Eles são um sinal da nossa insegurança material e afetiva em relação ao futuro próximo ou distante. Eles também significam que temos dificuldade para integrar as fases da nossa vida em que tivemos perdas, privações.

Estamos aí na presença de um primeiro tipo de insegurança inconsciente, de um medo da falta muitas vezes não percebido. No entanto, os indivíduos sentem necessidade de estocar, no caso de "vir a faltar" ou "para evitar que falte de novo".

O segundo tipo de insegurança está relacionado ao mundo exterior. O medo de ter que enfrentá-lo, de correr o risco de não conseguir, de ficarmos "despojados" diante dele, nos leva também nesse caso a estocar. Além disso, "isso nos permite colocar um muro entre nós e o mundo", protegernos com um edredom feito de carne e de gordura. Aliás, os "pesados" são na maioria das vezes moles e frágeis e têm uma grande necessidade de ser "tranqüilizados".

O último tipo de sofrimento que pode se exprimir por trás de um ganho excessivo de peso é mais traiçoeiro e "grave", pois é negativo. Na verdade, trata-se de uma tentativa de difamação quanto a si mesmo ou de autopunição. Isso faz com que desvalorizemos a nossa própria imagem e com que possamos então dizer: "Dá para ver que você não está bem, não é bonito ou bonita, que não pode ser amado". Através dessa distorção dos fatos, procuramos enfear  a nossa imagem não só diante de nós mesmos como também diante dos outros.

Mas por trás desses níveis de significação, existe uma trama comum que é a da relação afetiva com a mãe (alimentação) que não foi equilibrada e que procuramos compensar. Quando esse elemento se torna preponderante, a dinâmica alimentar, bulimia ou anorexia, torna-se então um meio a mais para acentuar essa mensagem...



Do livro: Diga-me onde dói, que te direi porque-Michael Oduol






TODAS AS MANHÃS, NOS PRÓXIMOS 30 DIAS, ACORDE DIZENDO...



MANTRA DOS 30 DIAS

TODAS AS MANHÃS, NOS PRÓXIMOS 30 DIAS, ACORDE DIZENDO:

No meu agora, eu sou livre.
No meu agora, eu sou feliz.
No meu agora, tenho saúde.
No meu agora, eu sou próspero.
No meu agora, tenho muitos amigos.
No meu agora, aprecio a vida.
No meu agora, só tenho diversão.
No meu agora, o dinheiro sempre sobra.
No meu agora, estou em expansão.
No meu agora, estou satisfeito, mas quero mais.
Eu pré pavimento a minha vida todos os dias, pois sei que,
mesmo se algo de ruim acontecer,
eu saberei que nada poderá me atingir,
pois não foi isto o que eu pré-pavimentei para mim.

"QUANTO MAIS INTENCIONAL VOCÊ FOR EM RELAÇÃO AO QUE DESEJA, A PRÉ-PAVIMENTAÇÃO SERÁ MAIOR E HAVERÁ MENOS NECESSIDADE DE AFASTAR COISAS INDESEJADAS DA SUA VIDA".

TODAS AS MANHÃS, NOS PRÓXIMOS 30 DIAS, ACORDE DIZENDO:

"Tenho a intenção de ver, eu quero ver, eu espero ver, não importa onde eu esteja, com quem eu esteja, nem o que eu esteja fazendo... Desejo ver o que eu quero ver".

DESTA FORMA, VOCÊ MUDARÁ O MOVIMENTO DE SUA EXPERIÊNCIA DE VIDA.

E TODAS AS COISAS QUE AGORA LHE DESAGRADAM SERÃO SUBSTITUÍDAS POR COISAS QUE REALMENTE LHE AGRADAM.

ISSO É CERTO.

É LEI 

Exercícios de Autoproteção Espiritual





Exercícios de Autoproteção Espiritual

Estão reunidos aqui alguns exercícios que trabalham com as energias e sua frequência de proteção espiritual. São práticas para o bem-estar do espirito e sua sintonia com a energia de amor que nos protege no cotidiano.É uma troca com você para que possamos manter uma frequência de amorosidade consigo mesmo, com o outro e com o planeta. Nosso ser se encontra neste momento para juntos vibrarmos em proteção divina.Guie-se.

Esfera de Luz em Si

Imagine uma esfera de luz brilhante que circula o seu corpo. Pense numa cor e dê para ela um sentimento positivo neste momento. Sinta a esfera circular o seu corpo varias vezes, criando uma proteção de luz.

Esfera de Luz no Ambiente

Imagine uma esfera de luz brilhante circular o local onde você está neste momento (casa, carro, ônibus, rua etc).Pense numa cor e dê para ela um sentimento positivo. Sinta a esfera circular o ambiente várias vezes, criando uma proteção de luz.

Círculo de Paz em Si

Leve uma de suas mãos e deixa as palmas virada para o meio do tórax. Começa a fazer um circulo sem tocar na pele, inspirando e expirando lentamente. Imagine que há um grande círculo de luz que está cercando o seu corpo inteiramente. Dê uma cor e um sentimento positivo para este círculo. Continue fazendo o movimento em frente ao tórax e sentindo que o círculo lhe dá uma proteção.

Círculo  de Paz no Ambiente

Leve uma de suas mãos para frente do tórax e coloque a sua palma virada para o céu. Comece a fazer um círculo grande em frente ao seu tórax. Imagine que há um grande círculo de luz que está cercando o espaço onde você está agora. Dê uma cor e um sentimento para este círculo. Continue fazendo o movimento em frente ao tórax e sentindo que o círculo cria uma imensa proteção ao espaço e para todas as pessoas que estão nele.

Palavras de Amorosidade

Fale baixinho palavra positivas.Imagine que estas palavras enchem o seu corpo de sentimentos positivos. Repita as palavras e sinta elas vibrando em várias partes do seu corpo. Vai repetindo e falando devagar para sentir a palavra mais cheia de energia. Diminui o som até silenciar e sentir que as palavras continuam ecoando dentro de si. Perceba-se envolvido pelas energias positivas que as palavras trouxeram.

Eu Sou Canal de Luz

Crie algumas frases de afirmação positiva e repita-as. Fale expressões como: EU SOU um canal de paz, EU SOU um instrumento de luz, EU SOU divino, EU SOU a manifestação do amor etc. Escolha uma frase e vai repetindo-a e sentido que o seu corpo se entrega, seus pensamentos se entregam, suas emoções ficam entregues ao sentimento que foi escolhido.

Chuva de Luz em Si

Imagine que estão caindo sobre você vários pingos de luz brilhante. Dê uma cor e um sentimento positivo para estes pingos que caem sobre o corpo inteiro. Sinta-se completamente banhado em todas as partes do seu corpo e com uma camada brilhante que envolve-o. Mantenha-se na atenção aos pingos tocando em sua pele e você ficando brilhante e em harmonia.

Chuva de Luz no Ambiente

Imagine que estão caindo sobre o local onde você está vários pingos de luz brilhante. Dê uma cor e um sentimento positivo para estes pingos que caem sobre o espaço inteiro. Sinta que o espaço está sendo completamente banhado em todas os seus lugares, ficando com uma camada brilhante na superfície.

Respire Luz

Inspire profundamente o ar imaginando que ele está cheio de luz. Ao expirar imagine que este ar, preenchido de luz, vai para todas as partes do seu corpo. Dê uma cor e um sentimento positivo para esta luz. Faça isto algumas vezes até perceber-se cheio de luz.

Guia-me

Dialogue internamente com seu Deus, com a espiritualidade que lhe protege e afirme a palavra guiar. Pode usar expressões como: guia-me neste momento para o melhor, guia-me para a tranquilidade, guia-me para o caminho mais saudável, guia-me pelo amor por onde eu andar, guia-me para o bem etc. Escolha uma frase e repita-a devagar para si mesmo e deixe o corpo sentir que a frase preenche o ser de energia.

Símbolo de Proteção

Inspire e expire calmamente. Coloque uma das mãos na frente do tórax. Deixe a mão em forma de concha e virada para cima. Imagine um símbolo que traduza proteção para você hoje. Qualquer simbologia da natureza, um objeto, um ser etc. Imagine que este símbolo esta dentro da conha de sua mão. Inspire e expire mais profundamente. Dê uma cor e um sentimento positivo para este símbolo.  Vai levando a mão para encostar em seu tórax e imagine que o símbolo vai entrar e se transformar numa energia positiva dentro de seu corpo. Inspire e expire mais profundamente e sinta que o simbolo lhe protege por completo.

