Musica para acompanhar a Sua caminhada, neste Blog

Musica para acompanhar a Sua caminhada neste Blog

Musica: Escúchame Redentor

Mensagem de Maria

Você vai precisar de um copo com água. Deixe-o junto de você, antes de começar a assistir o video. Após a orientação de Maria, você ira bebê-la.

Total de visualizações de página

Divaldo

IMPULSO UNIVERSAL

IMPULSO UNIVERSAL

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Os Sirianos são membros de uma grande federação galáctica...

Sirians landing on Earth Pictures, Images and Photos

 Os Sirianos são membros de uma grande federação galáctica e algum tempo antes a nossa assim chamada “história registrada”, A Terra costumava também ser parte da Federação. Existem histórias diferentes que diferem de fonte para fonte a respeito do que aconteceu e fez com que os humanos, ou partissem ou fossem deixados para fora da Federação, após uma espécie de desastre de manipulação genética. Mas agora, a Terra está entrando numa grande mudança e parece que todos querem estar aqui para ver o que acontece, alguns como participantes, como os Sirianos, e alguns como observadores. Após a Ascensão, a Terra novamente será um membro ativo da Federação Galáctica.

A Ascensão
Este processo de Ascensão pode e será manifestado de muitas maneiras diferentes, e depende de todos nos, coletivamente, decidir como e quando ocorrerá. Criar a Ascensão começa com cada um de nós, no interior. Os guias Sirianos que eu conheço, dizem que a coisa mais importante para fazer é irmos dentro de nossos corações e estarmos abertos para Amar Incondicionalmente.

Os Sirianos estão trabalhando conosco, primeiro como seres individuais e depois estão nos dando sugestões do que está acontecendo, enquanto encontramos outros e formamos juntos pequenos grupos que se interconectam uns aos outros, e então começamos a compartilhar nossas experiências. Mais tarde, isto levará a uma compreensão mais conscienciosa do que o propósito deles/nosso está na transformação do planeta Terra enquanto ele se encaminha para a Ascensão. A Ascensão será como uma chave, abrindo e ancorando o Corpo de Luz com os corpos físico, emocional e mental, permitindo que eles se integrem e assim dêem a cada indivíduo acesso muito maior a dimensões mais elevadas e experimentem a Unicidade com outros.

Como os sirianos estão presentes na Terra nesta época

Os espíritos sirianos vem em muitas formas, principalmente como golfinhos e baleias (cetáceos), que são os seres sentientes mais completamente conscientes neste planeta. A razão para isto é que como cetáceos, os seres não experimentam uma dura separação e sentimentos de isolamento da Mãe Terra e da Natureza, como os humanos tendem a sentir. Os Cetáceos são verdadeiramente os guardiães da Terra. Os humanos teriam que compartilhar esta missão de cuidar da Terra e de toda a vida nela existente, mas a maioria dos humanos tem estado “adormecidos” há muito tempo e estão destruindo rapidamente a si mesmos, bem como a Terra e a Natureza. Os Sirianos, junto com muitos outros, estão aqui para nos ajudar a mudar isto.

Uma outra maneira pela qual os Sirianos aparecem na forma física na Terra é como “sementes estelares” humanas, aqueles que passaram a maior parte de suas vidas em um corpo Siriano, mas escolheram encarnar como um humano da Terra para um propósito específico, ou através de nascimento ou como entrantes. Há também os que vem como emissários, que escolheram passar a maior parte de suas vidas neste ciclo, como humanos terrestre, e a maioria deles estão ou estiveram no processo de serem “despertados” por seus guias de Sirius em outras dimensões. Estes guias estão trabalhando com os Corpos de Luz dos seres físicos, bem como com seus corpos físicos, mentais e emocionais, para prepara-los para vir para a consciência total.

Nossas relações com os Sirianos

Aproximadamente há dois milhões de anos, os Sirianos começaram a adicionar algo de seu próprio DNA ao material genético de Homo sapiens. Eles ajudaram a criar os corpos que temos agora; então, geneticamente, somos quase idênticos a eles. As principais diferenças é que os Sirianos tendem a ser mais altos que nós, com cérebros maiores e mais desenvolvidos e que eles vivem muito mais tempo. Na verdade, o cérebro Siriano tem um outro lobo acima do frontal, muito semelhante ao que as baleias e os golfinhos tem.Ele lhes permite ter visão estereoscópica: eles podem ver dentro de um objeto bem como do lado externo e do lado oposto em terceira dimensão. Também, os Sirianos, assim como os cetáceos, tem enormes capacidades telepáticas e psíquicas. A comunicação telepática é concentrada através do quarto chakra, o cardíaco, mais do que com o quinto e o sexto chakras. Isto faz com que a comunicação seja muito mais amorosa que apenas palavras ou pensamentos. Os Sirianos também ajudaram geneticamente a co-criar as formas golfinho/baleia, e esta é uma razão pela qual muitos espíritos Sirianos são tão atraídos aos que estão encarnados na Terra como Cetáceos. Eles amam tornarem-se alegremente suas co-criações.

Os Sirianos que estão em sua forma etérica ou em sua forma nativa estão agora trabalhando com muitos de nós, não somente na ativação e abertura de nossos cinco chakras interplanetários mais elevados e em partes do nosso cérebro que estiveram dormentes, mas eles estão também trabalhando na nossa estrutura genética. O DNA humano irá voltar, de sua atual estrutura em dupla-hélice à sua estrutura original de 12 hélices. Para aqueles que são adultos, o nosso DNA em nossos corpos não irá mudar muito. Mas para aqueles de nós que tem ou terão crianças pequenas em um futuro próximo, os Sirianos estão trabalhando com muitos de nós para mudar o DNA dos óvulos e espermatozóides. Isto então dará a certeza de que as crianças nascerão com o seu DNA totalmente de 12 hélices e na verdade já tem a estrutura em seus corpos físicos para que sejam totalmente conscientes. Portanto, essas crianças não terão que ser “retro-alimentadas” como nós adultos.

terça-feira, 30 de agosto de 2011

É preciso apertar a auto-observação sobre nós mesmos!


Os Departamentos Mentais

Os departamentos da mente são os recôndidos, as pregas mentais, as
profundezas abismais dentro de cada um de nós, onde se escondem os mais
terríveis agregados psíquicos, demônios que criamos, eus diabos que nos
escravizam, que nos tornam habitantes seguros do Averno, enfrascando a
Essência pura e divina. Estes agregados possuem morada nas infradimensões
da natureza.

Na prática como isto funciona?

Conforme nos aprofundamos em nós mesmos, à medida em que vamos
nos limpando de todo lixo psicológico, no trabalho interno de autoobservação
e auto-superação aqui entregue, iremos captar defeitos até então
desapercebidos, escondidos em nossas mais obscuras profundezas mentais.

Alguém que se julgue muito honesto, com muito espanto poderá ver em
si mesmo o defeito da desonestidade, o eu da trapaça, que quer levar
vantagens sobre os semelhantes. Aquele que se julga casto, eis que tem
dentro de si descobrirá o defeito da fornicação. Aquele que se julga caridoso,
tremenda será sua surpresa ao se deparar com o eu do egoísmo, da
crueldade, etc... Por isto há que se eliminar os agregados e suas múltiplas
ramificações, com todos os seus ângulos distintos nas inumeráveis pregas
mentais, pois, os defeitos se encontram irmanados, um alimentando ao
outro. Necessitamos eliminar os defeitos que aqui e agora observados para
avançar no trabalho para captar e compreender os defeitos até então
desapercebidos.

Será preciso trabalhar muito firme e decididamente de forma a nos
fazermos fortes e corajosos para investigar toda podridão interior, enfrentar
e vencer a nós mesmos!

O Trabalho Interior e os Meios de Informações

As mensagens que aqui são entregues necessitam ser compreendidos por
todos nós através das práticas. Assim tornaremos o diário viver uma eterna
prática em busca do Silêncio Mental, pois, não há como dar o segundo passo
sem ao menos ter dado o primeiro, há estágios, patamares, níveis distintos
de compreensões. O Revolucionário de si mesmo travará
uma verdadeira batalha interior contínua para dar oitavas ascendentes no
trabalho interior.

É preciso apertar a auto-observação sobre nós mesmos, assim como as
disciplinas internas para ver quem dentro protesta! É algo como que ao
longo de muitos anos ao limpar a casa fôssemos empurrando, ou varrendo
toda sujeira para debaixo de tapete da sala. Se não quisermos conviver com
todo este lixo, este chiqueiro mal cheiroso, certamente que teremos que
retirar o tapete para observar e limpar todo lixo acumulado. Este paralelo
faço com relação ao trabalho contínuo de lapidação interior para realizarmos
a emergente limpeza psicológica.

Podemos dar ênfase na questão da televisão, internet, assim como
ampliar isto com relação aos demais maus hábitos, manias, atos mecânicos e
hábitos em geral que alimentamos amarras, travas para o nosso despertar...

Devemos romper com tudo isto, se é que realmente queremos nos tornar
revolucionários de nós mesmos!

Através da auto-observação vamos descobrindo que não somos tão
bonzinhos como achávamos, vamos percebendo que somos uma pilha de
defeitos psicológicos, envoltos em manias, em egoísmos, em busca do saber
subjetivo, intelectual que nos mantém adormecidos e desconectados da

Infinita Sabedoria do SER!

Sendo assim, defeito observado deve ser defeito eliminado
imediatamente! Não podemos continuar passando as mãos, sobre a cabeça
do ego.

Inconformados conosco mesmo, com esta triste situação interior em que
nos encontramos, buscaremos nas práticas de morte do ego a nossa
libertação de tudo o que criamos ao longo destes anos todos, vivendo na mais
absoluta inconsciência de nós mesmos.

Com a prática da morte do ego, haveremos de realizar profundas
transformações em nós mesmos. Se não nos transformamos, se não
rompemos com toda a mecanicidade em que estamos mergulhados, significa
que não estamos morrendo. Que estamos nos auto-enganando.

Quem não morre em si mesmo não pratica, não é um revolucionário,
mas sim um simpatizante do ensinamento, gosta de participar das reuniões,
ouvir as palestras, as conferências, etc... Mas está sempre justificando isto ou
aquilo para continuar no adormecimen e robustecer os gostos, os hábitos,
as manias, a mesmice... Não quer mudar, não quer se transformar, tem
medo, tem apegos pelo ego, não quer morrer, é um eterno pré-ocupado
consigo mesmo, pré-ocupado com as suas múltiplas necessidades, um
egoísta, não quer se revolucionar e isto é tudo!

