SINAIS DOS ANJOS E NATUREZA

Queridos, estamos sempre falando com vocês, sempre guiando vocês. Nós encorajamos você e lhe damos informações através de seu ambiente, através de sinais de animais, por sinais de anjos e sinais de natureza.

Há uma riqueza de informações e orientação disponível para você, se você tiver olhos para ver!

Por que não fazer um compromisso para se tornar mais presente, olhar em torno de você e ver verdadeiramente, e estar aberto `as muitas maneiras as quais você pode receber o nosso apoio e direção.

O mundo pode ser verdadeiramente maravilhoso quando você abre espaço em sua vida para incluir a magia.

Mensagem Diária do Arcanjo Miguel
Através de Shelley Young

Maria

Message - Appariton of the Virgin Mary (04/25/2017, Carmo da Cachoeira - Brazil)

Message - Appariton of the Virgin Mary (04/25/2017, Carmo da Cachoeira - Brazil)

meditacao

Musica do blog





Total de visualizações de página

Impulso Universal

Impulso Universal

segunda-feira, 29 de julho de 2013

GAIA necesita huracanes y volcanes activos. Ustedes no saben la gran cantidad de presión y de memorias karmicas de la humanidad que se encuentran atoradas en el cuerpo de de la Madre, ella sólo ve y actúa por el bien colectivo y mayor. Cada evento que ocurre es necesario.

 

                       

 

28/07/2013

Proyecto Conciencia Solar, séptima meditación mensual: El Corazón Arco Iris, conexión con la Red de Vida y la Red de Agua Antártica

Bien amada familia de luz solar, en esta ocasión abrimos este espacio de conexión para brindarles una nueva herramienta de apertura y servicio, a la que llamáremos “Corazón Arcoiris” a través de la cual, Ustedes podrán contribuir a la elevación de la Frecuencia Planetaria en conjunto con la Red de Vida y la Red de Agua Antartica. Pero antes de ello, hablaremos acerca de los procesos que actualmente esta viviendo la tierra y la conciencia colectiva de la humanidad.
 
En los últimos meses grandes cantidades de energía y Luz ingresaron al planeta generando movimientos internos en la Tierra, que como consecuencia produjeron erupciones volcánicas y terremotos en distintas partes del mundo. La Tierra ha ido acumulando grandes cantidades de Luz y frecuencia dentro de su corazón cristalino y poco a poco a ido liberando la presión a través de sus irradiaciones volcánicas y a través de movimientos tectónicos. En realidad, las erupciones son para Gaia una vía de escape y limpieza, un medio de transmutación a través del cual ella se auto libera de las memorias de sufrimiento y dolor, que tanto ella como ustedes portan a nivel celular. Mientras que los terremotos son ajustes de frecuencia vibratoria que producen cambios en el campo electromagnético y en la conciencia colectiva.
 
Hace un par de semanas hubo un terremoto de 7.5 grados en la Antártida. Esto generó en el planeta un cambio frecuencial muy importante. Ustedes saben, Antártida es una de las bibliotecas más importantes del planeta. Es la biblioteca que contiene los registros de la historia de la humanidad y del Planeta. Por lo tanto el hecho de que se haya generado un terremoto de tal magnitud signifique que Gaia está liberando una gran cantidad de información que será retransmitida a través de la Rejilla Cristica a medida que la frecuencia colectiva de la Humanidad se eleve, permitiéndoles ingresar a sus propios registros de memoria celular.
 
Es sumamente importante que ustedes recuerden y reconozcan la simetría que existe entre los procesos que vive Gaia y los procesos internos que viven ustedes. Ya les hemos dicho en ocasiones anteriores que deben estar atentos, pues cada evento físico que ocurre en el cuerpo planetario repercute a nivel emocional en ustedes.
 
Las erupciones volcánicas por ejemplo, son liberaciones de memorias karmicas y a lo largo del año una gran cantidad de volcanes han permanecido en actividad constante. Simultáneamente a nivel interior ustedes fueron experimentando una gran presión emocional, así como el resurgimiento de memorias dolorosas o de emociones poco armónicas que produjeron mucha incomodidad e incomprensión. De pronto se encontraron sintiendo miedo, irá o depresión y no comprendían el porqué. La razón es la simetría y la profunda empatía que existe entre ustedes y Gaia, ella libera ustedes también. Ella sana ustedes también.
 