Tocando na Natureza

Escolha um elemento da natureza e toque-o lentamente. Pode ser uma árvore, uma planta, uma flor, a água corrente, uma pedra etc. Crie um vínculo de agradecimento e de harmonia com a natureza. Peça energias de proteção. Feche os olhos e sinta recebendo energias em seu corpo. Sinta uma luz que sai da natureza e chega até você. Inspire e expire calmamente e se deixando sentir envolvido pela luz que vem da natureza com uma cor especifica e um sentimento de cuidar, de carinho etc. Vai tirando as mãos devagar e com a certeza da proteção.

Sintonizando com uma estrela

Olhe para uma estrela, perceba os seus detalhes, ritmos e vibrações. Inspire e expire calmamente. Imagine que uma luz vem da estrela e chega até você. Sinta que está ligado a estrela por esta luz. Feche os olhos e imagine uma cor e um sentimento para esta luz. Perceba que a estrela lhe envolve por completo. Peça proteção neste momento.  Fique nesta ligação por um pequeno tempo. Ao final vai inspirando e expirando agradecendo a estrela.

Reação Amorosa

Diante de uma pessoa que chega a você com energia desequilibrada, pense e fale mentalmente palavras positivas como paz, amor, Deus, alegria etc. Sinta estas palavras com bastante força interna e que se transforma em energia de amorosidade que sai de você para a pessoa. Mantenha-se no estado de doador de amor para o outro.

Elos com as mãos

Em pé mantenha o corpo numa posição ereta e confortável. Jogue a atenção para as mãos. Sinta a circulação do sangue como se fosse uma circulação de energia. Imagine uma cor e um sentimento para esta energia. Vai respirando profundamente e perceba suas mãos vibrando. Vire as palmas das mãos para fora e vai, bem lentamente, levando as mãos para cima. Construa um elo de luz ao redor do seu corpo. Pense numa cor e num sentimento positivo para este elo. Lentamente as mãos se encontram em cima da cabeça e vai retornando devagar, mantendo a imagem do elo. Pode-se repetir este movimento com uma sensação cada vez mais forte de proteção.

Luz nas Extremidades

Imagine um ponto de luz forte no meio do tórax, dentro do corpo. Pense numa cor e num sentimento positivo para esta luz. Vai inspirando e expirando e imagine que esta luz vai se espalhando por todo o corpo. O brilho sai do meio e vai para as extremidades da pele. Cria-se uma camada de luz que reveste o corpo. Mantenha-se nesta sensação de luz que flui do meio para o exterior.

Sol na Frente

Em momentos que precisa-se agir rápido e urgente para criar uma proteção espiritual, imagine um sol bem forte que brilha na frente. Perceba que o sol emite uma luz de amor e segurança
e envolve o espaço e as pessoas ao redor. Mantenha-se firme na imagem do sol vibrando. Dentro de si, apenas repita algumas palavras positivas e se fixe no brilho sol e na sua proteção.

Espiral nos pés

Fique em pé e bem plantado no chão e com a coluna ereta. Imagine que há uma grande espiral abaixo dos seus pés. Pense numa cor e num sentimento para esta espiral. Mantenha a imagem de movimento desta espiral e sincronize uma respiração tranquila. Vai percebendo que a espiral está subindo pelo corpo, passando por todas as partes e saindo pela cabeça. Depois imagine que ela retorna bem devagar para os pés. Quando chegar embaixo, mantenha-se numa sensação de segurança e equilíbrio.

Esfera de Luz no outro

Imagine uma esfera de luz brilhante que circula o corpo de uma pessoa que está próxima ou muito longe. Pense numa cor e dê para ela um sentimento positivo neste momento. Sinta a esfera circular o  corpo da pessoa varias vezes, criando uma proteção de luz.

Espaço Ancora

No momento que precisar de energia positiva traga a mente o local que você elegeu na sua vida hoje como um lugar de paz, amor, divindade etc. Pode ser um espaço da natureza ou um local religioso, mas que seja um símbolo de proteção para você. Lembre-se deste local e se veja lá num espaço que você goste muito. Sinta que as energias positivas do lugar enche o seu corpo. Sinta-se completamente protegido pelo lugar, pessoas ou seres que convivem com você lá. Inspire e expire lentamente e vai se sentido cheio de energia e envolvido em proteção.

Luz sobre Si

Imagine que em cima de sua cabeça tem uma luz forte.Dê um sentimento positivo e uma cor para esta luz.Sinta que seu brilho vai descendo por todo o seu corpo. Fixe a atenção nesta luz em cima da cabeça. Mesmo se deslocando, mantenha a certeza de que esta luz lhe protege por onde estiver andando neste momento.

Caminho de Luz

Pense no caminho que vai fazer do lugar onde você está agora e o lugar que você vai chegar. Inspirando e expirando com as palavras luz, proteção, amor etc. Imagine uma esfera de luz na sua frente. Dê uma uma cor e um sentimento positivo para esta esfera. Comece  a imaginar que esta esfera vai passando por todas as ruas que você possivelmente vai se deslocar. Cada local que passa, vai se criando um caminho de luz. É como se fosse um rastro de luminosidade e proteção. Mantenha a sua atenção na estrada e na esfera. Mesmo que não conheça o caminho, imagine a esfera passando por estradas ou ruas até o local de chegada.

Cristo projetado

Crie um estado de serenidade e de quase nenhum movimento, apenas percebendo a respiração.

De olhos fechados, imagine uma imensa luz na sua frente.  Aos poucos a luz vai se transfigurando na imagem de Cristo. Perceba os contornos e depois o rosto completo de Cristo. Sinta que esta imagem emite uma luz para você. Inspire e expire e vai agradecendo ao Cristo o estado de paz, de amor e serenidade que se encontra neste momento. A imagem se desfaz em luz novamente e se esvai lentamente. Fique na sensação de que está protegido.

Orar pelo bem de si e do outro

Respirar profundo

Ler notícias do Bem

Pensar e falar do Bem

Fazer o bem em atos simples

Viver a certeza da proteção divina



Este Material foi organizado pelo Prof. Ney Wendell para a Instituição Fraternal Sorriso de Criança na Bahia-Brasil.



SINTA, CONFIE E DEIXE SER CONDUZIDO PELAS MÃOS DE DEUS




SINTA, CONFIE E DEIXE SER CONDUZIDO  PELAS MÃOS DE DEUS
Arcanjo Metatron
Canalizado por Sandra M. Luz
29/04/2014


Sandra:  Recebi muitas lições de Metatron, mas uma delas em especial tem me ajudado a reconhecer o que é meu e o que não é, e também tem me ajudado a não colocar lixo dentro de mim.

Metatron sempre orientou que eu deveria filtrar toda informação que chegava a mim.

Para saber se algo seria bom eu deveria “sentir”. 
Incrível como este verbo pode nos ajudar em todos os momentos.

Você acha que merece ser feliz?

Se perguntar isto a você que está lendo esta mensagem, o que responderia? 
Você acha que merece ser feliz?

Ironicamente não aceitamos vivenciar o que mais desejamos.

Todos nós buscamos a felicidade, mas quando ela bate à nossa porta, lembramos-nos de algumas informações e não abrimos a porta para o que mais desejamos.

O que você sente quando alguém lhe diz que não merece ser feliz? 
Qual o sentimento que é ativado em você ao ouvir isto? 
Você sente-se triste.

O que você sente quando alguém lhe diz que merece ser feliz? 
Sente-se feliz e isto ocorre porque seu interior reconhece esta informação como sua verdade.

Perceba que é muito simples reconhecer o que é bom para você.

O tempo todo nosso interior nos traz sinais importantes do que é bom e do que não é bom para nós, mas a maioria das pessoas nem percebe isso. O desconforto chega, mas elas respondem achando que é normal, porque estamos aqui para sofrer, segundo as crenças que receberam, portanto têm que engolir.

A cada dia mais descubro o quanto estas crenças trouxeram tristeza, doença e desequilíbrio para a maioria das pessoas. Entregar nossas vidas na mão de outras pessoas só nos fez distanciar de quem somos.

Talvez as pessoas não tenham percebido que estamos no limite de liberarmos estas informações, estes lixos, estas energias velhas, porque a estrada que virá adiante exigirá de nós outra bagagem.
Não podemos vivenciar uma frequência mais suave, sutil e gostosa se não trouxermos leveza ao nosso ser.