Eliminando o egoísmo, nos lançamos a servir o semelhantes, não vamos
esperar que aqueles que necessitam venham até nós, mas sim vamos até eles!

O ego curioso faz as pessoas se perderem muito facilmente pelas buscas
subjetivas, assuntos fantasiosos, meias-verdades, pois, não gosta de
disciplinas, se dispersa muito facilmente, já que se encontra perdido em
múltiplos pontos conflitantes entre si.

Vamos despertando quando percebemos que o sentido da vida está em
servir aos semelhantes, quando eliminamos os eus que gostam disto ou
daquilo, que nos faz perder horas e horas diárias atrás de entretenimentos,
jogos, disputas, sonhos de consumo já tão massificados pelos meios de “desinformações”,
para fazer as pessoas consumirem desenfreadamente e assim
serem consumidas pelo sistema degenerado.

Com a morte do ego compreendemos onde nossa psicologia se apoiava
naquele tempo que passávamos a buscar algo externo, inferior, vamos
morrendo em nós mesmos, vamos mudando, nos transformando, colocando
“nossas vidas”, entre aspas pois não nos pertence, mas sim ao Pai! E a Obra
do Pai está em servir a Humanidade, realizar boas obras, pagar as dívidas,
eliminar o ego! Revolucionar a Consciência!

Os meios de “des-informações” conduzem as pessoas ao consumismo, a
consumir impulsivamente até aquilo que não necessitam, o descartável, o
inútil, o fútil, o mais “bonito”, o mais “moderno” apenas para satisfazer o
desejo momentâneo em “ter” isto ou aquilo, tal ou qual produto, que todos
estão comprando, inclusive os vizinhos, colegas da escola, colegas de
trabalho, etc... Então, o ego que não quer ficar para trás, quer ter também,
pois, o ego é um eterno insatisfeito, quanto mais tem, mais ainda quer
possuir, se robustecendo conduzindo as pessoas à involução. Seguem as
pessoas assim alimentando as cobiças, a inveja, o materialismo!

Tudo `a volta está no sono da consciência, nos jornais, nas revistas, no
rádio, na televisão, etc... Os anunciantes alimentam o consumismo através
das propagandas em massa, saturam as pessoas de informações que feito
robôs se colocam a consumir, a obedecer às ordens do sistema, sem ao
menos se questionar internamente, apenas pelo “prazer” de ter e consumir.

É urgente compreendermos isto tudo, para que nos façamos autoobservadores
conscientes de nós mesmos e de tudo à volta, para que não nos
tornemos mais um em meio à multidão, para que desgarremos desta manada
involutiva e despertando a consciência, possamos ajudar aos semelhantes,
alertando-os, entregando estas compreensões vividas à todos. Se estivermos
diante das revistas, dos out-doors, dos programas de tv, dos comerciais, das
propagandas, iremos nos manter suplicantes, transformando as impressões
que nos chegam ao corpo mental de segundo a segundo, para não nos
deixarmos dormir, para não nos deixarmos seduzir pelo fútil, pelo inútil,
pelo ilusório, pelo que pertence ao tempo e com o tempo será consumido
inevitavelmente.

A internet da mesma forma que é usada pela loja negra para alimentar o
consumismo, a pornografia, a maldade, iremos transcender a tudo isto
usando-a disciplinadamente para levar a Revolução da Consciência à todos
os irmãos da Humanidade, à todos que querem!

Assim comprovaremos que este meio se torna um veículo maravilhoso a serviço
da Fraternidade Universal Branca, que inclusive já foi previsto pelo VM Samael
que o ensinamento seria divulgado de forma diferente no futuro. Eis a hora!

Estamos vivendo isto, pois, as mensagens veiculadas chegam aos mais
diversos pontos do país, desde o interior do Estado do Amazonas, no meio da
floresta, como atravessa os Oceanos chegando aos demais continentes. Isto
tudo fui compreendendo nas práticas, buscando a transformação interior,
compreendendo a emergência de morrer em mim mesmo os múltiplos
desejos, para fazer a Única Vontade do Pai. Assim precisamos nos direcionar,
pois se não estamos praticando, implantando e estreitando as disciplinas
interiores em auto-observação e auto-superação, estaremos robustecendo o
ego, criando formas mentais com as quais iremos sonhar, ao invés de termos
desdobramentos conscientes no astral.

Despertar a Consciência é descobrir que o motivo pelo qual estamos
aqui é o de auto-superação, de realização de boas obras, enfim, viver para
realizar a Obra do Pai servindo os semelhantes!

O tempo que perdíamos com os maus hábitos passamos agora à nos
dedicar a realização da vontade e Obra do Pai, realizando algo superior por
nós mesmos e pela Humanidade, servindo-a, mas em secreto, sem fazer
alarde, sem ficar fazendo propagandas do que estamos fazendo, o Pai sabe e
isto nos basta.

Vale o que fizermos pela Alma!


Livro: "Auto-conhecimento" - V.M. Uriel

Sugestao para complemento desta leitura:
INGRESSO EM CAMINHOS SUPERIORES - AUDIO COM TRIGUEIRINHO

33 minutos

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

CHEGOU A HORA DE PARTICIPAR DA VIDA GALACTICA


Edmund Halley

JÁ COMEÇOU O PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO

Vocês entrarão na zona nula e começará o processo de transformação.Não só estarão na escuridão, como também nenhum de seus aparelhos elétricos funcionará. Quando as bombas deixem de operar e os tanques de água estejam vazios, a água não correrá e os banheiros não funcionarão. Os automóveis não poderão ser ligados. Encontrar-se-ão em um mundo completamente novo. Apesar destas incríveis dificuldades, algo terá acontecido em seus corpos, algo maravilhoso.

PRIMEIRO DIA

OS ATOMOS DO CORPO SERÃO MODIFICADOS

Quando ocorrer o colapso dos campos magnéticos e elétricos do planeta, se experimentará uma grande mudança (escuridão) à medida que nos aproximemos da dita zona; repentinamente o nível de penumbra será substituído pela escuridão total, desaparecendo o Sol e as estrelas devido à compressão da zona nula, exercida sobre a luz solar e a luz estelar.

À medida que se inicie a aceitação do choque produzido pela escuridão veremos a inoperatividade dos aparelhos elétricos, baterias e automóveis etc. Apresentar-se-á também uma mudança em todos os átomos da Terra. Os átomos de seu corpo se verão modificados para formar um corpo semi etérico, e o véu da consciência ao redor de vocês será tirado.

Agora serão “humanos que vivem na realidade da luz galáctica”, com faculdades físicas e extrasensoriais que deveriam ter tido no momento em que saíram pela primeira vez da constelação de Lira para difundir seus conhecimentos e proteção através de toda esta galáxia. Terão começado o processo de “retorno a casa”, à quinta dimensão.

SEGUNDO DIA

TUDO SE TORNA MAIS DENSO

Quando a atmosfera comece a comprimir-se, ao redor do segundo dia, experimentarão a sensação de estar sendo compactados pelas pressões da Zona Nula no campo gravitacional da Terra, e se sentirão embotados. Entretanto este embotamento durará somente ao redor de dois dias
A medida que sua atmosfera é comprimida e todos os materiais se tornam mais densos, o grande perigo será o que apresentam os materiais nucleares, já que existe a possibilidade de que se iniciem reações em cadeia ou explosões radioativas enormes e letais dos elementos que podem entrar em fusão.
Esta compressão da energia nuclear poderia causar tormentas de fogo maciças, além de explosões ao redor do planeta. Por conseguinte, para evitar este risco, a Federação permitirá a aterrissagem especial de naves e pessoal técnico de modo que estes perigos nucleares potenciais possam eliminar-se.

FRIO DA IDADE DE GELO.

A seguinte mudança que sentirão, será o frio causado pela ausência completa do Sol (esta baixa temperatura será profunda, como o frio de uma Idade de Gelo). Isto ocorrerá devido a que o Sol estará sendo submetido a uma mudança em sua polaridade interdimensional, o que impedirá que seu calor chegue até a superfície da Terra.

TERCEIRO E QUARTO DIA

Entretanto ao redor do terceiro dia, vocês começarão a ver um brilho, como o do amanhecer, rodeando seu planeta. Nesse momento verão os efeitos fotonicos. O efeito fotonico é muito importante porque lhes permitirá ter uma nova fonte de energia.
Esta nova fonte de energia também lhes possibilitará finalizar sua dependência dos combustíveis derivados de fósseis. Também permitirá a alternativa para as viagens espaciais, já que a tecnologia fotônica é o sistema de força para todas as naves espaciais utilizadas pela Federação Galáctica; será a tecnologia que se empregará para todas as tarefas humanas.
Ao redor do terceiro e quarto dia, terão alcançado o momento de sua introdução à energia fotônica, embora de maneira leve.

A HUMANIDADE SERÁ REVIGORADA

À medida que se aproxima, de maneira rápida, o final do quarto dia, o clima começará a esquentar e a luz brilhante retornará. O efeito fotonico que começou por volta do final do terceiro dia estará agora em sua plenitude. Agora poderão usar equipes de energia fotônica. Todos os seres viventes serão revigorados pelos fótons que surgem da parte principal do Cinturão.
Terão entrado em uma nova era com um corpo novo.

Já estarão preparados para a seguinte fase na qual suas habilidades extrasensoriais serão realçadas pelo efeito fotonico.
Esta energia fotônica não só proporcionará a seus corpos o máximo de eficiência no uso de energia, mas também será utilizada para prover suas casas e indústrias.
Entrarão na Era do Fóton.

Neste momento, as viagens espaciais se tornaram algo totalmente singelo e o meio favorito de transporte.

Uma vez vocês comecem a viver no Cinturão Fotonico, estarão em uma era espacial totalmente desenvolvida. Com a força proporcionada pela energia fotônica, as estrelas e os outros planetas logo parecerão estar tão perto como um passeio ao outro lado da cidade. Com esta nova energia, será tão fácil viajar a Sírius ou qualquer outra estrela próxima como é atualmente viajar da Califórnia a Nova Iorque.