Generalmente no prestan suficiente atención a lo que ocurre en el cuerpo de la Madre y cuando prestan atención lo hacen a través del miedo. A lo largo del tiempo hemos podido ver que cada vez que ocurre una erupción volcánica o un huracán ustedes envían Luz para disminuirlos. Familia de Luz, porque desean controlar a la Tierra y a la Naturaleza? Que acaso creen que la madre tierra no sabe lo que hace?
 
En lugar de colocarse en la frecuencia del miedo y comenzar a enviar Luz para detener un proceso que por si mismo es necesario y natural, les pedimos que se sintonicen con Gaia desde su corazón, para que ella les brindé comprensión acerca del proceso que esta viviendo. Con esto no queremos decir que no es necesario sostener e irradiar Luz al Planeta, lo primordial es saber discernir hacia donde y como. Pues hay situaciones Planetarias generadas por el Ser Humano que si necesitan de su apoyo constante, ya sea los derrames de petróleo, la contaminación e incluso los experimentos con ultra sonido que los gobiernos realizan. En esas situaciones les pedimos siempre que sostengan Luz y energías luminosas como Códigos de Luz o geometrías, debido a que es fundamental que la Humanidad tome consciencia de relación que tiene con la Naturaleza. En estos casos generados por el Humano, su asistencia es fundamental, pues esto permite que se genere un cambio en la frecuencia planetaria y en el efecto que dichos actos tienen sobre la Tierra.
 
En los casos de eventos naturales, tales como huracanes o terremotos, ustedes no deben dirigir su Luz hacia la naturaleza, sino al plano colectivo mental de la humanidad, pues es en ese plano donde Gaia necesita más trabajo de limpieza y sanación, ya que ahí es donde se mantienen adheridos los patrones energéticos del miedo. A medida que irradian Luz hacia la Humanidad, es fundamental que ustedes sintonicen sus chakras con la Madre Tierra para recibir apoyo y consciencia. En este caso, es fundamental mantener la conexión constante con el Chakra Estrella de la Tierra, pues es su puente de conexión con el corazón de la Madre GAIA.
 
Si desean asistir a GAIA, dejen de enviar energía violeta a los huracanes y volcanes con el propósito de detenerlos. En lugar de enfocarse en detener estos procesos tan importantes de limpieza planetaria, Envíen su luz a través de la RED DE VIDA con el propósito de asistir a GAIA en el proceso de limpieza psíquica y liberación karmica de la humanidad. De esa manera ustedes también se irán auto limpiando y se harán mas conscientes de la simetría empática que prevalece entre Ustedes y la Madre.
 
Los huracanes que GAIA activa en el océano Atlántico son sumamente necesarios para limpiar la densidad acumulada en esa zona desde la caída atlante. Por esa razón año con año GAIA genera una auto limpieza a través de uno o varios huracanes en esa zona.
 
Los huracanes son grandes espirales de transmutación. No necesitan ser transmutados, pues no contienen enojó ni irá, es la forma en la que Gaia transmuta y limpia la densidad del cuerpo emocional colectivo.
 
Familia, es importante que dejen de temerle a la naturaleza y dejen de ver a la Madre y a sus Elementos como enemigos o verdugos. Esa visión de la realidad, es parte de la conciencia de separación y victimización, que sin darse cuenta aún continúan sosteniendo.
 
GAIA necesita huracanes y volcanes activos. Ustedes no saben la gran cantidad de presión y de memorias karmicas de la humanidad que se encuentran atoradas en el cuerpo de de la Madre, ella sólo ve y actúa por el bien colectivo y mayor. Cada evento que ocurre es necesario.
 
Al sincronizar su corazón con Gaia y la Red de Vida comprenderán que aún la erupción volcánica más fuerte es irradiada por la Madre con un propósito esencial de amor.
 
Comprenderán que ella se auto limpia y autosana. Comprenderán que ella los esta acompañando y sosteniendo en su proceso de despertar. Y de esa manera, ustedes sabrán discernir y tendrán conciencia para determinar cómo es que los procesos de la naturaleza les están afectando nivel emocional interno. Sabrán reconocer como una erupción volcánica genera dentro de ustedes emociones de miedo y angustia de dolor. Sabrán reconocer como cuando se manifiesta un huracán ustedes comienzan a sentirse más sensibles emocionalmente y cuando finaliza se sienten liberados y renovados. De esa manera sabrán actuar a nivel interior para purificar sus propios procesos internos y sus propias emociones en conexión con la Madre Tierra, retornando al propósito esencial de la Biblioteca viviente y su relación con la Humanidad.
 