E como se liberar destas bagagens pesadas?

- Lembrando que as crenças que foram passadas a nós nunca foram nossa verdade. A sua verdade é aquela que traz paz ao seu interior.

- Entendendo que a verdade do outro é do outro e que você deve viver aquilo que acredita.

- Entendendo que cada ser responde como sabe a cada situação, de acordo com a informação que existe em seu interior. Portanto, não há culpados, nem erros, mas sim aprendizados.

- Filtrando as informações que chegam até você e só gravando em seu interior as informações que realmente trazem uma sensação boa ao seu interior.

- Decidindo se libertar da opinião dos outros e aprendendo a conhecer seu interior.

- Quando você está feliz fazendo o que gosta, vibra uma energia diferente e esta energia será irradiada para seu externo.

- Seguindo confiante de que Deus e o Universo conspiram ao seu favor e que sempre você receberá a ajuda que necessita, porque é seu direito divino.

Não precisamos buscar as respostas fora de nós, precisamos silenciar nossa mente e acessar o nosso coração e então todas as perguntas serão respondidas.

Sinta cada informação, cada pensamento, cada energia que chega até você, e comece a responder através de seu coração.

Se a informação lhe trouxer um sentimento desarmonioso, verbalize: “Cancelar esta informação”. 

Diga: “eu vou ficar com aquilo que acredito” e verbalize uma frase positiva.

Se a informação lhe trouxer um sentimento de paz, abra a sua porta interna e deixe que esta informação auxilie em seu processo de cura e equilíbrio.

Você não precisa se preocupar, fazer esforço, ficar doente, ficar triste, com raiva. 
Você só precisa escutar seu coração.

Agora sinto a energia mais forte de Metatron e então Ele diz: 

Todas as respostas encontram-se dentro de vocês.
Já é hora de começarem a sentir Deus em seu interior.

Vocês nunca estão sozinhos, Deus está em você e com você.
Sinta, confie e deixe ser conduzido pelas mãos de Deus.

E Assim é.

EU SOU Arcanjo Metatron,  o Senhor da Luz





sandramluz2010.blogspot.com.br


A porta que Deus abre...


A cada nova...




Meu Deus...


Em meio `as tempaestades...


Agradeca a Deus...


Ouvir a voz de Deus.


Cada dia...


DE PRONTIDÃO!


DE PRONTIDÃO!
Mensagem de Karen Bishop
30 de Abril de 2014


Neste dia, estamos posicionados em massa, em uma zona de espera. As energias são nulas e sem efeito, estamos imóveis. Como um veículo cheio até à borda, com almas da Terra, foi impulsionada a embreagem, criando uma parada ou diminuição no movimento, enquanto ele se prepara para mudar de marcha e avançar novamente.

Desta maneira, não há atualmente nenhum movimento, sob qualquer condição, ainda que estivéssemos nos movendo muito tranqüila e lentamente. Esta tranqüilidade é uma nova tranqüilidade. Uma pausa muito nova no processo. Passamos pelo eclipse solar, onde o sol foi bloqueado, criando um dia desagradável e confuso para muitos, e agora... estamos na tranqüilidade de um espaço de espera muito novo.

Para muitos, este momento anuncia um ponto de saída pré-planejado. Um ponto onde nos é dada a escolha de partirmos através da morte física, ou permanecermos e avançarmos para algo muito novo.

E sempre, para muitos também, estamos ainda sendo impedidos de avançar muito em breve, pois as nossas camas muito novas estão nos aguardando neste espaço muito novo. Muito tarde para quaisquer portas laterais neste ponto, ou mesmo novos arranjos temporários para nos ocupar, como poderíamos ter feito enquanto esperávamos interminavelmente nos últimos tempos. Neste ponto no tempo, as portas laterais estão fechadas.

Durante esta quietude, muita coisa nos deixará subitamente. Podemos nos sentir mais presentes do que nunca no momento, podemos sentir uma necessidade de dormir o dia inteiro, ou mesmo sentir o término do velho.

Para aqueles que estiveram se preparando e esperando por muito tempo, e porque estamos bem no final do velho espaço, estas almas podem ter sentido como se o esgoto dos outros fosse nelas despejado, nos últimos dias e semanas.

Estão presas em um espaço onde muito está agora sendo empilhado sobre elas, pois não há nenhum lugar ainda para ir. Sentir-se surpreendentemente preso e ainda durante este último processo que envolveu o Alinhamento da Grande Cruz foi uma experiência comum para muitos.

Mas a embreagem foi empurrada. O processo começou. Estamos no final de uma era, no final do velho, de um ciclo muito longo que foi concluído, e, em breve, voaremos em grande velocidade, para a terra do novo. Como este próximo estágio irá se revelar, esta escritora não sabe.

Mas, neste momento e neste dia, parece que irá a plena velocidade: segurem os seus chapéus e para longe, iremos.

A chegada a um novo espaço depois de muita transição, irá anunciar uma experiência inteiramente nova. Será basicamente colocada uma paleta nova pronta para as nossas criações. Um espaço para evoluirmos e crescermos, para criarmos o que precisamos neste momento do nosso processo, e para criarmos um novo lar.

Assim, embora experienciemos algo muito novo, uma ancoragem muito mais completa não ocorrerá até Junho de 2014. Criamos com sucesso a grade e mantivemos o espaço para uma realidade muito nova e este é um processo monumental em si mesmo. Esta escritora está aguardando ansiosamente e curiosa quanto ao que está ainda por vir.

Do meu coração para o seu,

Karen


http://gamabooks.com 
Tradução: Regina Drumond 

terça-feira, 29 de abril de 2014

"La vida es algo más que aumentar el ritmo"



 Disminuye el ritmo
Wayne Dyer.

Una de las observaciones más iluminadoras de Gandhi nos recuerda que, "La vida es algo más que aumentar el ritmo". Este es un gran consejo para simplificar tu vida; de hecho, disminuye el ritmo de todas tus activida des durante un momento, aquí y ahora. Lee estas palabras lentamente. Desacelera tu respiración para que seas consciente de cada inhalación y exhalación...

Cuando vayas en tu auto, disminuye la velocidad y relájate. Desacelera tu forma de hablar, tus pensamientos y el ritmo frenético de todo lo que haces. Dedica más tiempo a escuchar a los demás; sé consciente de tu inclinación a interrumpir y a dar por terminadas las conversaciones, y opta más bien por escuchar. Detente y aprecia las estrellas en una noche despejada, o las formas de las nubes en un día gris. Siéntate en un centro comercial y observa cómo todas las personas parecen ir deprisa y sin rumbo alguno.

Si disminuyes el ritmo, simplificarás tu vida y te re­unirás con el ritmo perfecto con el que funciona la creación. Imagina que tratas de forzar a la naturaleza halando una planta de tomate que acaba de brotar: eres tan natural como esa planta, así que permítete estar en paz con la perfección del plan de la naturaleza.

Wayne Dyer.

O DEVERIA não mais se aplica.


Uma mensagem de Brenda Hoffman
29 de Abril de 2014

A mensagem desta semana é para o recém-desperto que ainda não constatou quem você é ou o que está acontecendo a você e àqueles ao seu redor. Talvez você esteja se sentindo assustado, cansado, ou esteja revendo questões que nunca revisou antes. Tudo é parte da sua transição para a Nova Terra.

Há aqueles que já passaram por este espaço há meses ou anos. Tal afirmação não é para que você acredite que eles são mais sábios do que você – eles são apenas diferentes, com papéis diferentes. O papel destes mestres bandeirantes foi criar o caminho que você está agora descobrindo. Em algum momento futuro, você irá se desviar deste caminho, assim como aqueles a sua frente estão se desviando do caminho que eles criaram para você.

Você não está sozinho em seu medo e despertar. Aqueles que vieram antes podem atestar que você irá encontrar o seu caminho para a alegria e o amor. Mas, agora – assim como seria verdade se você estivesse participando de um evento especial – você desejará se limpar daqueles fragmentos que o incentivam ou o forçam a permanecer no pensamento e na ação da terceira dimensão, que não permitem que você brilhe.

Eventualmente, as suas percepções irão mudar. Seu círculo interno de amigos e familiares provavelmente irão mudar. E o seu ser irá experienciar menos dor e muito mais alegria. Mas isto ainda está em seu futuro. Nós estamos apenas mantendo o incentivo para você, tanto quanto fizemos com aqueles que já percorreram este caminho.