Além disso, agora terão entre vocês aos que por longo tempo chamaram "os extraterrestres" que são seus irmãos maiores, seus guias e conselheiros durante este período transicional.

A volta de sua família espacial marcará uma mudança importante na relação espacial da Terra com o Universo. Os Senhores do Tempo que controlam esta entrada particular no Cinturão Fotonico farão com que seu planeta tenha uma mudança tanto na consciência como na relação física.

SOB A INFLUÊNCIA DE SÍRIUS

A mudança de um mundo predominantemente tridimensional a um de quinta dimensão é um enorme dom. Graças a esta mudança vocês passarão do controle das Plêiades para situarem-se sob a influência de Sírius

Esta realidade de quinta dimensão significa que estarão mais perto de Sírius; que podem adotar a cultura Lira-Sírius e estar sob a proteção de Sírius ,como estiveram nos tempos da Lemúria, há 25.000 anos.

À medida que reflitam sobre a verdadeira história da Terra, também aprenderão a da Federação Galáctica, e como utilizar esta nova relação espacial a qual lhes dá acesso à quinta dimensão. Por conseguinte, sua sociedade se aproxima de uma Idade Dourada quase indescritível que foi profetizada pelas várias religiões nos últimos 2.000 anos.

Esta próxima Idade Dourada é aquela em que todo humano da Terra terá a oportunidade de se converter em tudo aquilo que tem o potencial de ser.

O Cinturão Fotonico que se aproxima marcará o final de sua civilização atual, nos termos em que vocês a conhecem. Mais ainda, com a chegada do Cinturão, o período de 10.000 anos de consciência limitada e com um controle governamental hierárquico negativo (que existiu desde a época da Atlântida) terminará, e estarão na fase final da civilização global da Era de Peixes, o que os levará a tempos realmente maravilhosos.

Estes novos tempos maravilhosos aos quais vocês estão a ponto de entrar, lhes permitirá desenvolver seu potencial consciente total. Este fato está predito nas revelações bíblicas e é uma época na qual vocês falarão e caminharão com todos os que viveram sobre o planeta. É um tempo no qual estarão unidos com a
Hierarquia Espiritual da Terra. É também uma era em que voltarão a trabalhar em cooperação com os cetáceos do planeta, para serem os co-guardiães da Terra, e eventualmente, do sistema solar também reabilitado.

Vocês estão também a ponto de descobrir suas verdadeiras identidades e de compreender e utilizar muitas capacidades extrasensoriais, tais como a telepatia, a telecinese, a clarividência, etc.

Também serão herdeiros de novos conceitos a respeito de como devem relacionar-se entre si e com organizações ecológicas, ou com qualquer aspecto do desenvolvimento humano e da preservação da vida.

Compartilharão com outras pessoas harmoniosamente e estas relações humanas corretas determinarão práticas construtivas para governar sua sociedade de maneira pacifica, cuidando de todos.
Com estas mudanças pessoais e sociais virão também novas tecnologias e uma nova ciência que pode ser conhecida e aplicada de maneira segura. De fato, um planeta, uma civilização galáctica e um ser humano galáctico totalmente novo está a ponto de nascer.

Também lhes pedimos reunir-se e estabelecer datas e horários para suas meditações. Formulem e acionem práticas apoiadas em sua consciência cooperativa para que possam se sentir mais confiantes e seguros.

Estejam preparados para atuar em uníssono pelo bem da humanidade, em atos e pensamentos, já que não se requer um numero enorme de humanos para atuar como um grupo unificado ao redor de seu globo para obter esta grande energia de mudança e de consciência para o planeta e permitir estar ancorado de maneira segura de tal forma que se dê suporte a todos, até àqueles que ainda se negam a participar.

Agora estão preparados para uma era incrível, muito melhor do que a que vocês criaram na Lemúria. Ao ajudar à Hierarquia Espiritual deste sistema solar vocês retornarão a seu eixo espiritual como verdadeiros guardiães de toda a vida no Planeta Terra assim como dos outros planetas em seu Sistema Solar.

CHEGOU A HORA DE PARTICIPAR DA VIDA GALACTICA

A chegada ao Cinturão Fotonico está causando uma grande expectativa e um grande
"estresse" em todo o Sistema Solar. Para o momento crucial haverá três
fontes de ajuda:

1. - Dos grandes ajudantes espirituais e anjos das muitas
dimensões.

2. - Daqueles em forma humana que ajudam às forças celestiais.

3. - Dos padrões energéticos protetores ao redor do
planeta. Todo este conjunto minimizará a atividade sísmica.

Mas há outro ponto que também é importante que compreendam: estão à beira destas grandes mudanças e de novos começos devido a nossas futuras aterrissagens de "contato inicial" em seu planeta. A Hierarquia Espiritual e o primeiro contato, dirigido pelos sirianos, ajudarão a todo o sistema solar a tomar seu lugar na Federação Galáctica de modo que se convertam no que acabamos de descrever - uma civilização galáctica.

Através do amor e da sabedoria aplicados aqui na Terra, podem estar seguros de que em algum momento no futuro poderão compartilhar seus conhecimentos com outros sistemas estelares.
O compartilhar continuará ante a presença e o poder sempre crescente de Deus.

Realmente, estão a beira de um tempo surpreendente e maravilhoso.

Nota - A CADA 21 DE MARÇO NOSSO PLANETA ENTRA CADA VEZ MAIS NO CINTURÃO FOTONICO. ESTE DIA É UMA “CÚSPIDE DE VIBRAÇÃO” DE LUZ, ATÉ O DIA EM QUE ESTEJAMOS TOTALMENTE EM SEU INTERIOR

O britânico Edmund Halley começou uma série de estudos sobre as Plêiades no começo do século XVIII.

domingo, 28 de agosto de 2011

Viagem `a cidade espiritual de Necanerom


"Viagem `a cidade espiritual de Necanerom" - Livro de Moacir Sader

Sabemos que a inversão dos pólos tão falada em todas as previsões não acontecerá na sua literalidade, mas apenas em termos energéticos, magnéticos, o que afetará o funcionamento das bússolas e a migração dos pássaros e em tudo mais no planeta.

A questão é exatamente essa: a mutação energética que acontecerá no planeta. Para tanto, precisamos estar preparados para suportar essa nova e elevada frequência que existirá na Terra em breve tempo como se poderá ver na narrativa de minha filha ao tempo de mutação energética do planeta.

Minha filha, que também é reikiana, viveu uma extraordinária experiência astral ao futuro, na qual, a seguir reproduzida literalmente, ficam evidenciados claramente alguns dos fatos que poderão acontecer no futuro que se aproxima, quando a energia do planeta se elevará radicalmente de frequência.

Logo no início do sonho {ou mais propriamente viagem astral} era como se eu estivesse dentro dele, lá, em tempo real. Eu sabia exatamente que horas eram, o dia e o ano. Era a tarde do dia 21 de dezembro de 2012, por volta das 16:30 ("21 de dezembro" estava bem forte na mente). 

Eu tinha acabado de descer no elevador do prédio para a garagem. Assim que a porta se fechou atrás de mim, ouvi um barulho estranho, de toda a rede elétrica do prédio simplesmente parando. Tinha faltado energia elétrica, mas eu sabia que não tinha sido somente isso. Havia passado uma espécie de energia forte por todo o meu corpo, como uma onda de radiação. Corri para a saída da garagem, desistindo de pegar o carro e passei pelo portão. Um carro saia da garagem com velocidade se arrebentando no portão ainda entreaberto logo depois que eu saí por ele.

Do lado de fora, estava um alvoroço enorme, na rua carros se batiam, pessoas eram atropeladas. Elas estavam totalmente desorientadas, andando sem qualquer direção pelas ruas.

Algumas seguiam em direção ao mar e entravam nele andando, afogando-se.

Parecia que todos tinham perdido a cabeça, mas eu ainda estava consciente, corri por entre as pessoas procurando o meu pai e o meu irmão que eu sabia estarem lá fora. Encontrei-os na escadaria próxima à portaria do prédio e logo gritei em meio ao barulho forte da confusão, perguntando "O que está acontecendo? O que é isso?!"

E meu pai me respondeu: "Começou, na próxima 'onda' nós vamos apagar. Todos nós.". Sem entender, eu olhava para os lados, lembrando da onda de energia que eu senti passar por cada célula do corpo. Então, seria aquilo que deixou as pessoas daquela forma? Eu me desesperei mais, pensando que minha mãe tinha ficado lá em cima no apartamento e estava uma confusão enorme, a rede elétrica não funcionava e eu não sabia se ela estava bem como nós ou se estava também desorientada como as pessoas que eu via em toda parte. Eu quis subir ao apartamento para ver como estava a minha mãe, mas não tinha tempo, não tinha o que fazer, tudo acontecia de uma vez só.

E meu pai ainda me disse: "Quando tudo apagar, pense em continuar, pense em coisas boas, fixe seu pensamento aqui, não se perca em pensamentos negativos, não se perca... NÃO SE PERCA! FIQUE AQUI!". Essas palavras de meu pai me fizeram de alguma forma desesperar-me ainda mais, pensando nas pessoas que eu gostava, sabendo que não poderia pensar esse tipo de coisa, já estava aos prantos.

Não parecia ser final de tarde, o sol estava gigantesco e o brilho amarelado estava me cegando de tão forte e luminoso. E o brilho aumentava de força, cada vez mais rápido, ficando difícil de enxergar qualquer coisa.

Não houve nem tempo de pensar ou fazer qualquer outra coisa, a segunda onda de radiação/energia - agora muito mais forte - passou por todos nós. Já não era possível enxergar mais nada pelo brilho, o meu corpo tremia por dentro, sentindo novamente a energia passar por ele, mas, desta vez, eu perdi o controle total do corpo, vendo-o amolecer.

Os olhos antes cegos pelo brilho, eram ofuscados pela escuridão profunda e eu sabia que tinha caído no chão, embora não tivesse percebendo mais nada com nitidez. Eu sabia que todos próximos a mim e provavelmente em todo o mundo tinham sofrido aquilo, e se apagado, como nós.