Es importante que dejen de tenerle miedo la naturaleza y que tomen mayor conciencia y asuman la responsabilidad que cada uno de ustedes porta dentro del Plan Divino y dentro de la conciencia colectiva. Con todo el amor les decimos que cada vez que ustedes tratan de enviar Luz para disminuir la potencia de una actividad volcánica o de un huracán es como tratar de tapar el sol con un dedo y realmente lo único que están haciendo es darle la espalda a su propio proceso interno, Pasando de largo maravillosas oportunidades para auto conocerse, para auto limpiarse y para tener conciencia de las memorias karmicas que aún acarrean.
 
Vivir en entendimiento de los ciclos naturales de la Madre GAIA es parte del despertar de la Conciencia Solar. Pues cuando tu conciencia se hace uno con la Tierra comprendes sus movimientos y tomas conciencia de como ella repercute en ti y en toda la Galaxia.
 
La Conciencia Solar es la vibración más elevada que podemos alcanzar a través de la cual la consciencia humana se hace uno con la conciencia de toda la vida en todas partes.
 
La meditación de este mes es en realidad un ejercicio para lograr conectar con la vida y la Tierra a través del corazón. Es la extensión de la meditación del Corazón Dorado y a partir de ahora, será un paso fundamental a tomar cada vez que realicen alguna conexión. A través de este ejercicio se les facilitará mucho más la conexión con la Red de Vida y con la Madre Tierra. Asi mismo incorporamos por primera vez la conexión con LA RED DE AGUA ANTARTICA de forma energética, pues el Agua de Antártida desde que se comenzó a difundir y expandir a través del Planeta ha generado un cambio vibracional importantísimo y ha creado su propio patrón de transmisión de frecuencia holográfica, de lo cual les estaremos hablando mas adelante.

Con Amor, El Maestro Jesús
 
 
 
a través de Kai


.....


 

Les comparto las imágenes para la visualización de la Conexión con la Red de Vida:
Forma del fractal individual de la Red de Vida
 

Forma de sostener TU fractal Individual desde el corazón. impulsado por el Cristal Arcoris octaedrico que es tu Semilla Cristica latiendo dentro de tu llama interior.  
 
Esta es la Forma de Sostener e irradiar en sintonía con la Red de Vida, entrelazando nuestros corazones en Amor, sostenemos esta Gran Red y cada vez que irradiamos Amor, sanación y Transmutación hacia la Tierra e invocamos al Ser interior de nuestras Hermanas y Hermanos a la distancia, la Luz y la Sanación se extienden por todo el Planeta!   
Para quienes recién se suman y no conocen la Red de Vida, les comparto el enlace a la canalización

Esta meditación la realizaremos tambien en maratón el 31 DE JULIO a traves de Radio al Otro Lado del Espejo en los siguientes horarios:

Para España, serán las 12:00, 14:00, 16:00, 18:00, 20:00, 22:00 y 24:00

Para Argentina se emitirá a las 7:00, 9:00, 11:00, 13:00, 15:00, 17:00 y 19:00

Para Chile, seran las 6:00, 8:00, 10:00, 12:00, 14:00, 16:00 y 18:00

Para  Perú, Ecuador, Colombia y México, se emitirá a las 5:00, 7:00, 9:00, 11:00, 13:00, 15:00 y 17:00
 


Recuerden, tanto las Meditaciones como la Activación del Punto de Luz pueden hacerlo en grupo o en solitario. 
Donde exista una persona dispuesta a Servir el universo entero acude en Ayuda!
Les envío un gran abrazo e infinito Amor!
 
 
 
 
 
 
 

Estamos em um momento em que há uma maior necessidade de escolher meios e caminhos que não sejam violentos com os objetivos do nosso coração e as motivações mais profundas que ele mantém.


                             

VIOLÊNCIA NO EGITO, NA SÍRIA E NO MUNDO
Mensagem de Julie Redstone
 28 de Julho de 2013  

 
  Estamos em um momento em que está aparecendo com maior necessidade a escolha de meios e caminhos que não sejam violentos em relação aos objetivos e motivações mais profundas que os nossos corações mantêm. A necessidade de escolher está se tornando mais imperativa, enquanto as motivações em relação à revolta e aos conflitos se tornam mais evidentes, e como isto pode parecer que não há outra maneira.