Muitos dos mestres bandeirantes, que descobriram e abriram o caminho para que a sua experiência fosse mais fácil e mais rápida, estão preocupados porque você não tem ainda a sabedoria deles. O que eles não pensaram é que aqueles de outras dimensões irão proporcionar aos recém-despertos a informação e o apoio, assim como era verdade para eles, há meses ou anos.

Ninguém nunca está sozinho.

Você que é recém-desperto tem também fácil acesso à riqueza de informações criadas pelos mestres através da Internet, de livros e outros materiais.

Não é apropriado que você espere um professor do nível dos mestres. Pois a sua primeira inclinação será se voltar para aqueles em seu círculo que vieram antes. E embora os mestres estejam familiarizados com os sentimentos e experiências que você está tendo agora, muito provavelmente o caminho deles não inclui diminuir o ritmo ou parar para ajudá-lo.

Talvez este pensamento pareça um pouco frio – e muito diferente do seu mundo de terceira dimensão. Pois em seu mundo da 3D, todos DEVERIAM estar dispostos a ajudar.

O DEVERIA não mais se aplica. 

Se você incentivar aqueles em primeiro plano a diminuir o ritmo ou parar para ajudá-lo, partes desta incrível tapeçaria da Nova Terra, não serão concluídas.

Você é plenamente capaz de se mover através de tudo o que deseja, como aqueles que vieram antes podem atestar. Eles deixaram informações vitais não somente para você sobreviver, mas para prosperar – como eles estão agora começando a fazer.

Exigir que eles abandonem o seu novo caminho para ajudá-lo, é tirar ambos dos seus caminhos. Pois você está começando o seu – o caminho geral da limpeza em que todos viajaram antes, descobrindo o seu caminho individual. Eles não podem fazer a limpeza por você. 

Na verdade, eles não podem fazer muito por você, a não ser ter compaixão pelo desconforto em que você poderia estar. E esta memória está se apagando à medida que eles avançam mais em seu caminho individual da alegria.

Você é uma parte importante da Nova Terra, da tapeçaria Universal. Mas antes que você se torne um ser Universal habilitado, você deve se limpar de suas crenças e dores da 3D – assim como aqueles que vieram antes de você o fizeram.

Eles não são os seus guardiões – eles são apenas criadores do caminho. Eles concluíram o papel que eles aceitaram antes na nascerem na Terra, desta vez. Agora eles estão criando o novo mundo em que você habitará e refinará, uma vez que complete a sua limpeza.

A Limpeza não é algo que muitos apreciem. Pense no desconforto que o seu amado cão sente quando você tenta lhe dar um banho. A limpeza na terceira dimensão não é mais uma ameaça à vida do que é verdade para o seu cão.

Você não pode entrar na nova terra com pensamentos e crenças da terceira dimensão. Assim, este é o momento para que você se limpe – ainda que não queira, ainda que esteja assustado.

Você sobreviverá e brilhará mais a cada limpeza pessoal, sabendo – como aqueles que vieram antes de você, sabiam – que você pode parar ou desacelerar o processo, a qualquer momento.

Talvez você não queira habitar na nova terra – então, pare o processo. Ou se você se sentir oprimido, desacelere-o. Como era verdade para aqueles que vieram antes, o processo se adapta ao seu ser.

Esta não é uma mudança Universal em que você deve participar.
Mas, em vez disto, é uma mudança universal que você é convidado a participar.

Seu produto final é um ser brilhante de amor e de alegria, com o medo intensamente diminuído. E por causa do zelo dos mestres bandeirantes, você completará a sua limpeza mais rápida e facilmente do que foi verdade para aqueles que vieram antes.

Você e aqueles que vieram antes criaram esta Nova Era. Agora você tem as mesmas escolhas que eles. Pois todos vocês concluíram o seu importante papel nesta vida ao criarem a Nova Era.

Se desejar viver nesta Nova Era em seu atual corpo físico, irá completar a sua limpeza na terceira dimensão. Caso contrário, nós lhe agradecemos pela sua participação na criação desta gloriosa Era e o incentivamos a não solicitar a assistência daqueles que têm novos papéis a desempenhar.

Que assim seja.

Amem

www.LifeTapestryCreations.com. 
Tradução: Regina Drumond 

Lua Nova em Touro: esta Lunação oferece-te um espelho muito fiel de quem és.



Lua Nova em Touro 
Mensagem de Mãe Ísis 
por Isabel Angélica  
29 de Abril de 2014

Se no início do último ciclo lunar te demos consciência da absoluta necessidade de coragem, determinação e foco, a Lua Nova em Touro que hoje banha a Terra e todos os seres que Nela habitam pede rendição às escolhas feitas até aqui. Nunca a responsabilização foi tão fundamental e basilar para tudo o que vos está a ser trazido na matéria e no espírito.

A Lua Nova em Touro, associada a um eclipse solar, implica a consciência do renascimento e da possibilidade de agarrares o prazer de uma vida renovada, da alegria resgatada e do caminhar mais seguro e determinado. O Touro é regido por Vénus, a doce e suave qualidade do Amor. Mas também é um signo Terra, focado nos objectivos a atingir e a implementar.

Este momento é de permissão ao teu ser interior para afirmares-te no foco que resgatas para a tua vida. É a altura em que te permites prosseguir no caminho abençoado/a por uma energia mais doce e nutridora. Sem dúvida, um ciclo que se inicia abençoado pela Mãe e que se torna mais premente às Mulheres que resgatam em si a cura da cisão interior, bem como resgatam a Irmandade há tanto perdida mas jamais esquecida.

Esta Lunação oferece-te um espelho muito fiel de quem és. Não há ilusões associadas nesta fase negra da Lua Avó. O que recebes e manifestas é, realmente, quem és.

Nutrir, cuidar, mimar, expressar emoções, materializar sonhos de crescimento consciente, verbalizar e manifestar amor em todas as suas formas. É isto que te é oferecido com a bênçãos dos Astros que te guiam o interior e a tua impressão digital no Universo que é o teu mapa astral. 

Manifesta Amor aos que Amas. Declara Amor aos Animais que te rodeiam. Enamora-te uma vez mais mais por este Planeta de azul e verde onde as cores estão vivas e a paleta da Criação Divina e Sagrada te abençoa com o que mais Belo existe. Apaixona-te amando. Ama apaixonado/a. Renasce e vive. Expande em alegria e plenitude. Se há momento para isso, é Agora. Celebra o facto de estares Aqui e Agora sendo quem És! 
 
Ram Io Ísis
 



Eclipse Solar raríssimo e fortíssimo, trazendo a Coragem necessária nos finais de ciclo.


 ECLIPSE DO SOL
Por Claudia Lazzarotto 
Astróloga Kármica.

Eclipse Solar raríssimo e fortíssimo, trazendo a Coragem necessária nos finais de ciclo.

Este eclipse Solar que ocorre em 29/4/2014 as 3:16h aqui no Brasil, é um ponto alto de uma sequência de aspectos planetários fortíssimos que veem compondo este momento “gigantescamente” especial que a humanidade vive atualmente.

Ele é raro não só astronomicamente, mas, astrologicamente também, além e especialíssimo quando pensamos o que representa no Plano Divino.

Este eclipse é especial ASTRONOMICAMENTE porque:

Eclipse Solar deste mês é também um evento muito raro, pois o centro da sombra da Lua, conhecido como antumbra, vai passar a quilômetros acima do continente antártico, e este fenômeno é chamado de "não-central, com um limite ", pois o centro da umbra ou antumbra da Lua só vai 'perder' a Terra em uma das pontas.

Jean Meeus e Fred Espenak verificaram que de 3.956 Eclipses Anulares que ocorrem desde o ano 2.000 AC até o ano 3.000 DC, apenas 68 (1,7%) são da variedade não-central. E por isto visível de maneiras diferentes em diferentes locais. Alguns locais poderão observar parte do Eclipse Solar de 29 de abril. Várias ilhas do Oceano Índico Sul assim como toda a Austrália irão testemunhar um pouco desse próximo Eclipse Solar.

A Antártida tem as melhores circunstâncias, mas novamente, a visão "anular" aparecerá em uma área desabitada entre Dumont d' Urville e Concordia, regiões atualmente ocupadas pela França ... ou seja, apesar de ter as melhores condições de observação, não será na Antártida que este Eclipse Solar será observado.