Pensava em todas as cidades com pessoas caídas pelas ruas, apagadas nos trânsito, causando mais acidentes, e tentava ao máximo não me desesperar com isso, lembrando daquelas palavras: Quando tudo apagar, pense em continuar, pense em coisas boas, fixe seu pensamento aqui, não se perca em pensamentos negativos, não se perca... NÃO SE PERCA! FIQUE AQUI!"

A sensação era de não estar em lugar algum, de não ter mais corpo, de não ouvir nada, de não sentir qualquer coisa. Era como flutuar no nada, sem corpo, sem alma, de quase não existir.

Tentava não perder também por restar apenas a última fagulha de pensamento. Fixei o pensamente em coisas boas, tentando não me perder naquela escuridão horrível. Preocupei-me em não pensar nas pessoas, no que tinha acontecido, somente segurando a todo custo meus pensamentos, pois quando deixava de pensar por um segundo, sentia-me sendo levada para algum lugar ainda mais escuro, e fazia força para voltar a pensar, me prender ali. O tempo se passava, eu sabia, embora não tivesse qualquer noção de tempo como temos naturalmente, e eu continuava naquele breu.

Logo, a minha vontade de continuar ganhou mais força, minha vontade de clarear aquela escuridão e voltar até que eu não pensasse em nada mais além disso. Essa vontade de acordar era tanta, tão forte, que eu acordei do sonho na minha cama, no tempo atual.

Sentei-me rapidamente com toda a experiência muito nítida na mente, e ainda com a sensação de precisar acordar lá, naquele tempo futuro, o que foi passando, por que, de alguma forma, eu senti que acordei lá também naquela data futura. Ainda não totalmente acordada agora, pude ver em minha mente uma nítida imagem: Eu me levantando entre os corpos, centenas deles, daqueles que "se perderam, pois não despertaram". Logo a visão acabou de vez, quando terminei de despertar em meu quarto no presente, tal como aconteceu também no futuro.

Eu entendi, então, que somente os "escolhidos", preparados para suportar aquela nova energia, aquele novo modo de vida, haviam acordado.

Esse sonho, essa experiência, ocorreu há vários meses, mas não esqueci nenhum detalhe, não parecia um sonho qualquer, foi como se eu realmente tivesse estado lá e vivido tudo isso naquele momento futuro.
Esta experiência vivida por Tainá vem comprovar o que eu tenho escrito sobre o que de mais importante poderá acontecer quando da implantação da nova era, que será a efetiva alteração de frequência energética.
É possível acontecer cataclismos? Sim, eles já estão se realizando em todo o planeta com mais intensidade e com muitas surpresas desagradáveis, e pode até acontecer também mais à frente. Contudo, o que irá ser essencial para a implantação do novo tempo terreno será, primordialmente, a mutação da energia do planeta.

E para esse tempo especial que está chegando, temos que estar preparados, temos de fazer essa preparação o mais rapidamente possível, elevando a frequência energética para os nossos chakras superiores, com o exercício mental de bons pensamentos e sentimentos positivos, afastando tudo que for contrário disso.
Igualmente é importante experienciar alguma atividade espiritual desapegada de rituais de dependências externas, pois, temos que ter o papel pró-ativo em nós e fora de nós.

Também é imprescindível estudar e praticar alguma terapia alternativa, tal como o Reiki, para ajudar nesse processo de elevação vibracional, preparando-nos para o dia “D” com conhecimento e energia compatível com a que existirá em novo planeta Terra a partir de então.

Juntamente com as atividades espirituais holísticas, (terapias alternativas), os pensamentos e os sentimentos positivos são importantes para as nossas melhorias enquanto seres humanos, proporcionando a saúde física e também nos corpos sutis, afetando positivamente, por conseguinte, tudo que existe fora de nós, tal como nos diz a física quântica.

Contudo, a narrativa de minha filha (no trecho em que ela diz de como fora orientada por mim para sobreviver à mutação energética da Terra sem se perder) vem demonstrar o quanto será também importante o pensamento forte e positivo no exato instante em que estiver ocorrendo a mutação do planeta Terra. E assim eu a orientei: pense em coisas boas, fixe seu pensamento aqui, não se perca em pensamentos negativos, não se perca!"
Não foi tão-somente um sonho ou pesadelo, minha filha experienciou projeção astral ao futuro, aos momentos de mutação acontecendo no dia 21/12/2012, data apontada por muitos como sendo o fim do ciclo de vida terrena e início de nova era e que alguns cientistas dizem ser a data em que acontecerá o ponto zero da Terra, quando o planeta irá parar de girar e voltará a fazê-lo em sentido contrário, embora não saibamos, com certeza, o que causará essa mutação energética e outros acontecimentos que poderão se realizar em nosso planeta.

Então, por tudo que compartilhei neste artigo e em todos outros e em meus livros, digo que este nosso momento histórico é tempo extremamente urgente de nos prepararmos para esse porvir, sem medo ou desespero que somente atrapalham por serem negativos, sabendo também que, quando tudo acontecer, é preciso ter o pensamento voltado somente para o que for positivo e lutar mentalmente para não nos deixarmos ser levados ao estado inconsciente, porque assim nos perderemos, seremos apagados.

Agindo corretamente desde agora com as sugestões postas neste artigo e também no momento exato de mutação, quando receberemos a grande radiação energética da nova energia do planeta, tal como acontecido na narrativa de minha filha, poderemos acordar e renascer em vida juntamente com a Terra da nova era e viver, enfim, no paraíso.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

CASAS TRANSITÓRIAS : verdadeiras estacoes espacias que incluem o Mar Vermelho


casas transitorias


  Casas Transitórias são lugares especiais, no plano etérico, para atendimento aos espíritos encarnados na Terra e sua inter-relação com os desencarnados. 

Existem vários tipos de Casas Transitórias, que atendem aos diversos planos vibracionais dos vários grupamentos espirituais, ministrando instruções, atendimento a doentes, especialmente mentais, e outros tipos de auxílio. Quando ainda estava no Tibete, Jesus estabeleceu as Casas Transitórias, verdadeiras estações espaciais que incluem o Canal Vermelho (*), o primeiro degrau celestial, um mundo etérico que recebe os espíritos da Terra e onde esses espíritos passam pelos diversos estágios que necessitam para sua progressão, compreendendo as várias fases que vão desde a recepção após deixarem Pedra Branca (*), quando desencarnaram, até a nova programação para seu reencarne, passando pelos muitos estágios de recuperação. Para as Casas Transitórias se deslocam, na maioria dos casos por desdobramento, os espíritos que vão ser atendidos ou os que vão trabalhar, mas geralmente não se guarda nada na memória, ao retornar ao corpo, ficando uma vaga lembrança ou um simples sonho.

CANAL VERMELHO

Quando ainda estava no Tibete, Jesus estabeleceu as Casas Transitórias (*) e, entre elas, o Canal Vermelho, o primeiro degrau celestial, um mundo etérico que recebe os espíritos da Terra e onde esses espíritos passam pelos diversos estágios que necessitam para sua progressão, compreendendo as várias fases que vão desde a recepção após deixarem Pedra Branca (*), quando desencarnaram, até a nova programação para seu reencarne, passando pelos muitos estágios de recuperação. Seu nome se refere à sua posição, como se fosse uma ligação, um canal entre o Céu e a Terra, e sua tonalidade vermelha é por seu poder desobsessivo e da recuperação da sensibilidade e de conhecimentos dos milhões de espíritos que ali estão em fase evolutiva. É muito parecido com a Terra, mas tem muito mais coisas que nos surpreendem. Reencontros, recordações, remorsos, mas também muita esperança, amor!... Segundo Koatay 108, o espírito pode ficar até sete anos terrestres no Canal Vermelho, percorrendo seus vários planos. Há hospitais, albergues e até mesmo cavernas, para onde o espírito, ao chegar, se dirige na sintonia da faixa vibratória que conquistou em sua jornada na Terra. O Canal Vermelho é o caminho da evolução. Oferece oportunidade de um espírito ajudar seus entes queridos que deixou na Terra. Há muitos casos de desencarnados que trazem restos de seus carmas a serem eliminados, e isso é feito através do resgate pelo seu trabalho na Lei do Auxílio. No Canal Vermelho o espírito faz sua recuperação e quando sente a necessidade de reencarnar, consulta seu Mentor, que avalia suas condições e, se favoráveis, dá início ao plano reencarnatório, propiciando o roteiro para sua reencarnação. O Canal Vermelho é um verdadeiro mundo, com sete planos evolutivos, que surpreendem um espírito que consegue manter sua consciência. Seu conjunto varia de acordo com cada plano, havendo, por exemplo, nos planos intermediários, cidades de aspecto artificial, com belos e enormes jardins, praças, pontes, grandes edifícios e uma vida complexa, iluminadas por uma luz que varia em vários tons de lilás. Existem muitos lugares com atividade bem definida, como UMATÃ, local para a adaptação e recuperação dos espíritos que, na Terra, freqüentavam diversas religiões e doutrinas, tais como seguidores da Umbanda, Candomblé, Protestantismo, Catolicismo, etc., e a TORRE DE MARCELA, no limiar do Canal Vermelho, um conjunto arquitetônico que se parece com as habitações da Terra, separadas uma das outras por campos de força e onde um habitante de campo vibratório diferente não penetra a não ser que o morador o permita.

 A Casa Transitória, esta' na camada etérea da Terra, no invisível do planeta, aquele mundo dos espíritos desencarnados que ainda não tinham condições de chegar às estrelas ou ao planeta-mãe.

No Canal Vermelho as paixões ainda vibram, mas tendem a se extinguir; é uma Casa Transitória com condições técnicas especiais, pois tem comunicação direta com o plano físico, o que permite a transferência do ectoplasma humano diretamente por seus portadores; com esse fluído os reajustes podem se completar em condições muito semelhantes às da Terra física; os médiuns ativos, quando vão dormir, se transportam ao Canal Vermelho, levando preciosa energia mediúnica, continuando ali, à noite, as tarefas que haviam iniciado durante o dia, na Lei do Auxílio. 

 O tempo do presente ciclo da Terra está quase terminado e, com isso, todas as atividades estão se acelerando. Milhões de espíritos ainda têm que completar seus reajustes e a tarefa dos Mentores Espirituais é imensa. Não existem na Terra trabalhos de passagem o suficiente para dar conta de tantos espíritos; a doutrinação é incompleta, o ectoplasma não dá e o tempo dos trabalhos é curto demais. Por isso, os engenheiros siderais construíram canais como esse.