Não compreendemos como membros de uma nação cometem atrocidades em relação a outros membros da mesma nação, nem que a “causa’ possa justificar o assassinato de homens, mulheres e crianças inocentes, cujos objetivos são pacíficos. Não compreendemos as sementes do ódio e do medo que podem surgir no peito humano, gerando uma resposta protetora que pode, em nome da defesa, tornar-se crime.

 Nós, que não estamos no meio de uma batalha interna, olhamos com dor e choque o fenômeno de compatriotas matando compatriotas. Observamos com dor e choque os sentimentos que exigiriam tal resultado. E, no entanto, nós, também, devemos olhar dentro dos nossos corações para ver onde habita o medo e uma sensação de falta de segurança – medo do futuro, medo do desamparo, medo da miséria, medo do controle autoritário – aí as sementes da raiva e da violência encontram um terreno fértil em que serão plantadas.

 O medo é um poderoso condutor. E onde eles se associam com as experiências reais da impotência para mudar as coisas, ou porque uma representação adequada das próprias necessidades e pontos de vista não está presente, ou porque a mudança parece não ser possível, devido à influência dominante de outro grupo mais poderoso – onde estes são fatores, então pode-se buscar instituir a mudança, não através de meios pacíficos, não através de meios eleitorais, mas através de meios violentos. Esta é a base para a derrubada de governos que permaneceriam firmemente entrincheirados em suas políticas e práticas, e esta é a razão para a exibição recíproca do poder e da força, por parte daqueles que gostariam de permanecer no poder.

 Não pode haver paz, a menos que a base para o medo seja capaz de ser tratada de uma forma diferente. Não pode haver paz, a menos que seja aceito por todos os interessados que o seu ponto de vista seja ouvido e reconhecido. Na medida em que o medo é tratado pela adoção de armas, e na medida em que parece que não se pode ser ouvido e provavelmente nunca se poderá ser ouvido por aqueles que têm outras prioridades na mente, a violência pode parecer o único recurso para criar a mudança e remover este desequilíbrio.

 Em meio a tais resultados, em meio a estas turbulências, a fé na humanidade comum dos seres humanos precisa ser restaurada e o alinhamento com aquelas forças internas e externas que iriam inflamar o ódio e o medo precisa ser eliminado ou acalmado. Há forças e motivações nas pessoas e energias, além de pessoas que buscam perpetuar o conflito violento e não estabelecer um reino de paz. Estas forças e motivações devem ser reconhecidas, e a escolha de não lhes dar credibilidade, de não acreditar, junto com eles, que a mudança pode somente ser induzida pela violência e pelo ódio, deve ser firmemente mantida.

 Quando este for o caso e na medida em que este é o caso, o coração humano, em contato com as suas verdades mais profundas, encontrará uma maneira de se comunicar com os outros e estar com os outros com quem ele pode ter uma vez parecido impossível de se comunicar ou de estar. O coração humano, em contato com os seus próprios recessos, encontrará uma maneira de reconhecer e de aceitar a unidade de todos os objetivos e metas de cada coração humano mais profundo, e conceder estes atributos comuns até mesmo a “ex-inimigos”.

Não estamos ainda em tal momento, mas estamos em um momento em que há uma maior necessidade de escolher meios e caminhos que não sejam violentos com os objetivos do nosso coração e as motivações mais profundas que ele mantém. A necessidade de escolher está se tornando mais imperativa, enquanto as motivações em relação a revoltas e conflitos se tornam mais evidentes, e como pode parecer que não há outra maneira. Esta escolha é feita primeiro por cada consciência individual, então por grupos de pessoas, em seguida por nações, de não justificar o uso de meios violentos para alcançar as próprias metas, como se isto fosse a única maneira – de não ser seduzido pela crença de que a ira e a revolta violenta são os únicos meios para um fim.

Na presença do alinhamento com as verdades mais profundas do coração, cada coração encontrará a coragem e o compromisso de buscar e de encontrar as rotas alternativas que podem ser encontradas para a cooperação, o compromisso e a paz. Cada coração encontrará o caminho, porque há um caminho, e porque todos os corações vivem nos recessos de sua vida interior, no domínio de uma unidade essencial que envolve todos. Este é o objetivo que deve ser buscado, não como um objetivo idealista que nunca pode ser realizado, mas como uma meta realista cujo momento chegou.  
 