Algumas ilhas no sul do Oceano Índico verão cerca de 55% do Sol eclipsado.
Na Austrália, mais especificamente em Perth, 55% poderá ser observado, e em Sydney, 50%.

Mapa do Eclipse de Hoje
ASTROLOGICAMENTE este eclipse é importante porque acontece no ápice energético de uma grande Cruz Cardinal que marca o final de um período de muitos conflitos vividos pela humanidade no decorrer das Eras e mais recentemente na Era de Peixes.

Sem dúvida falamos de uma energia intensa, mas não podemos de modo algum esquecer o fato de que os planetas envolvidos nos trazem (ENERGIA VITAL, nascimento, força/Guerra) Marte, (LIBERDADE, transformação) Urano, (poder, MORTE, RENASCIMENTO) Plutão e (VERDADE, JUSTIÇA DIVINA, FÉ) Júpiter.

Este eclipse acontece já na faixa vibratória das Plêiades e vem acompanhado de um Maravilhoso grande Trígono em volvendo Saturno (karma, responsabilidade), Kiron (ferida Kármica) e Júpiter nos trazendo uma imensa onda de Amor Universal e bênçãos do Plano Divino coroando este momentum tão preciosamente evolutivo da humanidade.

E no mapa do eclipse podemos ver claramente os indícios de um encerramento de ciclo, quando temos Saturno e Nódulo Norte (Plano Divino) na casa VIII em escorpião, indicando a morte do velho e o renascimento, Kiron na casa XII indicando o final de ciclo kármico com a cura da grande ferida Kármica da humanidade, Plutão em Capricórnio na casa X, renascimento no ciclo kármico, Urano na casa I, indicando o início de um novo ciclo de liberdade, principalmente por estar em áries o primeiro signo do zodíaco responsável pelo nascimento e ironicamente também pela guerra, onde se aplica o auge da força e do poder pelo caminho negativo dos mesmos.

Pela ordem da astrologia antiga, onde a orbe (tolerância em graus na formação de um aspecto, emanação energética planetária) é maior que 5°, podendo chegar a até 10° temos a influência de Mercúrio (mental) no eclipse e o mesmo oposto a Saturno, tudo ligado energeticamente impulsionando incrivelmente a libertação de toda a humanidade e de cada um de nós.

Devemos observar que Júpiter é o único planeta duplamente atingido, na Cruz e no Trígono, nos indicando o caminho a percorrer para melhor absorvermos esta imensa energia, e ele nos indica o caminho da verdade e da fé no âmbito individual e da Justiça Divina no âmbito coletivo, o que nos mostra mais uma vez o momento de final de ciclo.

Por tudo isto, o que cada um de nós mais precisa neste momento é Coragem, para sermos verdadeiros acima de tudo com nós mesmos e a partir daí vivermos com base em nossa verdade maior o que já é à maior libertação de todas.

E mais coragem ainda para darmos os primeiros passos neste caminho, preparados para enfrentarmos as mudanças que ele nos trará, confiantes em Deus e em nós mesmos que elas são necessárias para encontrarmos a verdadeira evolução e a plena felicidade, na realização de nosso Plano Divino.

CHANGE ORG: Fidelity is a major investor in Seaboard Foods: a pork company that locks up mother pigs in cages so small... Fidelity Abuse



                                                     
                                                 Fidelity Abuse: http://youtu.be/aKLYPEeAi7A
               

By The Humane League
Philadelphia, Pennsylvania


Fidelity is a major investor in Seaboard Foods, a pork company that locks up mother pigs in cages so small that they can’t even turn around for months on end with no reprieve. The mother pigs are repeatedly impregnated and forced back in the cage.  Each pig may spend up to four years locked inside a cage until she dies or can no longer produce at a profitable rate.  These cages, called gestation crates, are barely larger than the size of their bodies.  Seaboard’s own animal welfare advisor―world renowned scientist Dr. Temple Grandin―is explicit on this issue: “We've got to treat animals right, and the gestation stalls have got to go.”

Pigs are extremely intelligent and social animals, every bit as smart as the dogs we have at home. Animal scientists have found that pigs recognize their name and respond when called, dream when they sleep, develop close bonds with their family, and can even play simple video games better than chimpanzees!  Yet, by investing in Seaboard Foods, Fidelity is keeping these highly intelligent and emotional animals locked up in tiny cages where they can do nothing but stand up and lie down for virtually their entire lives.

In recent years, the public has learned out about the harsh realities of gestation crates. In fact, gestation crates are so cruel, they’re illegal in 9 US states, and are being eliminated in all of Canada, Australia, South Africa, and all 27 countries of the European Union. Some of the world's largest pork buyers have created policies demanding their suppliers eliminate these cages, including McDonald's, Burger King, Subway, Oscar Mayer, Johnsonville Sausage, Jimmy Dean, Kroger, and more. Despite this large scale opposition to gestation crates, Fidelity continues to invest in Seaboard.

It's time for Fidelity to stop investing in this archaic practice once and for all. Help out mother pigs by signing this petition, and tell Fidelity to stop investing in cruelty and pull out of Seaboard Foods!
Start your own petition

A solidão do homem da metrópole não é a solidão que o rodeia, mas a solidão que o habita.


                  

Medo da Solidão
26 de abril de 2014


Você já sentiu medo alguma vez na vida?

É comum ouvirmos as pessoas confessando o sentimento de algum tipo de medo. Seja medo de ficar só, medo da morte, medo da solidão e outros mais.

Dentre as várias nuanças do medo, vamos destacar o medo da solidão, que é muito comum na sociedade moderna.

Diz um grande pensador, que “a solidão do homem da metrópole não é a solidão que o rodeia, mas a solidão que o habita.”

Há pessoas que se sentem sós mesmo estando rodeadas de gente. Por essa razão, percebemos que o problema não é externo, mas da intimidade do ser.

E por que é que se sente só, mesmo não se estando a sós?

Talvez a solidão se instale na alma porque encontre nela um vazio propício a agasalhá-la. Se não houvesse espaço, é bem possível que ela ali não fizesse morada.

Mas, afinal, como é que podemos preencher esse vazio e espantar a solidão?

A fórmula é bem simples. É tão simples que talvez por isso mesmo ninguém acredite na sua eficácia.

Há quase dois milênios ouvimos falar dela, portanto, não se trata de nenhuma descoberta recente.

Estamos falando da caridade, como a prescreveu Jesus.

Se abandonássemos o nosso estreito mundo, e buscássemos o contato com nossos irmãos carentes e infelizes, por certo preencheríamos o vazio em nossa intimidade, de tal forma, que a solidão não encontraria ali espaço para se acomodar, embora tentasse.

E isso acontece de forma tão natural, que ao nos envolvermos com os sofrimentos alheios, tentando aliviá-los, esquecemos de nós mesmos e isso causa uma satisfação muito salutar.

Quem ainda não experimentou essa terapia, tente. Vale a pena! E não custa nada, a não ser o investimento da vontade firme e da disposição de vencer a solidão.

E nesse caso, o campo é muito vasto. É fácil encontrar alguém que precise de você.

Seja um doente solitário num hospital, uma criança num orfanato, uma pessoa idosa abandonada pela família, uma mãe que precise de ajuda para cuidar dos filhos, um pai desesperado com os filhos cuja mãe faleceu, um estômago vazio para saciar, um corpo tiritando de frio para agasalhar, e assim por diante…

Não é outra a razão pela qual Jesus recomendou o amor ao próximo como condição para quem deseja conquistar o reino dos céus, que como Ele mesmo afirmou, está dentro de cada um de nós.

Pense nisso!

* * *

Se você está triste porque perdeu seu amor, lembre-se que há tantos que não têm um amor para perder.

Se você está triste porque ninguém o ama, lembre-se que o amor é para ser ofertado e não para ser exigido.

Se para você a vida não tem sentido, oferte-a a alguém, dedicando-se aos infelizes que lutam por um minuto a mais de existência física.

E se lhe faltam as forças necessárias para lutar contra a solidão, abra o seu coração ao Divino Pastor e peça-Lhe para que o ajude nessa empreitada.

Lembre-se sempre que foi o próprio Cristo que assegurou: “aquele que vier a mim, de forma alguma eu lançarei fora.”