 Quando o doutrinador faz uma entrega e o espírito ainda não está pronto para Mayante (*), este vem diretamente para um dos departamentos do Canal. Na primeira oportunidade, que pode ser na mesma noite ou algum tempo depois, o doutrinador vem completar sua doutrina. Ele, como encarnado, tem a capacidade de trazer consigo seu ectoplasma. Devido à semelhança do ambiente, o espírito ainda se sente na Terra e fica mais susceptível de receber a doutrina.

O Canal Vermelho é, em certo sentido, uma extensão da Terra, embora tudo ali seja matéria etérica, de outra natureza, outra dimensão; mas, da mesma forma que na Terra física, as energias que suprem aquela Casa Transitória são oriundas do Sol e da Lua.

De repente, estávamos em frente ao grande Yumatã. É um lugar no Canal Vermelho que, de quatro em quatro horas, muda a iluminação aqui.

PEDRA BRANCA

Pedra Branca é um local onde estão muitos espíritos, na mesma situação de desencarnados, mas não se vêem, isolados totalmente uns dos outros pelo neutrom, ocasionalmente ouvindo vozes, sermões e mantras, muitos sem terem consciência de seu estado de desencarnado. Ali, o espírito tem oportunidade de fazer reflexões, avaliar sua encarnação como se, em uma tela projetada em sua mente, passasse toda a sua jornada detalhadamente. Vê as oportunidades que lhe foram dadas; as boas ou más coisas que fez; o que havia se comprometido a fazer, antes de reencarnar, e o que cumpriu; o que deixou de fazer!

TORRE DE MARCELA

TORRE DE MARCELA, no limiar do Canal Vermelho (*), é um conjunto arquitetônico que se parece com as habitações da Terra, separadas uma das outras por campos de força e onde um habitante de campo vibratório diferente não penetra a não ser que o morador o permita.


UBATÃ

UBATÃ é o local, no Canal Vermelho, para onde vão os espíritos desencarnados de diversas religiões - católicos, evangélicos, budistas, muçulmanos, etc. - logo após sua passagem pela Pedra Branca (*).


UMATÃ

UMATÃ é um local no Canal Vermelho (*) onde os espíritos desencarnados encontram um ambiente similar ao que tinham na Terra. Só que a realidade é bem diferente. Seja em termos de Candomblé, de Umbanda, de Catolicismo, de Protestantismo ou de qualquer outra doutrina, a direção é dos espíritos missionários, que atendem e mostram progressivamente a esses espíritos sua sobrevivência depois da morte terrena, sem chocá-los em sua religiosidade. Em Umatã, trabalha-se de uma forma adequada para fazer com que certos espíritos se sintam em casa, permitindo-se que os Umbandistas pratiquem suas macumbas e manipulem forças etéricas que são projetadas na Terra, em reuniões e terreiros, ajudando espíritos encarnados e desencarnados nos trabalhos dentro da linha de Umbanda. Também são realizados rituais do Candomblé. Foi descrita a existência de uma espécie de templo, com um letreiro onde se lia Igreja Presbiteriana, e, pouco além, havia um outro templo com aspectos nitidamente católicos.


UMBRAL

O Umbral é uma região limite que, no Canal Vermelho (*), separa o Vale Negro (*) do restante. Ali se travam grandes combates, com espíritos procurando escapar das Trevas e com os Bandidos do Espaço que atacam os que estão desprevenidos e sem proteção, para levá-los a leilão. No Umbral estão vários pontos de auxílio, mas o que mais nos diz respeito é o Albergue de Irmã Lívia, que cuida de todos os Jaguares que desencarnam em determinados padrões vibratórios, evitando que se percam no Vale Negro. Mas existe outro Umbral, região de Capela, plano físico, onde o Homem ainda maldoso realiza trabalhos para evoluir, com saudades, arrependimentos e com claras recordações, fazendo consciente exame de sua trajetória e de seus atos quando encarnado na Terra. Essa parte de Capela tem grande organização social, com camadas distintas, vinte e um departamentos isolados um dos outros, como se fossem mundos separados. Após passarem pelas Casas Transitórias, onde recebem seu tratamento, ali chegam os desencarnados no nosso planeta que não conseguiram alcançar o padrão vibratório que lhe daria condições de viver nos mundos mais adiantados de Capela. No Umbral, eles são encaminhados de acordo com suas condições vibracionais e suas afinidades, indo juntar-se aos espíritos da mesma faixa para trabalhar por sua evolução, sentindo em sua própria carne tudo aquilo que costumava fazer aos outros, na Terra, desta forma conscientizando-se do que produzia ao seu redor. Ali estão previstas todas as oportunidades para reequilíbrio e retificação das trajetórias desviadas, sob a direção de espíritos também em provas, porém já mais evoluídos. O desencarnado terrestre faz seu autojulgamento e sua autocondenação. Enquanto uns progridem, com amor, tolerância e humildade, outros se deixam ficar, mergulhados em seu egoísmo, em sua vaidade, e vão ficando estacionados. Os que evoluem, mudam de departamento, indo integrar-se a novo grupo afim.

Observações Tumarã

MAIS 10 LUGARES DE EXTRATERRESTRES NA TERRA

 

Mais lugares de Extraterrestres na Terra

Dry Valleys (Antartica)

Antarctica’s Dry Valleys, with their barren gravel-strewn floors, are said to be the most similar place on Earth to Mars. Its fascinating landscape, located within Victoria Land west of McMurdo Sound, get almost no snowfall, and except for a few steep rocks they are the only continental part of Antarcticadevoid of ice. The terrain looks like something not of this Earth; the valley’s floor occasionally contains a perennially frozen lake with ice several meters thick. Under the ice, in the extremely salty water, live mysterious simpleorganisms, a subject of on-going research.
a428_antartica
Socotra Island (Indian Ocean)
This island simply blows away any notion about what is considered “normal” for a landscape on Earth, you’d be inclined to think you were transported to another planet – or traveled to another era of Earth’s history. Socotra Island, which is part of a group of four islands, has been geographically isolated from mainland Africa for the last 6 or 7 million years. Like the Galapagos Islands, the island is teeming with 700 extremely rare species of flora and fauna, a full 1/3 of which are endemic.
The climate is harsh, hot and dry, and yet – the most amazing plant life thrives there. Situated in the Indian Ocean 250 km from Somalia and 340 km from Yemen, the wide sandy beaches rise to limestone plateaus full of caves (some 7 kilometers in length) and mountains up to 1525 meters high. The trees and plants of this island were preserved thru the long geological isolation, some varieties being 20 million years old.
a428_socotra
Rio Tinto (Spain)
The giant opencast mines of Rio Tinto create a surreal, almost lunar landscape. Its growth has consumed not only mountains and valleys but even entire villages, whose populations had to be resettled in specially built towns nearby. Named after the river which flows through the region-itself named for the reddish streaks that colour its water-Rio Tinto has become a landscape within a landscape. The river red water is highly acidic (pH 1.7—2.5) and rich in heavy metals.
a428_riotinto
Kliluk, the Spotted Lake (Canada)
In the hot sun of summer, the water of Spotted Lake, located in British Columbia and Washington, evaporates and crystallizes the minerals, forming many white-rimmed circles: shallow pools that reflect the mineral content of the water in shades of blues and greens. It contains one of the worlds highest concentrations of minerals: magnesium sulphate (Epsom salts), calcium and sodium sulphates, plus eight other minerals and traces of four more, including silver and titanium.
The Indians soaked away aches and ailments in the healing mud and waters. One story cites a truce in a battle to allow both warring tribes to tend to their wounded in the Spotted Lake, “Kliluk”.
a428_kliluk
Salar de Uyuni (Bolivia)
Bolivia’s Salar de Uyuni is perhaps one of the most spectacular landscapes in the world. A magnificent area with an impressive salt desert (the world’s largest), active volcanoes, tall cacti islands and geyser flats, it exists like an alien mirage, something completely out-of-this-world. Oddee’s crew went there in July 2008, be sure to check it out.
a428_uyuni
Vale da Lua (Brazil)
Vale da Lua (Moon Valley) is a water eroded rock formation with natural swimming pools, placed on a river in the brazilian cerrado forest. Located at Chapada, 38 km from Alto Paraíso de Goiás, it’s rock formations are one of the oldest on the planet, made of quartz with outcrops of crystals.
a428_lua
Blood Pond Hot Spring (Japan)
Blood Pond Hot Spring is one of the “hells” (jigoku) of Beppu, Japan, nine spectacular natural hot springs that are more for viewing rather than bathing. The “blood pond hell” features a pond of hot, red water, colored as such by iron in the waters. It’s allegedly the most photogenic of the nine hells.
a352_hell
The Stone Forest (China)
The Shilin (Chinese for stone forest) is an impressive example of karst topography. Its rocks are made of limestone and are formed by waterpercolating the ground’s surface and eroding away everything but the pillars. It’s known since the Ming Dynasty as the ‘First Wonder of the World.’
a428_stone
The Richat Structure (Mauritania)
This spectacular landform in Mauritania in the southwestern part of the Sahara desert, called the Richat Structure, is so huge with a diameter of 30 miles that it is visible from space. The formation was originally thought to be caused by a meteorite impact but now geologists believe it is a product of uplift and erosion. The cause of its circular shape is still a mystery.
a428_Richat
Eisriesenwelt Ice Caves (Austria)
Ice caves are very different from normal caves. They have a strange feeling about them, as though they are not from this planet, and one has just temporarily stepped into their world when spelunking their depths.
There are many ice caves throughout the world, but the Eisriesenwelt Ice Caves in Austria are some of the largest known to man. They are located within the Tennengebirge Mountains near Salzburg and stretch for a remarkable 40 kilometers. Only a portion of the labyrinth is open to tourists but it’s enough to get a taste of what the remaining network is like: a truly mesmerizing palate of Mother Nature’s handicraft.
a428_icecave


CTsT.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

A experiência quase-morte...