-.....---==II==----.....-
 
 
 Direitos Autorais:
Fonte:   http://lightomega.org/  
Traduzido por: Regina Drumond Chichorro 

"Un nuevo Paradigma para la Supervivencia de la Civilización"







Este vídeo e o publicado anteriormente devem ser assistidos em sequencia:

http://youtu.be/fluCMuiGSQM ou
http://www.youtube.com/watch?v=fluCMuiGSQM

Publicado em 12/12/2012
Discurso de Helga Zepp-LaRouche en la apertura de la conferencia del Instituto Schiller "Un nuevo Paradigma para la Supervivencia de la Civilización" que tuvo lugar en Frankfurt, Alemania, el 24 y 25 de Noviembre de 2012

 

"Las consecuencias globales de la inestabilidad en el Medio Oriente"




Clique a seguir para assistir:
http://www.youtube.com/watch?v=DgSlMjgBRDc
http://youtu.be/DgSlMjgBRDc


Publicado em 14/12/2012
"Las consecuencias globales de la inestabilidad en el Medio Oriente"
Discurso del Excmo. Sr. Embajador de Irán en Alemania, Alireza Sheikh Attar, en la conferencia del Instituto Schiller "Un nuevo Paradigma para la Supervivencia de la Civilización", que tuvo lugar en Frankfurt, Alemania, el 24 y 25 de Noviembre de 2012. ------------------------------------

En las últimas semanas, el peligro existencial que la especie humana enfrenta ha quedado claro para todas las personas pensantes. La política de "cambio de régimen", implementada desde el colapso de la Unión Soviética, y que "bombardeó a Irak de vuelta a la Edad de Piedra", sumió a Libia en la anarquía, convirtió a Afganistán en una pesadilla, y desestabilizó al Estado laico de Siria con intervención extranjera y guerra religiosa; ahora amenaza con provocar una explosión de caos incontrolable en todo el mundo, en caso de operaciones militares contra Irán.

El Medio Oriente amenaza con convertirse en los nuevos Balcanes, con alianzas existentes que pueden comenzar una conflagración, al igual que antes de la Primera Guerra Mundial. Lo impensable puede ocurrir. Por ejemplo, que la Destrucción Mutua Asegurada ya no sirva como elemento disuasorio, sino que se convierta en realidad como resultado de una guerra termonuclear, llevando a la extinción de la raza humana. No, en algún momento en el futuro - sino en las próximas semanas.

La dinámica detrás del peligro de guerra también está impulsada por la caída acelerada del sistema financiero transatlántico. La política de Ben Bernanke de expansión de la liquidez en la Reserva Federal de Estados Unidos, eufemísticamente llamada "flexibilización cuantitativa III", es tan hiperinflacionaria como la compra ilimitada de bonos del Estado por el Banco Central Europeo de Mario Draghi.

La emisión monetaria hiperinflacionaria, combinada con austeridad brutal contra la población y la economía real, en la tradición del Canciller del Reich alemán Brüning, ya ha tenido el efecto de acortar la vida de millones de personas en Grecia, Italia, España y Portugal, y amenaza con sumir a Europa en una espiral de caos social incontrolable.

La pregunta que debemos responder urgentemente es si la especie humana, confrontada a su propia autodestrucción, será lo suficientemente inteligente como para cambiar de rumbo a tiempo ¿Vamos a desechar el ruinoso paradigma actual que busca consolidar un imperio mundial y que sostiene que la guerra es un medio legítimo para resolver los conflictos geopolíticos, y sustituirlo por un nuevo paradigma que asegure la supervivencia humana?

Para ello, necesitamos una visión de futuro. Esta visión no puede ser generada a partir de la forma de pensar monetarista o estadística-lineal de un sistema oligárquico, que niega las leyes del universo físico real y la creatividad humana. Tampoco puede venir de un "consenso" en torno a soluciones a muchos problemas secundarios: es decir, pensando "desde abajo." Sólo puede venir de pensar "desde arriba", según la definición de Nicolás de Cusa en su método de la coincidencia de los opuestos (Coincidentia Oppositorum), con lo que el Uno es de un orden superior que los Muchos. Con esto, Cusa coloco la piedra angular del principio de la Paz de Westfalia y el derecho internacional, desarrollando un método universal de solución de problemas y conflictos.