Transporte público na colônia espiritual Nosso Lar



Passeios de aeróbus

No livro “Nosso Lar”, de autoria de André Luiz e psicografado por Chico Xavier, temos uma curiosa descrição de um veículo de transporte público na colônia espiritual que dá título ao livro:

Mal me refazia da surpresa, quando surgiu grande carro [aeróbus], suspenso do solo a uma altura de cinco metros mais ou menos e repleto de passageiros. Ao descer até nós, à maneira de um elevador terrestre, examinei-o com atenção. Não era máquina conhecida na Terra. Constituída de material muito flexível, tinha enorme comprimento, parecendo ligada a fios invisíveis, em virtude do grande número de antenas na tolda.

Mais tarde, confirmei minhas suposições, visitando as grandes oficinas do Serviço de Trânsito e Transporte.
Lísias não me deu tempo a indagações. Aboletados convenientemente no recinto confortável, seguimos silenciosos. Experimentava a timidez natural do homem desambientado, entre desconhecidos. A velocidade era tanta que não permitia fixar os detalhes das construções escalonadas no extenso percurso. A distância não era pequena, porque só depois de quarenta minutos, incluindo ligeiras paradas de três em três quilôme tros, me convidou Lísias a descer, sorridente e calmo (Trecho do início do Capítulo 10: “No Bosque das Águas”, onde André Luiz tem o primeiro contato com o aeróbus).

Uma pergunta muito comum dos céticos (espíritas ou não) em relação a algumas descrições detalhadas de veículos e construções nas colônias espirituais é bastante válida, `a primeira vista: “Ora, se essas colônias dispõe de tamanho nível de tecnologia, porque os espíritos não nos entregam de mão beijada os planos e as plantas para que nossos engenheiros e arquitetos possam construir tais veículos e construções aqui na Terra?”.

Um espírita precavido irá citar outro trecho do próprio “Nosso Lar” para explicar porque um aeróbus não poderia viajar pela Terra:

Dirigi-me, incontinenti, a Narcisa, perguntando:
- Onde o aeróbus? Não seria possível utilizá-lo no Umbral?
Dizendo-me que não, indaguei das razões.
Sempre atenciosa, a enfermeira explicou:
- Questão de densidade da matéria. Pode você figurar um exemplo com a água e o ar. O avião que fende a atmosfera do planeta não pode fazer o mesmo na massa equórea. Poderíamos construir determinadas máquinas como o submarino; mas, por espírito de compaixão pelos que sofrem, os núcleos espirituais superiores preferem aplicar aparelhos de transição (Trecho do Capítulo 33: “Curiosas Observações”).

Mas será que isso resolve o problema? Não poderiam, por acaso, os espíritos ajudarem nossos engenheiros e homens de ciência a inovar nossa tecnologia atual? Mesmo que não fosse possível construir uma espécie de metrô que plana em alta velocidade muito acima do solo, certamente algum tipo de avanço descrito nos livros de André Luiz poderia ajudar, e muito, a Terra...

Arthur C. Clarke, célebre escritor de ficção científica, dizia que “qualquer tecnologia suficientemente avança da é indistinquível de magia”. Clarke foi, ele mesmo, um “antecipador” de algumas tecnologias que só viriam a ser viáveis muitos anos após a descrição – então fictícia – das mesmas em seus livros. Particularmente com o conceito dos satélites geoestacionários, Clarke não só antecipou o futuro, como contribuiu decisivamente para ele: nossas telecomunicações devem muito ao que antes era pura ficção.

Interessante que, num nível mais extraordinário (e incerto), é possível que algumas das tecnologias descritas em “Nosso Lar” – que diga-se de passagem, foi publicado em 1944 – possam ser igualmente antecipações de avanços futuros da tecnologia na Terra. Se a décadas atrás o aeróbus – uma espécie de metrô se movendo pelo ar, sem contato com o solo e a altas velocidades – parecia um veículo mágico, hoje talvez não chegue a tanto.

Um trem de levitação magnética ou maglev (Magnetic levitation transport) é um veículo semelhante a um metrô que transita numa linha elevada sobre o chão e é propulsionado pelas forças atrativas e repulsivas do magnetismo através do uso de supercondutores. Devido à falta de contato entre o veículo e a linha, a única fricção que existe, é entre o aparelho e o ar. Por conseqüência, os maglevs conseguem atingir velocidades enormes, com relativo baixo consumo de energia e pouco ruído. Embora a sua enorme velocidade os torne potenciais competidores das linhas aéreas, o seu elevado custo de produção limitou-o, até agora, à existên cia de uma única linha comercial, o transrapid de Xangai. Essa linha faz o percurso de 30 km até ao Aero porto Internacional de Pudong em apenas 8 minutos. No Brasil, existem projetos para se implementar o maglev, por exemplo, na Ilha do Fundão.

Ainda assim, talvez não se pareça tanto com um aeróbus... André Luiz disse que “ele parecia ligado a fios invisíveis”, e que se movimentava muito acima do solo. Será que tudo não passou de ficção da cabeça de Chico Xavier? Obviamente que para um cético em relação à existência de comunicação com espíritos desencarnados, tudo já seria ficção, a priori. Mas e quanto aos que crêem na possibilidade – será mesmo possível que a tecnologia humana seja apenas uma sombra da tecnologia espiritual, e que a inspiração para as grandes descobertas se deva ao fato de que quase tudo já foi descoberto no plano espiritual?

Quem se preocupa com isso certamente irá sorrir ao conhecer uma distinta empresa americana, chamada Aerobus Internacional, que constrói trens suspensos por fios condutores que parecem voar pelos céus. Dificilmente os engenheiros americanos leram “Nosso Lar”... Mas e daí? E se for mesmo verdade cada pequena descrição da colônia? E se a ela tem mesmo a forma de estrela e todos os Ministérios citados por André Luiz estão mesmo lá, até hoje – em que exatamente isso nos ajuda em nossa evolução espiritual?
Nosso Lar é apenas uma das muitas colônias espirituais a beira do Umbral, onde espíritos de elevada moral e caridade tentam a todo custo auxiliar aqueles que perambulam nas trevas de sua própria consciência... Que nos importa saber o perímetro da colônia? Ou em quanto tempo podemos atravessá-la em um aeró bus? Ou se ela tem restaurantes e casas noturnas? Certamente, se um dia estivermos por lá, essas serão nossas últimas preocupações.

Lendo alguns dos livros de André Luiz, percebi que eles nunca se trataram apenas de descrições – fictícias ou não – de colônias do plano espiritual da Terra. Ora, começando pelo “Nosso Lar” e passando por todos os outros, eles tratam principalmente da tão falada reforma íntima, da reforma de nós mesmos; Do caminho das trevas da consciência egoísta para as campos ensolarados da consciência amorosa, conectada ao Cos mos que pulsa e vibra com vida, em cada partícula e em cada plano de existência.

É possível que os espíritos nos inspirem descobertas e idéias para novas tecnologias. Mas é igualmente possível que estejam mais preocupados em nos inspirar o amor e o auto-conhecimento. Em todo caso, cada ser está onde seus pensamentos o sintonizam.

André Luiz (ou Chico Xavier, caso você seja cético) perderia fácil numa comparação com autores de ficção científica como Arthur C. Clarke... Mas André Luiz não pretendeu nos trazer aulas sobre a tecnologia ultra-avançada dos espíritos, e sim, ensinamentos sobre a moral avançada dos seres de luz. Se ele recorreu a his tórias que ocorriam ao mesmo tempo na Terra e no plano espiritual, e acaso tenha se preocupado em des crever como é a vida enxergada do lado de lá, foi porque reconheceu o tempo perdido em sua encarnação prévia – um grande neurologista e médico sanitarista do Rio de Janeiro, que tinha muito conhecimento, mas pouca sabedoria.

Em seus livros, não encontramos batalhas fascinantes entre “o bem e o mal”, mas sim relatos sinceros e perturbadores da ignorância e falta de caridade de grande parte dos seres; a começar pelo próprio André Luiz, que passou anos no Umbral, e mesmo depois de socorrido em Nosso Lar, custou a perder os vícios e a pompa de “grande médico”. Custou a vencer o próprio ego e reconhecer que a luz que vem de cima é sempre maior do que a nossa própria. Custou, mas venceu, e depois dedicou alguns de seus anos a ditar livros para um dos maiores médiuns de que se tem notícia.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

A umbanda é uma religião criada em solo Brasileiro



UMBANDA
Paulo Coutinho
28 de abril de 2014


Como bom Universalista, prezo pelo estudo constante de diversas religiões, doutrinas e  ensinamentos espi ritualistas. Nas postagens do blog prezo por trazer ensinamentos das mais diversas linhas espiritualistas, cren do que todas levam ao caminho da luz, da unidade, do auto conhecimento e da reforma íntima, ou pelo me- nos deveriam. A maioria destes ensinamentos visa o “religare” com a nossa verdadeira essência. Nesta bus- ca contínua estudando a espiritualidade, uma das religiões pelas quais tenho me encantado é a Umbanda. Antes de conhecê-la, por meio de estudos e do próprio desenvolvimento mediúnico com as falanges que trabalham nesta egrégora de Luz, tive a oportunidade de ouvir diversas barbaridades a respeito da Umbanda.