Mellen-Thomas Benedict é um artista que sobreviveu a uma experiência de quase-morte em 1982. Ele permaneceu morto por mais de uma hora e meia após ter morrido de câncer. Na hora de sua morte ele saiu do corpo e foi para a luz. Ele estava curioso a respeito do universo, e foi levado pra longe, para as profundezas remotas da existência e além, para o vazio energético do nada que existe por detrás do Big Bang.
Durante a sua experiência, ele absorveu uma quantidade enorme de informações sobre a reencarnação. Por causa da sua experiência de quase-morte, ele trouxe de volta descobertas científicas. O Sr. Benedict tem estado profundamente envolvido com os mecanismos de comunicação celular e pesquisas sobre o relacionamento entre a luz e a vida que se chama Biologia Qüântica.
O Sr. Benedict descobriu que as células vivas respondem muito rapidamente à estimulação de luz e isto resulta entre outras coisas, numa cura de alta velocidade. Ele é um pesquisador, inventor e palestrante, que tem seis patentes nos Estados Unidos.
A experiência quase-morte do Sr. Benedict foi re-impressa aqui com autorização dos autores Dr. Lee Worth Bailey e Jenny Yates. O seu livro excelente foi intitulado The Near-Death Experience: A Reader publicado pela Routledge, Nova York, em 1996.
Uma parte da sua experiência de quase-morte também aparece no livro de P. M. H. Atwater, Beyond the Light .
Sobre a experiência de Mellen, Dr. Ken Ring ressaltou, "Sua história é uma das mais extraordinárias dentro da extensa pesquisa que tenho feito sobre experiências de quase-morte."

*   *   *   *   *   *   *

O caminho para a morte

Em 1982 eu morri de um câncer terminal. A doença era inoperável, e todos os tipos de quimioterapia que me davam me faziam vegetar cada vez mais. Os médicos me deram de seis a oito meses de vida. Eu fui um obstinado por informações nos anos 70, e me tornei cada vez mais desanimado por causa da crise nuclear, da crise ecológica e esses assuntos. E, por não ter uma base espiritual, eu passei a acreditar que a natureza havia cometido um engano e que nós provavelmente éramos um organismo canceroso no planeta. Eu não via nenhuma saída para os problemas que tínhamos criado para nós mesmos e para o planeta. E enxergava todos os humanos como sendo câncer, já que era isso que eu tinha. Foi isso que me matou. Cuidado com a sua visão do mundo. Ela pode se voltar contra você, especialmente se for uma visão de mundo negativa. Eu tinha uma visão gravemente negativa. Isto foi o que me conduziu à morte. Eu tentei vários métodos alternativos de cura, mas nada ajudou.
Então eu decidi que isto ficaria apenas entre eu e Deus. Na verdade eu nunca havia encarado Deus antes, nem lidado com Ele. Eu não tinha nenhuma espiritualidade na época, mas eu comecei uma jornada para aprender espiritualidade e curas alternativas. Eu li tudo o que pude e me agarrei ao assunto, porque eu não queria ter uma surpresa quando chegasse do outro lado. Comecei a ler sobre várias religiões e filosofias. Tudo era muito interessante e me deu uma esperança de que havia alguma coisa do outro lado.
Por outro lado, eu era um artista liberal que fazia vitrais e não possuía assistência médica. Então, todas as minhas economias se foram do dia pra noite nos exames médicos. Enfrentei os médicos sem nenhum tipo de seguro. Eu não queria que a minha família se afundasse financeiramente e decidi lidar com isso sozinho.
Eu não tinha dores constantes, mas apagava de vez em quando. Fiquei de um jeito que nem me atrevia a dirigir e eventualmente ia parar no hospital. Eu contratei minha própria enfermeira. E fui abençoado por este anjo, que ficou junto comigo na fase terminal. Eu durei cerca de dezoito meses. Não quis tomar muitos remédios, para ficar o mais consciente possível. E comecei a ter tanta dor, que isso era a única coisa de que eu tinha na consciência, felizmente por poucos dias de cada vez.

A Luz de Deus

Eu me lembro de acordar um dia em casa por volta das 4:30 da manhã, sabendo que estava acabado. Este era o dia em que eu ia morrer. Então eu chamei uns amigos para me despedir. Eu acordei minha enfermeira e disse a ela. Eu tinha um acordo particular com ela de que ela deixaria meu corpo morto sozinho por umas seis horas, porque eu tinha lido que muitas coisas interessantes acontecem quando você morre. Eu voltei a dormir. A próxima coisa que eu lembro é o começo de uma típica experiência quase-morte.
Subitamente eu estava totalmente consciente e de pé, mas meu corpo estava na cama. Tinha uma escuridão à minha volta. A experiência de estar fora do corpo foi mais vívida do que as experiências ordinárias. Foi tão vívida, que eu podia ver cada cômodo da casa, eu podia ver o topo da casa, eu podia ver em volta da casa, eu podia ver em baixo da casa.
Havia uma luz brilhando. Eu me virei para ela. A luz era muito similar à que muitas outras pessoas haviam descrito nas suas experiências quase-morte. A Luz é magnífica. É tangível; você pode senti-la. É atraente; você quer ir pra ela da mesma forma como você iria para os braços da sua mãe ou do seu pai ideais.
À  medida que eu fui me movendo para a luz, senti intuitivamente que se eu fosse até lá, eu estaria morto. Então, na medida em que eu ia me movendo para a luz, eu disse, "Por favor, espere um pouco, espere um segundo. Eu quero refletir sobre isto; eu gostaria de conversar com você antes de ir."
Para a minha surpresa, toda a experiência parou naquele ponto. Você está, sim ,no controle de sua experiência quase-morte. Isto não é como um passeio na montanha-russa. Então meu pedido foi honrado e eu tive algumas conversas com a luz.
A luz estava sempre se transformando em figuras como Jesus, Buda, Krishna, mandalas, imagens arquetípicas e simbólicas.
Eu perguntei a ela "o que está acontecendo aqui? Por favor ,luz, esclareça-me. Eu realmente quero saber a verdade sobre esta situação".
Eu não tenho palavras exatas para dizer, porque foi um tipo de telepatia. A luz respondeu. A informação que foi transferida a mim foi de que as suas crenças dão forma ao tipo de “feedback” que você obtém diante da luz. Se você for Budista ou Católico ou Fundamentalista, você terá um feedback relacionado com o que você acredita. Você tem uma chance de olhar e examinar as coisas, mas a maioria das pessoas não faz isso.
Enquanto a luz se revelava para mim, eu me dei conta de que o que eu realmente estava vendo era uma matriz de nosso Eu Superior. O que eu posso dizer é que aquilo se transformou em uma matriz, uma mandala de almas humanas, e o que eu percebi foi que o que nós chamamos de Eu Superior em cada um de nós, é na verdade uma matriz. E é também um canal condutor para a Fonte; cada um de nós vem diretamente de lá, como uma experiência direta da Fonte. Todos temos um Eu Superior, ou uma parte além-alma. Ela se revelou para mim na sua forma mais verdadeira. A única forma que eu encontrei para descrever isso é o que
o Eu Superior é como um canal. Ele não parece um canal, mas é uma conexão direta com a Fonte que todos nós temos. Nós estamos diretamente conectados com a Fonte.
A luz estava me mostrando a matriz do Eu Superior. E ficou bem claro para mim que todos os Eus Superiores estão conectados como um ser só, todos os humanos estão conectados como um ser só, nós somos na verdade o mesmo ser, diferentes aspectos do mesmo ser. Independentemente de religiões. Este foi o meu feedback. E eu vi a mandala de seres humanos. É a coisa mais linda que eu já vi. Eu fui até ela e foi simplesmente magnífico, avassalador. Era como se todo o amor que você sempre quis estivesse ali. Aquele tipo de amor que cura, que cicatriza, que regenera.
Enquanto eu pedia que a luz continuasse explicando, eu entendi o que é a matriz do Eu Superior. Nós temos uma rede em volta do planeta onde todos os Eus Superiores estão conectados. É como uma grande companhia, um nível de energia sutil que está próximo, o nível espiritual, pode-se dizer.
Então, após uns minutos, eu pedi por mais esclarecimento. Eu realmente queria saber sobre o universo, e eu estava pronto para saber naquele momento.
Eu disse, "Estou pronto, pode me levar".
Então a luz virou a coisa mais linda que eu já vi até hoje: a mandala de almas humanas neste planeta. E eu com a minha visão negativa sobre o que aconteceu no planeta.
Conforme eu pedia à luz para continuar me esclarecendo, eu vi nessa mandala como nós somos lindos na nossa essência, no nosso núcleo. Nós somos as mais lindas criações. A alma humana, a matriz humana da qual todos fazemos parte, é absolutamente fantástica, requintada, exótica, tudo. Eu não tenho palavras suficientes para expressar como este instante mudou a minha visão do ser humano.
E disse, "Oh, Deus, eu não sabia o quanto somos belos"
Em qualquer nível, alto ou baixo, em qualquer forma que você esteja, você é a criação mais linda, sim. Eu fiquei atônito ao perceber que não existe nada de mau em nenhuma alma.
E disse, "Como pode ser?"
E a resposta foi que nenhuma alma era ruim por natureza. As coisas terríveis que acontecem com as pessoas podem levá-las a fazer coisas ruins, mas suas almas não são más. O que todas as pessoas buscam, e o que as sustenta, é o amor, a luz me disse. O que distorce as pessoas é a falta de amor.
As revelações vindas da luz pareciam não ter fim, e então eu perguntei, "Isto quer dizer que a raça humana será salva?"
E a Grande Luz falou, ao som de um tipo de toque de trombetas e com uma chuva de luzes espiraladas, "Lembre-se disso e nunca esqueça; você salva, redime e cura a si mesmo. Você sempre pôde fazer isto. Você sempre poderá. Você foi criado com este poder, desde antes do começo do mundo."
Naquele momento eu fui até mais longe. Eu entendi que NÓS JÁ FOMOS SALVOS, e nós nos salvamos porque fomos feitos para a auto-correção, assim como o resto do universo de Deus. Este é o porquê da segunda vinda.
Eu agradeci à Luz de Deus com todo o meu coração. A melhor coisa que eu pude dizer foram estas palavras simples de agradecimento pleno:
"Oh Deus amado, Universo querido, amado Ser Superior, eu amo a minha vida."
A luz parecia respirar em mim ainda mais profundamente. Era como se a luz estivesse me absorvendo completamente. O amor que a luz é, até esse dia, é algo indescritível. Eu penetrei em uma outra realidade, mais profunda que a anterior, e percebi algo muito, muito maior. Era um fluxo de luz, vasto e repleto, no meio do coração da vida. Eu perguntei o que era aquilo.
A luz respondeu, "Este é o RIO DA VIDA. Beba desta água manancial para satisfazer o seu coração".
E assim fiz eu. Tomei um grande gole e depois mais um. Beber da própria vida! Eu fiquei em êxtase.
E então a luz disse, "Você deseja algo."
A luz sabia tudo sobre mim, todo passado, presente e futuro.
"Sim!" eu sussurrei
Eu pedi para ver o resto do universo; além do nosso sistema solar, além de toda a ilusão humana. A luz então me disse que eu poderia ir com o Rio. Eu fui, e fui carregado através da luz para o fim do túnel. Eu senti e ouvi uma série de estrondos sonoros muito suaves. Que enxurrada!
De repente, eu parecia estar sendo lançado para fora do planeta no rio da vida. Eu vi a Terra voar para longe. O sistema solar, com todo seu esplendor passou por mim a toda velocidade e desapareceu. Mais rápido que a velocidade da luz, eu voei através do centro da galáxia, absorvendo cada vez mais conhecimento. Eu aprendi que esta galáxia, e todo o universo, estão abarrotados das mais variadas espécies de VIDA. Eu vi muitos mundos. A boa notícia é que não estamos sós neste universo!
Conforme eu viajava por este fluxo de consciência através do centro da galáxia, o fluxo estava se expandindo em imponentes ondas fractais de energia. Os super-conglomerados de galáxias com toda sua sabedoria ancestral passaram por mim. Aquilo foi uma maravilha inimaginável! Eu realmente estava como uma criança maravilhada; um bebê no mundo da fantasia!
Parece que todas as criações do universo passavam voando por mim e desapareciam num ponto de luz.