Ese método sigue siendo válido hoy en día, por lo que debemos empezar por la definición de los objetivos comunes de toda la humanidad. De hecho, ¿qué podría ser más importante que la cuestión ontológica del "esse", (el ser) -- de cómo asegurar la existencia sostenible en el tiempo de la especie humana?

Así, si queremos encontrar una solución a la doble amenaza existencial para la humanidad --el peligro de una guerra termonuclear mundial y la crisis económica sistémica-- el nuevo paradigma debe ser coherente con el orden de la creación. Necesitamos un plan para la paz en el siglo XXI, una visión que inspire la imaginación y la esperanza de la humanidad.

Todos los medios científicos y tecnológicos necesarios para superar la pobreza y el hambre en el mundo existen, y deben ser utilizados. Hay dos grandes regiones de nuestro planeta donde la falta de desarrollo clama por soluciones, siendo uno el continente Africano, al que nunca se le permitió recuperarse de la explotación colonial de siglos, y el otro es el Cercano y Medio Oriente, que ha caído muy por detrás de sus períodos de oro, cuando Bagdad era el centro de la cultura mundial, o cuando Palmyra Tadmur en Siria era una perla en la antigua Ruta de la Seda.

Una visión de un renacimiento económico y cultural de estas regiones debe ser un punto fundamental en la agenda política, que introduzca en la discusión un elemento de razón, a un nivel más elevado que los diversos conflictos locales, étnicos e históricos.

domingo, 28 de julho de 2013

Em seu chakra laríngeo reside o fio da comunicação com sua alma, reside a união direta com seu diálogo interno.


 
 
ABERTURA DO CHAKRA DA GARGANTA
Mestre Sananda e Melquisedeque
Canalizado por Elsa Farrus
Em 26 de julho de 2013

Nas próximas horas experimentarão uma grande mudança de consciência.

Abre-se em vocês a conexão direta com o seu chakra laríngeo.

É por isso que muitos de vocês estão experimentando intensas dores de cabeça e na mandíbula, é por isso que estão expressando aquelas coisas que antes não haviam se atrevido.

Em seu chakra laríngeo reside o fio da comunicação com sua alma, reside a união direta com seu diálogo interno.


 
Em seu interior, os cristais se unem de tal maneira que no final de suas decisões formar-se-á um icosaedro que emite a decisão em forma de verbalização e de vibração.

Até agora este cristal havia permanecido opaco ou translúcido no interior do chakra laríngeo, no chamado chakra do coração ascendido (em algumas culturas).

Agora os véus desta separação se transformam e muito muito rápido até desaparecerem, desde o passado maio de 2013.

Por isso já se pode restabelecer a comunicação entre planos e realidades sem perder a consciência e de maneira ativa.

Obrigado, irmãos, e nós comemoramos com vocês esta nova ponte de comunicação.

Estamos junto de vocês.

Mestre Sananda e Melquisedeque.


 Obrigada a todos por difundir esta mensagem.
Elsa



Tradução: Blog Sintese

Mas o que queremos compartilhar é que observem que seu interior é um grande computador que trabalha de acordo com as informações que vocês o alimentam.


 


Ligando seu computador interno
  

Mensagens dos Arcturianos


Canalização de Sandra M. Luz
28/07/2013
 
 
Saudações arcturianas, saudamos a todos na frequência do amor e da luz.
Queridos irmãos gostaríamos de compartilhar mais alguns conhecimentos para ajuda-los a manterem-se conectados ao seu interior.
Em nosso mundo constantemente fazemos uma checagem de nossas frequências, para que possamos estar sempre em frequências harmoniosas.
Conhecemos um pouco de suas rotinas diárias e sabemos que a maioria de vocês trabalham junto a computadores e então, achamos que podemos passar a vocês uma técnica diante de seus computadores.
Imagine-se diante de seu local de trabalho, você sentando-se para começar seu trabalho. 
A primeira coisa que fazem é ligar seu computador. 
Enquanto ele está abrindo todos os programas existe um tempo que você necessita esperar.
Então convidamos vocês a usarem este tempo de forma valiosa...
Enquanto estiverem esperando, aproveite e liguem seu computador interno, observe como vocês estão.

Como estão seus pensamentos?
Quais são os sentimentos que você está iniciando seu dia?