Eu mesmo antes de conhecer verdadeiramente estes ensinos, fui envolvido por um pré-conceito que rondava até mesmo meus familiares mais próximos, o senso comum é algo que temos que ter sempre cuidado antes de concluirmos algo a respeito de um tema. Ouvia coisas tão pejorativas que prefiro não citá-las, mas que tenho certeza que muitos que estão lendo este texto agora já ouviram diversas vezes ao decorrer de sua vida.

E lá fui eu, atrás de respostas, como bom buscador da senda do AMOR deve fazer - buscar as informações livres de pré-conceitos e se distanciando ao máximo do senso comum. E comecei meus estudos acerca da Umbanda para entendê-la melhor.  No começo pensei se tratar de uma religião derivada do candomblé, mas vi que se tratava de algo muito mais complexo do que este senso comum me mostrava.

O que me espantou é que ao estudar a Umbanda, descobri que ela traz ensinamentos muito antigos, uma doutrina multimilenar, adotada desde os primórdios da civilização atlante, eles já tinham acesso a este conhecimento, que na Nova Era muitos estão buscando. Lá ela era conhecida como “Aumbandhã”. Temos a “memória curta”, por assim dizer e pouca informação sobre o passado da nossa própria raça. Esquecemos nossas origens e nos deserdamos da sabedoria que já foi nossa –  o conhecimento UNO, que era cultivado na velha Atlântida. Naquela época ciência e religião eram uma só e mesma coisa, as Leis da Natureza e Leis Ocultas eram estudadas em conjunto. A pura religião Atlante abrangia o que conhecemos hoje como Ocultismo. A umbanda traz em si estes conhecimentos adaptados à realidade brasileira, conhecimentos antigos compartilhados em templos iniciáticos naquela época. Este conhecimento perpassa aos antigos Magos Brancos - caldeus, egípcios, babilônicos, africanos; onde a magia da ancestral atlante, era conservada.

Estes conhecimentos foram retomados com a vinda do nazareno Jesus e de muitos outros instrutores que encarnaram na Terra em diversas doutrinas religiosas. A Ioga, a Teosofia, a Rosa-Cruz e muitas outras doutrinas foram essenciais no processo de reinserção do conhecimento sagrado na consciência coletiva. Kardec mais recentemente foi essencial neste “relembrar” das Antigas Verdades, trouxe-nos conhecimento acerca da reencarnação, lei do carma, mediunismo, períspirito, evolução em diversos planos da manifestação divina, leis herméticas, dentre outros conhecimentos que estavam ocultos e restritos a alguns templos iniciáticos.

COMO A UMBANDA SURGIU?

No final de 1908, Zélio Fernandino de Moraes, um jovem rapaz com 17 anos de idade, que preparava-se para ingressar na carreira militar na Marinha, começou a sofrer estranhos "ataques". Sua família, conhecida e tradicional na cidade de Neves, estado do Rio de Janeiro, foi pega de surpresa pelos acontecimentos. Esses "ataques" do rapaz eram caracterizados por posturas de um velho, falando coisas sem sentido e desconexas, como se fosse outra pessoa que havia vivido em outra época. Muitas vezes assumia uma forma que parecia a de um felino lépido e desembaraçado que mostrava conhecer muitas coisas da natureza. Após examiná-lo durante vários dias, o médico da família recomendou que seria melhor encaminhá-lo a um padre, pois o médico (que era tio do paciente), dizia que a loucura do rapaz não se enquadrava em nada que ele havia conhecido. Acreditava mais, era que o menino estava endemoniado.  Alguém da família sugeriu que "isso era coisa de espiritismo" e que era melhor levá-lo à Federação Espírita de Niterói, presidida na época por José de Souza. No dia 15 de novembro, o jovem Zélio foi convidado a participar da sessão, tomando um lugar à mesa.

Tomado por uma força estranha e alheia a sua vontade, e contrariando as normas que impediam o afastamento de qualquer dos componentes da mesa, Zélio levantou-se e disse: "Aqui está faltando uma flor". Saiu da sala indo ao jardim e voltando após com uma flor, que colocou no centro da mesa. Essa atitude causou um enorme tumulto entre os presentes. Restabelecidos os trabalhos, manifestaram-se nos médiuns kardecistas espíritos que se diziam pretos escravos e índios. O diretor dos trabalhos achou tudo aquilo um absurdo e advertiu-os com aspereza, citando o "seu atraso espiritual" e convidando-os a se retirarem.

Após esse incidente, novamente uma força estranha tomou o jovem Zélio e através dele falou: _"Porque repelem a presença desses espíritos, se nem sequer se dignaram a ouvir suas mensagens. Será por causa de suas origens sociais e da cor ?"

Seguiu-se um diálogo acalorado, e os responsáveis pela sessão procuravam doutrinar e afastar o espírito desconhecido, que desenvolvia uma argumentação segura.

Um médium vidente perguntou: _"Por quê o irmão fala nestes termos, pretendendo que a direção aceite a manifestação de espíritos que, pelo grau de cultura que tiveram, quando encarnados, são claramente atrasados? Por quê fala deste modo, se estou vendo que me dirijo neste momento a um jesuíta e a sua veste branca reflete uma aura de luz? E qual o seu nome irmão? _"Se querem um nome, que seja este: sou o Caboclo das Sete Encruzilhadas, porque para mim, não haverá caminhos fechados."_
"O que você vê em mim, são restos de uma existência anterior. Fui padre e o meu nome era Gabriel Malagrida. Acusado de bruxaria fui sacrificado na fogueira da Inquisição em Lisboa, no ano de 1761. Mas em minha última existência física, Deus concedeu-me o privilégio de nascer como caboclo brasileiro."

Anunciou também o tipo de missão que trazia do Astral:

_"Se julgam atrasados os espíritos de pretos e índios, devo dizer que amanhã (16 de novembro) estarei na casa de meu aparelho(médium), às 20 horas, para dar início a um culto em que estes irmãos poderão dar suas mensagens e, assim, cumprir missão que o Plano Espiritual lhes confiou. Será uma religião que falará aos humildes, simbolizando a igualdade que deve existir entre todos os irmãos, encarnados e desencarnados.”

O vidente retrucou: _"Julga o irmão que alguém irá assistir a seu culto" ? perguntou com ironia. E o espírito já identificado disse:

_"Cada colina de Niterói atuará como porta-voz, anunciando o culto que amanhã iniciarei".

Para finalizar o caboclo completou:

_"Deus, em sua infinita Bondade, estabeleceu na morte, o grande nivelador universal, rico ou pobre, poderoso ou humilde, todos se tornariam iguais na morte, mas vocês, homens preconceituosos, não contentes em estabelecer diferenças entre os vivos, procuram levar essas mesmas diferenças até mesmo além da barreira da morte. Porque não podem nos visitar esses humildes trabalhadores do espaço, se apesar de não haverem sido pessoas socialmente importantes na Terra, também trazem importantes mensagens do além?"

No dia seguinte, na casa da família Moraes, na rua Floriano Peixoto, número 30, ao se aproximar a hora marcada, 20:00 h, lá já estavam reunidos os membros da Federação Espírita para comprovarem a veracidade do que fora declarado na véspera; estavam os parentes mais próximos, amigos, vizinhos e, do lado de fora, uma multidão de desconhecidos.

Às 20:00 h, manifestou-se o Caboclo das Sete Encruzilhadas. Declarou que naquele momento se iniciava um novo culto, em que os espíritos desencarnados que não encontravam campo de atuação em outros locais para o seu desenvolvimento e aprendizado espiritual, poderiam trabalhar em benefício de seus irmãos encarnados, qualquer que fosse a cor, a raça, o credo e a condição social. (Desta fala podemos identificar o cunho universalista da Umbanda)

A prática da caridade, no sentido do amor fraterno, seria a característica principal deste culto, que teria por base o Evangelho de Jesus.