Quase que imediatamente uma segunda luz apareceu. Ela vinha de todos os lados, e era bem diferente; uma luz composta de mais do que todas as freqüências no universo.
E novamente eu senti e ouvi um monte de estrondos sonoros suaves. Minha consciência ou meu ser, estavam se expandindo para todo o universo holográfico e para além dele.
Conforme eu passava pela segunda luz, eu me dei conta de que eu tinha transcendido a verdade. Estas são as melhores palavras que eu encontrei, mas vou tentar explicar melhor. Conforme eu passava pela segunda luz, eu me expandi além da primeira luz. Eu me encontrei num profundo estado de quietude, além de todo e qualquer silêncio. Eu pude ver ou perceber o SEMPRE, além do infinito. Eu era o vazio. Eu estava na pré-criação, antes do Big Bang. Eu ultrapassei o começo do tempo - a primeira palavra - a primeira vibração. Eu estava no centro da criação. Eu senti como se eu estivesse tocando a face de Deus. Não foi um sentimento religioso. Eu estava simplesmente em harmonia com a vida absoluta e com a consciência.

Depois do meu regresso, eu fiquei anos assimilando a experiência do vazio. E o que eu posso dizer é que o vazio é ao mesmo tempo menos do que nada e mais do que tudo que existe. O vazio é o zero absoluto; o caos formando todas as possibilidades. É a consciência absoluta, ainda mais do que a inteligência universal.
 
Onde está o vazio? Eu sei. Está dentro e fora de tudo. Você, neste momento, enquanto vive, está sempre dentro e fora do vazio simultaneamente. Você não precisa ir a lugar algum nem morrer para chegar lá. O vazio é o vácuo ou o nada entre todas as manifestações físicas. O ESPAÇO entre átomos e seus componentes. A ciência moderna começou a estudar esse espaço entre tudo. Eles chamam a isso de Ponto Zero. Sempre que eles tentaram mensurá-lo, chegavam à conclusão de que não tinham instrumentos com escalas compatíveis, que seriam infinitas, por assim dizer. Existe muito mais 'Ponto Zero' no seu próprio corpo e no universo do que qualquer outra coisa!
O que os místicos chamam de vazio não é vazio. É cheio de energia, uma energia diferente, que criou tudo o que somos. Tudo, desde o Big Bang, é vibração, desde a primeira palavra, que é a primeira vibração.
O "Eu Sou" bíblico realmente tem um ponto de interrogação depois.
"Eu Sou? O que Sou Eu?"
Então a criação é Deus explorando a Si Mesmo através de tudo o que se possa imaginar, numa contínua e infinita exploração por meio de cada um de nós. Através de cada fio de cabelo da sua cabeça, através de cada folha, em cada árvore, através de cada átomo, Deus está explorando a Si Mesmo, o grande "Eu Sou". Eu comecei a enxergar que tudo o que é, é o Eu (Self), literalmente; o seu Eu (your Self), o meu Eu (my Self). Tudo é o grande Eu. É por isso que até quando uma folha cai Deus sabe. Isto é porque onde quer que você esteja, este é o centro do universo. Em qualquer lugar que qualquer átomo estiver este é o centro do universo. Deus está lá e Deus está no vazio.
Enquanto eu estava explorando o vazio e todos os Yugas ou criações, eu estava totalmente fora das nossas concepções de tempo e espaço. E eu descobri, nesse estado expandido, que a criação é puramente consciência absoluta, ou Deus, vindo para a experiência da vida que conhecemos. O vazio em si é destituído de experiência. Ele é pré-vida, antes da primeira vibração. A Mente de Deus é mais do que vida e morte.

Portanto, existem muitas coisas além de vida e morte para se experimentar no universo!
Eu estava no vazio e estava consciente de tudo o que já foi criado. Era como enxergar com os olhos de Deus. De repente eu não era mais eu. A única coisa que eu posso dizer é que eu estava vendo com os olhos de Deus. E subitamente eu soube o porquê de cada átomo, e pude enxergar tudo.
O interessante foi que eu fui para o vazio e eu voltei com o entendimento de que Deus não está lá. Deus está aqui. É isso. Então a busca constante da raça humana de ir para fora para achar Deus......Deus deu tudo para nós, tudo está aqui, é aqui que está. E o que nós estamos vivendo agora é a exploração de Deus sobre Si mesmo em nós. As pessoas estão tão ocupadas tentando se tornar Deus que elas deveriam entender que nós já somos Deus e Deus está se tornando nós. É exatamente isso.
Quando eu entendi isso, eu já estava satisfeito com o vazio, e queria retornar a esta criação ou Yuga. Parecia a coisa mais natural a ser feita. Então eu de repente voltei pela segunda luz, ou Big Bang, e escutei mais alguns estrondos.
Eu vim pelo rio da consciência de volta por toda a criação. Que passeio! Os super-conglomerados de galáxias passaram por mim, me dando ainda mais insights. Eu passei pelo centro da nossa galáxia, que é um buraco negro. Buracos negros são os grandes processadores ou recicladores do universo. Você sabe o que existe do outro lado de um buraco negro? Somos nós; nossa galáxia, que foi re-processada de um outro universo.
Na sua configuração energética total, a galáxia parecia um fantástica cidade de luzes. Toda energia deste lado do Big Bang é luz. Cada sub-átomo, átomo, estrela, planeta, até a própria consciência é feita de luz e tem uma freqüência e/ou partícula. Luz é uma coisa viva. Tudo é feito de luz, até as pedras. Então tudo está vivo. Tudo é feito da luz de Deus; tudo é muito inteligente.
Conforme eu vinha pelo rio, eventualmente eu avistei uma luz enorme vindo. Eu sabia que era a primeira luz, a matriz do Eu Superior do nosso sistema solar. Então o sistema solar inteiro apareceu na luz, acompanhado de um daqueles estrondos suaves.
Eu vi que o sistema solar no qual vivemos é o nosso maior corpo. Este é o nosso corpo local e somos muito maiores do que imaginamos. Eu vi que o sistema solar é o nosso corpo. Eu sou uma parte dele, e a Terra é um grande ser criado que somos nós, e nós somos a parte dela, que sabe que é assim. Mas nós somos apenas uma parte dela. Nós não somos tudo, mas somos uma parte que sabe que é assim.
Eu pude vislumbrar toda a energia que esse sistema solar gera, e esse é um show de luzes inacreditável! Eu pude escutar a Música das Esferas . Nosso sistema solar, assim como todos os corpos celestes, gera uma matriz única de luz, som e energias vibracionais. Civilizações avançadas de outros sistemas estelares podem localizar vida no universo na forma que a conhecemos pela vibração ou padrão matricial. Como em uma brincadeira de crianças. As crianças da Terra (seres humanos) produzem um som abundante neste momento, como crianças brincando no quintal do universo.
O Retorno à Terra

Enquanto eu retornava para o ciclo da vida, nem passou pela minha mente, e também ninguém me disse que eu retornaria para o mesmo corpo. E também nem importava. Eu tinha total confiança na luz e no processo da vida. Conforme o rio se fundiu com a grande luz, eu pedi para nunca esquecer as revelações e as sensações do que eu tinha aprendido do outro lado.
Eu ouvi um "Sim". Foi como um beijo na minha alma.
Então eu fui conduzido de volta pela luz na realidade vibratória novamente. O processo inteiro se reverteu, até com mais informação sendo passada para mim. Eu voltei para casa, e eu estava tendo lições sobre os mecanismos da reencarnação. Eu estava obtendo respostas para todas aquelas pequenas perguntas que eu tinha:
"Como isto funciona? Como aquilo funciona?" Eu sabia que eu reencarnaria.
A Terra é um grande processador de energia, e a consciência individual desenvolve-se a partir do interior de cada um. Eu pensei em mim como um humano pela primeira vez, e fiquei feliz por sê-lo. Depois de tudo o que eu vi, eu já ficaria feliz em ser um átomo no universo. Um átomo. Imagine ser a parte humana de Deus...essa é a bênção mais fantástica. É uma benção que está muito além da maior expectativa do que uma benção pode ser. Para cada um de nós, ser a parte humana dessa experiência é algo imponente, magnífico.

Cada um de nós, independentemente de onde estivermos, com problemas ou não, é uma benção para o planeta, onde estivermos.
Então eu passei pelo processo de reencarnação esperando ser um bebê em algum lugar. Mas eu estava recebendo um ensinamento sobre como a identidade individual e a consciência se desenvolvem. E eu reencarnei de volta neste corpo.
Eu fiquei muito surpreso quando abri meus olhos. E não sei por que, porque eu já tinha entendido isso, mas ainda assim foi uma surpresa estar de volta neste corpo, de volta ao meu quarto, com alguém se debulhando em lágrimas por cima de mim. Era minha enfermeira. Ela desistiu uma hora e meia após me encontrar morto.