Parece que já estamos lendo suas telas mentais, mesmo antes de compartilhar esta mensagem junto a vocês.
Este canal sorriu ao mencionarmos isto porque sabe um pouco mais sobre a rotina de vocês.
Mas o que queremos compartilhar é que observem que seu interior é um grande computador que trabalha de acordo com as informações que vocês o alimentam.
E o alimentos deste grande processador de informações são seus pensamentos, palavras, sentimentos e ações.
E acredite queridos irmãos, dependendo das informações que colocam dentro dele, o seu programa externo funcionara bem ou não.
Parece estranho isto, não? Dois programas aparentemente independentes, mas misteriosamente conectados.
Cada vez mais vocês vivenciam a energia da cobrança e cada vez mais isto tem tirado o equilíbrio de vocês e trazendo um grande desconforto em suas vidas.
Mas, ao fazerem a leitura de seu computador interno verão como estão e onde devem colocar informações novas, melhores, mais harmoniosas para que ele se harmonize e trabalhe ao seu favor.
Ao perceberem que seus pensamentos e sentimentos não estão muito equilibrados, podem começar alimentar seu interior com pensamentos e sentimentos positivos.
Este canal nos pede que exemplifiquemos alguns pensamentos para auxilia-los, então vamos la´...

Podem substituir seus pensamentos pensando:

  1. Vou ficar atento e filtrar o que as pessoas me falam, o que observo e só vou gravar dentro de mim informações que eu também concorde;
  2. Vou me lembrar, ao ouvir coisas desagradáveis vindas de pessoas estressadas, que elas estão desequilibradas e que eu não preciso fazer o mesmo;
  3. Vou me lembrar de que cada ser esta´ em sua frequência vibratória e que não preciso entrar na frequência do outro agindo da mesma forma.
  4. Vou me lembrar de que posso mudar o meu externo se vibrar diferente, mas numa potência maior, mais alta, mais elevada.
  5. Vou me lembrar de que assim que terminam as lições a aprender, muda-se também o palco;
  6. Vou me lembrar de que quanto mais respostas positivas der a cada cena, vendo as coisas boas, melhor estarei alimentando meu computador interno 
  7. Quanto mais informações positivas meu computador interno tiver, mais rapidamente trará as informações que desejo;

Em seu computador interno, as informações negativas trazem um processamento lento, desarmonioso, informações são decodificadas erradamente e os resultados não são precisos.
Bem achamos que já usamos exemplos suficientes para auxilia-los.
Observem queridos irmãos, que vocês são os grandes alimentadores de seu computador interno, e para que ele funcione perfeitamente precisam alimenta-lo com as informações corretas.
Se desejam felicidade, alimente seu interior com esta informação.
Se desejam saúde, alimente seu interior com estas informações.

Se desejam uma coisa e pensam em outra, seu computador interno não processa corretamente suas informações.

Esperamos que quando ligarem seus computadores externos possam se lembrar do que compartilhamos aqui.
Agradecemos mais uma vez a oportunidade de compartilhar.
Encerramos esta conexão na frequência do amor e da luz.
Somos os Arcturianos.
 

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Então hoje, quando nossas mentes começarem a nos contar as velhas estórias de “coitadinho de mim”, podemos parar, respirar e sorrir, lembrando que agora as coisas estão mudando e não precisamos mais agir do mesmo jeito que antes.


                                teatro, vaidade

NADA DE DRAMA, POR FAVOR; ESTAMOS EVOLUINDO…
Sarah Varcas,
 23 de julho de 2013  

  No rastro da Lua Cheia, nós nos encontramos numa janela de oportunidade que durará até a Lua Azul de 20/21 de agosto. Esta oportunidade pode ser muito favorável e preciosa, se estivermos preparados para abraçá-la e fazer a nossa parte. Entretanto, se a deixarmos escapar, poderemos lamentar nossa falta de entusiasmo por ela, nos próximos meses. É a oportunidade de descobrir como lidar com energias poderosas em nossas vidas, transmutando o que a princípio pode parecer prejudicial em algo bem mais criativo e positivo.

Este ato de alquimia energética é um dos maiores desafios para o ser humano. O ego gosta tanto de se prender a experiências aparentemente negativas e transformá-las numa refeição! Se deixássemos por conta dele, todo dia seria um drama Shakespeareano de jogos de poder, batalhas entre vontades e lutas mortais, tal é o relacionamento do ego com os melodramas da vida.