Segundo o espírito Ramatís em seu livro psicografado – A missão da Umbanda, estes conhecimentos foram retomados por meio da Umbanda no Brasil, baseados na lei do AMOR e da CARIDADE. A umbanda é uma religião criada em solo Brasileiro, diferentemente do que a maioria das pessoas imagina ela é uma junção de ensinamentos africanos (orixás e culto aos antepassados), indígena (pajelança, elementais da natureza, magia por meio de ervas, curas em contato com outros seres) do catolicismo (o europeu que trouxe seus santos, muitas vezes sincretizados dentro da umbanda e os ensinamentos de Jesus cristo) e espiritismo (fundamentos de Kardec, reencarnação, lei do carma, progresso espiritual, etc).

A Umbanda possui diversas ramificações e não possui uma doutrina fixa ou um livro codificado com leis no qual se baseia. Existe umbanda de caboclo (com maiores influências indígenas) Umbandomblé, Umbanda traçada (com maiores influências do candomblé e de cultos africanos) e diversas outras de cunho esotérico, tais como a Umbanda esotérica, Umbanda iniciática, dentre outras.

A umbanda é uma religião que se baseia no mediunismo, os médiuns são “canais” de espíritos, tidos como guias espirituais de seus médiuns, que trazem as palavras do cristo, palavras de auxílio e sabedoria aos que precisam de seus conselhos. Há de se diferenciar casas tidas como “umbandistas” onde se cobram por trabalhos espirituais, onde se fazem trabalhos para fazer o mal de algum irmão, arrumar marido, ganhar dinheiro. Casas onde as iniciações são cobradas, onde os tidos guias espirituais “bebem” litros de pinga. Isso não é Umbanda e estes espíritos, não trabalham para luz.

Resumo abaixo algumas das principais idéias da Umbanda:
•Trabalha-se exclusivamente visando o bem, a caridade e a evolução espiritual de todos.
•A umbanda não realiza sacrifício de animais. A Umbanda não faz despacho em encruzilhadas, não suja a natureza, não cobra consultas e trabalhos, não faz trabalho de "amarração"!
•A umbanda não cultua os ORIXÁS como sendo DEUSES, os ORIXÁS são manifestações de um DEUS UNO, manifestações das forças da natureza, cada orixá traz características desse UNO, é uma religião monoteísta.
•A umbanda tem como local de culto a tenda, centro, terreiro, que é onde os umbandistas se encontram para realização de culto aos orixás dos seus guias, estes cultos geralmente recebem o nome de giras ou giras de caridade.
•O culto em terreiros são divididos em giras abertas, consultas ao público em geral com os guias e um desenvolvimento mediúnico fechada aos médiuns da casa.
•O chefe do culto geralmente é o sacerdote ou sacerdotisa ( babá, zelador, dirigente, diretor, mestre) e geralmente são médiuns com mais experiência e que fundaram o local.
•Normalmente a ligação que se faz entre os encarnados e desencarnados ocorre por meio da incorporação, os médiuns “repassam” as informações recebidas aos consulentes - pessoas que vão às giras receber auxílio.
• Exús e pombagiras não são demônios ou seres atrasados, não são bêbados, nem promíscuos como pen sam muitos, são nossos guardiões na Terra. Sem eles não se abre nenhuma gira de caridade, pois eles são responsáveis pela proteção do terreiro.




Este é o chamado para o nosso tempo.





Mensagem de Julie Redstone
27 de Abril de 2014


A Paz virá à Terra, no entanto, ela poderá vir mais cedo a cada decisão de cada coração que liberar o seu próprio medo e atitude defensiva, e buscar colocar o amor no centro de todas as suas ações.

Muitos perderam a esperança pela criação da paz no mundo, porque não podemos ver ainda o caminho através do conflito – não os conflitos que são momentâneos, mas aqueles que continuam por anos, décadas e até séculos.

Temos ainda que descobrir que o caminho para a paz se encontra dentro de nós. 

Isto não se baseia em estratégias, tratados ou poder militar. 
Baseia-se no único desejo do coração de substituir o medo pela presença do amor. 

Amor ao próximo. Amor pela Terra, cujo sangue é derramado a cada encarnação. Amor pela vida sagrada de Deus, que permeia todos os seres. É somente este amor que pode trazer a paz ao mundo, pois em um mundo de unidade, a guerra e o assassinato não fazem sentido, sob qualquer condição.

Onde está esta paz?
Onde ela está no mundo?

Ela não pode ainda ser encontrada no mundo, porque as forças que levam ao desejo pelo poder e o domínio, em vez do amor, ainda influenciam, e estas forças devem ser desmontadas, a fim de ver a paz ser manifestada.

Mas cada um de nós pode procurar viver na paz de nossa natureza mais profunda, conosco e com os outros, abandonando o julgamento onde quer que ele ocorra, incluindo a nós mesmos, abandonando a atitude defensiva onde quer que isto ocorra, sabendo que a firmeza e a atitude defensiva não são a mesma coisa.

A firmeza envolve pretender algo, ser responsável pelos princípios da luz e da verdade. A atitude defensiva envolve se posicionar contra algo, contra a força do que se julga uma ameaça, ou um risco.

Podemos ser firmes e tranqüilos ao mesmo tempo, desde que o que é realizado na Luz Divina pode conter toda a verdade dentro de si mesmo. No entanto, esta verdade deve ser a verdade da luz, que inclui o amor. Não pode ser a verdade de nossa separação dos outros. Não pode ser a verdade do argumento e da raiva.

A Luz inclui o amor e pode ser mantida em nossos corações com firmeza.
O alinhamento com uma verdade superior inclui o amor, que pode incluir a paz.

Por que, então, encontramos tanta dificuldade nisto?

Encontramos dificuldade quando não somos capazes de nos alinharmos com este princípio mais profundo da verdade, que é fundada no amor. Quando procuramos nos opor a algo que parece errado ou prejudicial para nós, mas não sabemos como localizar o amor dentro de nós mesmos que concilia tudo, que mantém todos.

Então, a fim de evitarmos o que consideramos errado, nós contra-atacamos, defendemo-nos, criamos ataques preventivos, manifestamos o nosso poder e a nossa força. Todos estes são armamentos de guerra, porque não sabemos como nos alinharmos com a Luz que contém amor e paz e que mantém tudo em si mesmo.

A Humanidade ainda tem que descobrir este princípio da auto-afirmação que não exclui o outro, que não impede o outro de seu próprio direito de existir. O extremismo de qualquer forma corre o risco de erradicar o direito do outro da auto-afirmação, portanto, o extremismo não pode ser uma prática que detém a luz.

Nossas políticas, bem como as nossas práticas, devem ser inclusivas dos direitos de todos, das almas de todos, a fim de se alinharem à luz. Elas não podem excluir ninguém do nosso amor abrangente.

E se o outro quiser nos prejudicar?
O que fazemos, então?

Este “outro” precisa ser ajudado para ver que ele não precisa ter medo de nós. Que não procuramos tirar nada dele, mas sim, ajudá-lo a realizar os seus próprios objetivos. Esta é a verdade da reconciliação, mas esta reconciliação deve ser praticada com o coração.

Ela não pode ser uma diretriz eficaz, no sentido exterior, a menos que o coração esteja disposto a manter interiormente os seus próprios desejos, não só o que realiza os próprios objetivos, mas o que realiza os objetivos dos outros ao mesmo tempo.

Onde houver a atitude defensiva, onde houver o ódio, há um medo subjacente do que poderia acontecer se estes fossem deixados de lado. Este medo é impulsionado pelas forças negativas que buscam inflamar o conflito e a separação, e a maneira de remover a sua influência é retornando novamente ao desejo do coração de realizar os objetivos de todos e não apenas os próprios objetivos.

A Paz virá à Terra quando o coração se expandir em sua capacidade de amar a todos, e quando todos se conscientizarem de seu relacionamento com o resto da vida que existe como Unidade.

A Paz virá, no entanto, ela virá mais cedo a cada decisão de cada coração que liberar o seu próprio medo e a sua atitude defensiva, e procurar colocar o amor no centro de todas as suas ações.

Este é o chamado para o nosso tempo.

É o chamado do despertar espiritual que busca transformar todo um planeta em um planeta de luz e de paz.



http://lightomega.org
Tradução: Regina Drumond


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...