Ela teve certeza de que eu estava morto; todos os sinais de morte estavam lá - e eu já estava ficando enrijecido. Não sabemos há quanto tempo eu estava morto, mas sabemos que se passou uma hora e meia desde que eu fui encontrado. Ela tinha respeitado o meu desejo de deixar meu corpo recém-falecido a sós por umas horas, o máximo que ela pudesse. Nós tínhamos um estetoscópio amplificado e muitas maneiras de checar as funções vitais do corpo para ver o que estava acontecendo. Ela pode verificar que eu estava morto mesmo.
Não foi uma experiência de quase-morte. Eu experienciei a morte por no mínimo uma hora e meia. Ela me encontrou morto e olhou o estetoscópio, a pressão arterial e o monitor cardíaco por uma hora e meia. Daí eu acordei e vi luz do lado de fora. Eu tentei levantar para ir até ela, mas eu caí da cama. Ela ouviu o barulho, entrou correndo e me encontrou no chão.
Quando me recuperei, eu estava muito surpreso e ainda atônito sobre o que tinha acontecido comigo. No começo, toda a memória da viagem que eu fiz não estava lá. Eu continuava escorregando para fora deste mundo e continuava perguntando "será que estou vivo?" Este mundo parecia mais um sonho do que o de lá.
Em três dias eu estava me sentindo normal novamente, com mais clareza, embora de uma maneira que eu nunca tinha me sentido antes. Minha lembrança da viagem voltou um pouco depois. Eu não conseguia ver mais nada de errado com os seres humanos como eu via antes. Antes disso tudo eu costumava julgar muito.

Eu achava que muitas pessoas eram problemáticas, na verdade todos eram problemáticos, menos eu. Mas eu curei tudo isso.
Cerca de três meses depois, um amigo me falou que eu deveria fazer exames, e assim eu fiz. Eu estava me sentindo muito bem, mas fiquei com medo de ter más notícias.
Eu me lembro do médico na clínica olhando para os exames de antes e de depois, dizendo, "Bem, você não tem nada."
Eu disse, "Verdade? Isto é um milagre?"
Ele disse, "Não, essas coisas acontecem, e são chamadas de remissões espontâneas."
Ele não se impressionou. Mas foi um milagre, e eu me impressionei, mesmo se ninguém mais o fizesse.

As Lições que Ele Aprendeu

O mistério da vida tem muito pouco a ver com inteligência. O universo não é um processo intelectual mesmo.

O intelecto ajuda; é brilhante, mas agora é só com isso que a gente processa, ao invés de nossos corações e a parte mais sábia de nós.
O centro da Terra é um grande transmutador de energia, como vemos em filmes sobre o campo magnético da Terra. Esse é nosso ciclo, atraindo almas reencarnadas de volta e completando novamente o ciclo. Um sinal de que você está atingindo o nível humano é quando você começa a desenvolver uma consciência individual. Os animais tem uma alma grupal, e eles reencarnam em grupos de almas. Um veado será um veado para sempre. Mas ao se tornar um humano, não importa se um humano deformado ou um gênio, mostra que você está no caminho do desenvolvimento de uma consciência individual. Isto faz parte da consciência de grupo à qual chamamos humanidade.
Eu vi que as raças são conglomerados de personalidades. Nações como França, Alemanha e a China têm cada uma a sua personalidade. Cidades tem personalidades, elas têm grupos de almas que atraem certas pessoas. Famílias têm grupo de almas. A personalidade individual está se desenvolvendo como ramificações de um fractal: a alma grupal se explora na nossa individualidade. As diferentes questões que cada um de nós tem são muito, muito importantes. Esta é a forma pela qual a Mente de Deus explora a si mesma - através de você. Então faça as suas perguntas, realize as suas pesquisas. Você encontrará o seu Eu e encontrará Deus neste Eu, porque só existe o Eu.
Mais do que isto, eu comecei a ver que cada um de nós, humanos, somos almas-gêmeas. Nós somos parte da mesma alma, que se fragmenta (fractaling) em diversas e criativas direções, mas ainda é a mesma alma.
Agora quando eu olho pra qualquer ser humano eu vejo uma alma-gêmea, minha alma-gêmea, aquela que eu sempre procurei. Além disso, a maior alma-gêmea que você irá encontrar é você mesmo. Somos todos masculinos e femininos. Nós vivemos isso no útero e nos estágios de reencarnação. Se você está procurando por uma alma-gêmea definitiva fora de você, pode ser que você não encontre, ela não está lá. Assim como Deus não está "lá". Deus está aqui. Não procure Deus fora. Procure Deus aqui. Olhe para o seu Eu. Comece pelo maior caso de amor que você jamais teve...com você mesmo. A partir daí você passará a amar tudo.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Segundo o Plano, os insetos teriam como tarefa formar um elo entre o reino vegetal e o animal


“Aquilo que de maneira figurada é chamado de Paraíso, descrito como um lugar onde homens e animais convivem fraternalmente em paz e harmonia, não é apenas um símbolo, mas uma promessa. O contato da humanidade com os outros reinos da natureza refletirá um dia uma sintonia mais pura com a Lei Criadora.”
Ao longo de milênios, muitos dos representantes do reino humano se perderam na escura noite da vida na matéria, e também exemplares de outros reinos se desviaram da rota original. Distanciaram-se do padrão previsto pelo Plano Evolutivo.
Segundo esse plano, os insetos teriam como tarefa formar um elo entre o reino vegetal e o animal; os animais domésticos, entre o reino animal e o humano; os homens, entre os reinos infra-humanos e o espiritual. Mas de modo geral toda essa corrente de serviço não se desenvolveu como poderia, e isso se deveu, em grande parte, ao fato de o ser humano não ter cumprido o seu papel. 
O homem não estimulou nos animais, como deveria, a individualização da alma e a formação de um corpo sutil que pudesse responder aos impulsos do nível mental. A individualização, etapa fundamental na evolução do ser, se dá na transição da condição animal para a humana. Pode ocorrer quando se dá ao animal a oportunidade de convívio com os que representam o degrau seguinte em sua escalada. E torna-se mais fácil quando se criam laços positivos de amor e devoção.
Além de não ter colaborado como se esperava para a individualização dos animais, o homem interferiu nas leis naturais, sobretudo com a promiscuidade sexual do período da Lemúria e com manipulações genéticas no período da Atlântida, ambas refletidas nos dias de hoje. Ademais, introduziu no campo psíquico planetário vibrações densas, provocando com isso o surgimento de muitas espécies não previstas no Plano Evolutivo, como, por exemplo, as das moscas e baratas. Provocou também a degeneração de outras, como as das formigas e as de algumas abelhas.
Se os insetos tivessem formado o elo funcional com o reino vegetal, complementando-o com a sua atividade e mobilidade, teria sido fortalecida a sua coligação com o reino dévico - composto de seres e consciências que trabalham com vibrações sutis para a manifestação da vida, a construção das formas. Os insetos teriam então favorecido a introdução de certos vegetais novos em alguns lugares específicos do globo terrestre, com várias finalidades determinadas por magnânimas consciências regentes da evolução dos mundos: a cura da humanidade, a purificação da atmosfera, a expressão de formas, cores e aromas mais perfeitos...
Embora haja insetos imprescindíveis para a perpetuação de alguns vegetais e embora em muitos casos eles os complementem no desempenho de suas funções, grande é o desequilíbrio existente hoje na face da Terra, representado pela descontrolada proliferação das espécies não previstas ou degeneradas. Mas no próximo ciclo planetário essa situação estará mudada. Passadas a presente etapa do juízo e a da restauração, outra será a realidade.
Uma mutação extraordinária está sucedendo na espécie humana e, paralelamente, no reino animal. Na consciência do homem está sendo implantado, em nível suprafísico, um novo código genético, proveniente de mundos incorpóreos. Esse novo código o capacitará a mover-se em consonância com o propósito evolutivo do planeta e a transcender a lei do carma material. Representa um grande passo, que encontra seu correspondente no reino animal.
O reino animal que hoje habita a Terra trouxe de suas experiências em outro ponto do cosmos uma marca profunda de desvio da Lei. Algo semelhante se deu com o reino humano, e também por isso essas vidas foram atraídas, juntas, para este planeta.
Tudo que o reino humano viveu está registrado em seu atual código genético, que necessita ser removido para que sua consciência interior se liberte. O mesmo se aplica ao reino animal. Se este não passar por profunda mutação, que lave e equilibre seu passado, não lhe será possível prosseguir na Terra sob a vibração e sob as leis que devem aqui se instaurar.
As espécies animais que não puderem dar esse salto evolutivo serão conduzidas a planetas mais primitivos.

As que surgiram da interferência do homem deixarão de existir como tais, pois representam uma via em saída. Na parcela resgatável do reino animal será implantado um novo código, proveniente de mundos onde não existem competição nem agressividade, e em que a substância mental é mais moldável que a atual.
Essa operação, profundamente transformadora, tem sua base em um importante centro planetário suprafísico, Lis-Fátima. É ali que o potencial dessa mutação se dinamiza e irradia, na medida adequada, aos representantes do reino animal. E é ali que estão guardadas algumas das chaves para o aprimoramento da espécie humana.
A presença de animais em certas representações simbólicas marcantes, como a do nascimento de Jesus, denota o valor da sua interação com o reino humano e, sobretudo, da participação de ambos, em conjunto, no advento da energia crística à órbita planetária.
Em que pesem as aparências, essa potente energia impregna agora cada vez mais a consciência. A todos é dada a oportunidade do encontro com a realidade maior, a realidade do mundo espiritual. E essa oportunidade traduz-se, também, na sagrada mutação que está ocorrendo sutilmente nesses reinos.
É o despertar para a realidade de Lis-Fátima que trará à manifestação o Paraíso existente como arquétipo celestial.

Boletim de Sinais, n° 12, janeiro-abril, 2002
Baseado em O Ressurgimento de Fátima, de Trigueirinho, Editora Pensamento 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...