 Mas o desafio que temos diante de nós agora é levar a vida de forma diferente. Não, as coisas nem sempre caminham do jeito que esperávamos, as pessoas não agem do jeito que gostaríamos e não se comportam como nos comportaríamos… mas, e daí? Esta é a natureza da vida. Para cada vez que ficamos frustrados com alguém, existe alguém igualmente frustrado conosco; para cada ocasião em que cedemos às exigências de outrem, há alguém que também cedeu às nossas exigências da mesma forma em algum momento… e há grandes chances de que nem sequer o percebemos! Dar e receber – os altos e baixos da vida – significam que estas coisas ocorrem todos os dias e, se permitirmos que o ego continue fazendo uma grande novela de tudo, então, francamente, depois de tudo que aprendemos nos últimos anos, que esperança existe?!

 Portanto, este mês é um momento para fazermos tudo diferente, começando hoje. Na chegada da Lua Azul daqui a um mês, teremos a oportunidade de fechar a cortina sobre algumas partes de nossas vidas que realmente já ultrapassaram o limite da nossa acolhida e devem ser liberadas. Quando esse momento chegar, precisaremos ter bastante clareza sobre quais são essas partes e providenciar para que elas estejam de malas prontas para partir, dando-lhes um adeus firme e final, enquanto as observamos desaparecendo no horizonte. E para que possamos fazer tudo isso, podemos experimentar viver sem elas nas próximas semanas, mesmo que continuem sussurrando em nossos ouvidos diariamente.

 Então este é o plano: fique atento ao momento em que o ego se liga em alguma coisa e se apronta para preparar o drama habitual. Ele geralmente usa o mesmo enredo do último drama, e do anterior a este… Pode ser algo do tipo “ninguém aprecia os meus esforços” ou talvez “sou tão inútil, que nunca vou conseguir levar isto adiante”, ou “não posso suportar a dor desta separação” Ou pode ser algo bem específico, como “sou deste jeito porque x e y aconteceram comigo e nada vai mudar isso”
É assim que o ego nos captura, identificando-nos com as condições dolorosas em nossas vidas e estimulando-nos a criar uma identidade a partir delas. É um jogo sutil e poderoso, porque fica muito mais difícil nos desapegarmos dessas condições, quando sentimos que elas são uma parte fundamental daquilo que somos. Se não conseguimos imaginar a vida sem estarmos deprimidos, estressados ou aflitos todos os dias, então realmente precisamos fazer as coisas de um modo diferente, a partir de hoje.

 Não é fácil. Os seres humanos são complexos. Nossas mentes têm um grande poder sobre nós e a transformação pode ser um processo longo e doloroso nos aspectos mais densos de nossas vidas. Mas até isto está começando a mudar agora. O cadinho cósmico do mês que vem está pronto para acelerar o processo e libertar-nos das coisas que vem nos prendendo há um tempo demasiadamente longo… desde que façamos a nossa parte! Então hoje, quando nossas mentes começarem a nos contar as velhas estórias de “coitadinho de mim”, podemos parar, respirar e sorrir, lembrando que agora as coisas estão mudando e não precisamos mais agir do mesmo jeito que antes. E em seguida fazer o que faríamos se não estivéssemos vivendo aquele drama em particular, se não estivéssemos mais assumindo a velha estória sobre nós mesmos e nossas vidas.

 Estamos aprendendo um novo papel agora, trabalhando com um script diferente e, assim como um ator, estamos nos preparando para o grande momento. Precisaremos de um certo tempo e de comprometimento para conseguirmos chegar lá, e quando o fizermos… bem, nossas vidas poderão ser uma performance digna de um Oscar e poderemos nos orgulhar justamente de não termos nos permitido ser moldados como algo ou alguém que não somos.

 Amor para todos,

 Sarah Varcas  
 
-.....---==II==----.....-
 
 
 Direitos Autorais:
© Sarah Varcas. Todos os direitos reservados. É dada permissão para compartilhar livremente este artigo em sua totalidade, desde que seja dado todo crédito ao autor. E que seja citado o site onde este texto é oferecido gratuitamente:  www.astro-awakenings.co.uk.
 Fonte:  http://astro-awakenings.co.uk/23rd-july-2013-between-now-and-the-blue-moon
 Tradução de Vera Corrêa
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...